SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 25 de junho de 2022

Onde o sino dobra

                                                    © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



Saber viver o tempo que nos resta
É acertar o jogo do destino.
Se o que nós sentimos nos molesta
Devemos recriar um novo hino.

Deixar correr, sem luta e sem vigor
(Aquele que já falta a cada dia),
É caminhar, sentindo um estertor
A conquistar a parca alegria.

Tomar nos braços a realidade
Jamais diminui a gente que somos.
Acreditar que somos a verdade

Que não se perde no tempo que sobra,
É subir degraus no templo que fomos,
Atingindo a torre onde o sino dobra.
 


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 18 de junho de 2022

O caminho que passamos

                                                  © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 


O Destino não é guia.
Porém, na nossa jornada,
Pode trazer alegria
Na dimensão desejada.

Passos largos, apressados,
Não somam nada á distância.
Os momentos mais lembrados
E que sacodem a ânsia,

São aqueles que ganhamos
Na mansidão imperfeita
E sempre continuada.

O caminho que passamos
Foi a Vida satisfeita
Porque foi disciplinada.



SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 11 de junho de 2022

Um Templo

                                                 © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



Não se atinge a perfeição  
Embora exista o caminho
Por meta do coração
A eleger um destino.

É sentimento mais forte
Que uma Obra sem véu,
Receber-se um passaporte
Com a permissão do Céu.

Seja noite ou seja dia,
A perfeição acompanha
O modo de ser exemplo

Gerador dessa alegria,
Simplesmente, na façanha
De se construir um Templo.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 4 de junho de 2022

Segredos

                                                © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 

Sempre existiram segredos
Escondidos neste Mundo.
Os segredos, são os medos
Que guardamos lá no fundo.

Mas a tentação existe
E a torna uma aventura.
Assim, o homem persiste
Que a descoberta é a cura.

Será que o segredo é bom?
Que tem algo renovado?
Eu penso que neste tom

O segredo é escusado.
O importante, que é bom,
É nada haver encoirado.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 28 de maio de 2022

Como quem sonha uma rosa

                                                 © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 
  


Lembro o dia em que nasceste.
Tu vieste pequenina.
Entretanto já cresceste
Para te tornares menina.

Agora, muito Mulher,
És a Mãe mais extremosa;
Orgulhas a quem te quer,
Como o esplendor duma rosa.

O tempo não vai parar,
Nem pára dentro da Alma.
O que tu vais celebrar

É hora e ocasião
Para meditar, com calma,
O que guarda o coração.



SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 21 de maio de 2022

Amor e suprimento

                                                   © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
   
 

Ajudas-me a morrer a cada passo  
Mas ages porque pensas fazer bem.
O mais das vezes, eu me ultrapasso
E volto á velha vida de ninguém.

O frio que me gela e atormenta
É o sinal maior que atesta agora                    
O tempo que me resta e apoquenta...
Entretanto, a minha Alma chora.

O quanto insensível te tornou
Toda a rotina do tempo moderno,
Desde que o meu "eu" se anulou.

Não somos um, mas dois no juramento
De um ao outro, com fervor eterno,
Nos darmos em Amor e suprimento.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 14 de maio de 2022

Fortaleza

                                                 © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 
 
 
As lágrimas que humedecem
E lavam a minha Alma
De coisas que não esquecem,
Aconselham-me a ter calma

Quando haja dores que ferem
A minha humanidade;
Vós, mortais, não mais esperem
Que ceda a minha cidade.

Esta grande Fortaleza
Me deixa mais resistente;
A construí em mim mesmo.

Assim, me assiste a certeza
Da victória consciente
Quando tudo for a esmo.


 
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 7 de maio de 2022

Paz e calma

                                                © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 
 
 
Bem procuras a saída
Duma ilusão que não sentes.
Sabe que foi perdida
Em outros dias ausentes.

No fundo, tu tens na Alma
As boas recordações.
Busca nelas Paz e calma
Por seguras ligações

A unir o desunido.
Se descobrires o caminho,
Nunca mais te perderás

Porque o que há endurecido
Num sentimento de espinho,
Também jamais sentirás.
 
 
SOL da Esteva
 

Etiquetas: , ,

sábado, 30 de abril de 2022

O silêncio é de ouro

                                                 © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 
 


As palavras que não sei
São as palavras que tenho.
Por elas tudo me é lei
Que me rege no empenho.

Não dizer o que não devo
É o caminho seguro
Que sigo com grande enlevo
Sem me encontrar no escuro.

Depois, descubro calado
Que o silêncio é de ouro;
Para tanto o hei guardado

Porque é o meu tesouro.
Vou mantê-lo com cuidado
Para o meu tempo vindouro.


 
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 23 de abril de 2022

Sonhar cada momento

                                                   © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 
 
 
Por Amor, não me despertes
Quando estiver a sonhar
E também não me alertes
Após o meu acordar.

Tem dó dos sonhos que tenho,
Os quais não posso conter.
Sabê-los, é ter empenho
No que possa acontecer.

Não perturbes quando sonho,
Respeita o meu sentimento,
Mantém meu sonho risonho...

Assim, de resto, a contento,
Ser feliz ou ser tristonho
É sonhar cada momento.


 
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 16 de abril de 2022

Amigos, não são favores

                                                   © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



Eu sempre recordarei
Como nasci pobre e nu.
Tive tudo o que ganhei
E Amigos como tu.

A lembrança (se convém)
É mantida a toda a hora.
Mas não sinto aqui ninguém
Quando a minha Alma chora.

Abarquei o Mundo inteiro,
Tive honras e louvores,
Suportei as minhas dores

E tive um Amor primeiro
Multiplicado de Amores.
Amigos, não são favores...


 
SOL da Esteva

 
 

Etiquetas: , , ,

sábado, 9 de abril de 2022

O tempo que já é passado

                                                  © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
                



É Aniversário a cada dia
Que a cada ano soma e segue.
Assim, adita a tua alegria
Em cada momento e prossegue.

Cada passo dado é victória
Sobre o tempo que já é passado.
O futuro é a grande glória
Na alegria de ser comungado.

Não cheguei ao tempo do teu tempo,
Mas em breve nele estou metido.
Se tal te servir de algum consolo,

Comunguemos juntos igual tempo
Que da mesma forma é vestido
Sem  se perceber que haja dolo  


 
SOL da Esteva
 

Etiquetas: , , ,

sábado, 2 de abril de 2022

É só meu

                                                  © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
                


Um dia, eu tive um sonho
Que não irei esquecer:
Manter-me sempre risonho
E nunca desfalecer.

Para tanto, tenho força
(Daquela que escasseia)
Mas não quero que ela torça
Ou me falhe volta e meia.

Quem dera que o meu sonhar
Tornasse tudo real
E viesse saciar

A fome bem desigual
Que me empurra no queixar
De que é só meu tanto mal.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 26 de março de 2022

Arco-íris

                                                  © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
                


Quando o arco-íris se alumia
Porque ao longe cai a chuva rala,
Bem sentimos quanto extasia
E nos surpreende e nos cala.

Nunca houve alguém indiferente
Ante uma visão tão virtuosa
Que se nos depare pela frente;
Sempre a comparo a uma rosa.

O espaço pleno da distância
É um peito grande que abraça
E nos enche de momentos belos.

Também húmida é a fragrância
Que nos anuncia esta graça
Criando momentos tão singelos

 
 
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 19 de março de 2022

Sonhos e razão

 © SOL da Esteva - Acordar Sonhando


Eu irei deixar ao abandono
O zelo, o olhar e a atenção.
Este é o fardo de ser dono
De tudo o que sente o coração.

Mas temo que a comodidade
Traga novos rumos ao pensar,
Porque o que sinto é verdade
Que não deveria abandonar.

Equilibrar sonhos e razão
Pode ser o meu caminho novo
Sem ter que viver a solidão.

Espero a luz que provém da aurora
Para despertar o meu renovo
E deixando a mágoa ir-se embora.

 
SOL da Esteva


 

Etiquetas: , ,

sábado, 12 de março de 2022

Poucas frases

                                                     © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 
 

A dor, como é o Amor,
Marca até ao fim da vida.
Umas vezes é maior
E noutras não tem medida.

Saberei, assim sofrendo,
Como avalio os demais.
O sofrimento é tremendo
Com os filhos, com os pais...

E não há como fugir
A essa perseguição.
As poucas frases com tom

Não nos deixam conseguir
Aquela Paz que alivia
Legando-nos alegria.

 
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 5 de março de 2022

Ficar com sonhos e ilusões

                                                     © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 

Eu sofro gemendo. Isto é sofrimento

Porque em silêncio nada é notado.

Aqueles gemidos não são alento

E quem não sofre não é abalado.

 

Em momentos de dor e desespero

Não saberei descrever o que sinto.

Algo, no tempo, me mostra o que espero

Sem esperança de escutar que eu minto.

 

Bem receio os rumos da Natureza;

É ela quem assume as decisões,

No mais das vezes com muita crueza.

 

Eu espero dizer quanto me presa

Poder ficar com sonhos e ilusões

Enquanto a mente ainda tem destreza.

 

SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

sábado, 26 de fevereiro de 2022

Regaço

                                                     © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 

Quando olho as nuvens nos Céus,
Associo as formas  que vejo.           
Umas vezes, aparentam véus
E noutras até o meu desejo.

Os Anjos que pulam sobre elas
Salpicam-nos nas águas que há;
Suas gotas molham as janelas
E o arco-íris formará.

Quem dera sonhasse no espaço,
Sem possuir a forma ou rigidez
E pairar, flutuando no ar...

Voltaria a sentir um regaço
Que me acolheu na pequenez
E me protegeu com seu Amar.



SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 19 de fevereiro de 2022

Aliviar sofrimentos

                                                    © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 


Se eu soubesse mentir,
Mentiria a toda a hora
Dizendo que o porvir
Aproveita a quem não chora.

A Alma pede um consolo
E crê naquilo que é bom   
Mesmo que possa haver dolo
A morar no coração.
                                    
Aliviar sofrimentos
Que caem dentro peito,
Pode surtir uns momentos,

Mas, consolar quem tem dor
E não a vê por defeito,
Pede meças ao amor.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 12 de fevereiro de 2022

A Paz não tem preço

                                                 © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 


A Paz tem de surgir na Natureza
E crescer como planta que dá flor.
A Paz, é como um acto de nobreza
Que engrandece o lugar aonde for.

Os poderosos falam sem cessar
Da sua Paz e a vendem no mercado;
Como tal eles vão apregoar
Que a deles é melhor que a do lado.

A Paz, que não tem preço, nos é cara
E é apreciada pelas gentes;
Desperta corações nesta seara

Onde os Povos se igualam na missão
De doar os seus frutos e sementes
Com bondade que há no coração.



SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 5 de fevereiro de 2022

Sonho e querer

                                                     © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 

 
Serena seja a Vida
Que corre em minha Alma,
Mirando a despedida
Da rubra tarde calma.

A Vida continua
Para além do luar
E das sombras da rua
Que guiam meu pensar.

Já me desperta o sono
Num doce adormecer
Gerado em abandono.

E o que acontecer,
Eu não o questiono:
É só sonho e querer.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 29 de janeiro de 2022

Voltar a celebrar

                                                  © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



És tu, a maior Amiga
De tantos lustros, meu par,
Madura, como uma espiga,
Persistente no sonhar…

És bem Querida e Amada,
Posta em meu coração
Com a Alma apaixonada.
Eis uma boa razão!

Voltaremos a encontrar
Novos tempos (sem lamentos)
E voltar a celebrar

A força dos elementos
E os anos que irão chegar.
...Serão Vida e bons momentos.

 
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 22 de janeiro de 2022

Igualdade

                                                 © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



As razões do Pensamento
São as que regem a Vida.
Sem elas, não há sustento
E a Vida nos é perdida.

Assim, é bom quando penso
Que ao meu lado há mais gente.
Descubro um Mundo extenso
Que sempre tive na mente

Com boa fraternidade
E um desejo profundo.
Quando dizem: igualdade,

Desconhecem qualquer Mundo
Onde tal unicidade
O permita ser fecundo.


SOL da Esteva
 

Etiquetas: , , ,

sábado, 15 de janeiro de 2022

Dar voz ao coração

                                                    © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



Sinto que mora alegria
Por onde abunda a esperança;
Mas sempre que nasce um dia
Fica mais baça a lembrança.

Muito mais (e mesmo assim)
A tristeza escondida
Mora cá dentro de mim
Sem se fazer despedida

E a Vida que sonhamos
Não cabe no Paraíso
Conforme a desejamos.

Arrecadar o que é bom,
Assumindo o bom juízo,  
É dar voz ao coração.
 

SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 8 de janeiro de 2022

Sem ambições

                                                         © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



Um dia irás sentir tanta vontade
Que aquela que tens, seja real...
Anotarás, dirás que é verdade
Mas que a Vida não te foi leal.

Tal não será! Tu foste desregrado
E desprezaste o mel que te adoçou.
Se te resta um pensar ajuizado,
Remenda, agora, o tempo que sobrou.

O siso é mestre em tudo o que fazemos
E ser-se humilde eleva o proceder.
O que é bom também não esquecemos,

Só precisamos que o nosso viver
Harmonize aquilo que já temos
Sem ambições, orgulhos ou poder.
 
 
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 1 de janeiro de 2022

Haverá quem faça?...

                                                   © SOL da Esteva - Acordar Sonhando


Ano Novo? Já o temos
E não é novo: é igual!
Tudo aquilo que tememos
Continua em Portugal.

Ano Novo, era outrora.
Nascia dum novo dia
Onde a Esperança canora
Nos trinava de alegria.

Quanto requer o futuro
A dar-nos compensação?
Por certo é mais seguro

Espelharmos num carvão.
Haverá quem faça um furo
E alevante a Nação?


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 25 de dezembro de 2021

Dia para guardar

                                                    © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
                


Natal de proximidade,
Esta data tão marcante...
O Natal não tem idade
Junta o perto ao mais distante.

Quem não for criança agora
Desconhece como era
O tempo jovem de outrora
Que não foi uma quimera.

Bem real é o sentido
Que nos ajunta no Lar
Onde tudo é permitido,

Mesmo até poder sonhar.
O Natal, se bem vivido,
É dia para guardar.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 18 de dezembro de 2021

O centro da vigília

                                                   © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 

Porque o Natal é todo o dia,
Continuadamente o celebramos.
Se o que nos move é a alegria,
Haja sempre Paz onde estejamos.

Quando o vivemos,
na lembrança
De tempos passados a sonhar,
Cada um retorna ao ser criança
Voltando a sentir a Luz brilhar.

Celebremos esta Comunhão
Reunidos como uma Família.
Não esqueçamos que o Presépio tem

A mais bela representação
De Jesus, o centro da vigília,
Como foi, outrora, em Belém.


SOL da Esteva


Etiquetas: , , ,

sábado, 11 de dezembro de 2021

Sem a sombra...

                                                    © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



Sentir vivamente a nossa Vida
E vivê-la com a Fé inteira,
Lançando para longe a despedida
Que assume, com pressa, a dianteira.

Seguirmos, com as nossas dores,
Sem desfalecer neste percurso,
Sermos mitigados com Amores
De que só nos sobra o discurso.

Quem dera que a Vida se pausasse
Ou deixasse um tempo a rever
O que menos bem foi conduzido.

Presumo que algo se emendasse
No percurso do nosso viver
Sem a sombra de ser seduzido.



SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 4 de dezembro de 2021

Sem hora de despedida

                                                 © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 

Por entre o Sono e o Sonho,
Por aqui vou escrevendo
Certo futuro risonho,
Como ao redor estou vendo…

Talvez (e quando acordar)
Me espante com o que vejo
E não possa acreditar
Que é um falso desejo.

Um sono, não é dormir.
É o sonho permanente
Seguido por lema e Vida

No tempo que há-de vir,
Num futuro só da gente,
Sem hora de despedida.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 27 de novembro de 2021

Flor dos que semeiam

                                                    © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 

As pessoas já não veem
Muito além do meu lamento.
Com certeza que não teem
Bom juízo ou sentimento.

Quanto valem as palavras
Nas lágrimas que já secaram?
Para que servem as lavras
Sem as dores que as semearam?

Por isto, me sinto triste,
Não da dor que vem e vai
Mas no sentir que persiste

Naqueles que me rodeiam.
O Poema que me sai
É a flor dos que semeiam.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,

sábado, 20 de novembro de 2021

Sou o Filho que voltou!

                                                     © SOL da Esteva - Acordar Sonhando 


Há dias passou outro aniversário
Das mortes que o traidor anunciou.
Revi, a desfiar como um rosário,
Mágoas, dores e angústias que criou.

Muitas Mães suportaram dor atroz
Num trauma que a traição lhes provocou;
E o filho vil da raiva mais feroz
Foi notado na Nação que atraiçoou.

O belo sentimento mais humano
Que designamos de Amor verdadeiro,
Nunca se houve em tal, nem ali morou.

A minha Mãe perdeu-me neste engano
Pelas palavras de tal trapaceiro...
E eu, sou o Filho que voltou!



SOL da Esteva

Aniversário dos acontecimentos de 16Nov1964, na Guerra do Ultramar Português, Guiné-Ilha do Cômo em Homenagem aos Militares do PMort 912 e englobando a CCaç557, que, nessa noite, “fomos” Massacrados, segundo a Notícia/Propaganda difundida na Rádio Argel (Relato na Pág 69 e seguintes do livro "A Guiné no meu tempo"- Edição Chiado Books)

Etiquetas: , , , ,

sábado, 13 de novembro de 2021

Tempo que um dia é esquecido

                                                    © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
  

O meu corpo físico é ninho
Que alberga a Alma e a segura;
Acolhe as lembranças de menino
Guardadas em tempos de ternura.

Mas também é campo de batalha
Em horas menos boas, que trazem       
Dores num espectro de mortalha
Que tanto abatem e malfazem.

Ó ave da Alma, que aspiras
A leveza do azul do Céu,
Pousa no meu galho ressequido

E trina os desejos que suspiras,
Arrola o canto que é só meu
Em tempo que um dia é esquecido.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 6 de novembro de 2021

O silêncio

                                                  © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



Quando eu escuto um som de voz
Sempre me assumo no contexto.
Sinto, no falar , algo de nós
A ser disputado sem pretexto.

Choro, na minha Alma, as palavras
Que injustamente amordaçam
Toda a verdade feita nas lavras
E que os sentimentos despedaçam.

Assim, eu me mantenho calado
Na minha vontade de gritar.
Nada vale, nem liberta o fado

Recebido ao tomar a Vida.
O silêncio irá perdurar
Sem que a minha dor seja esquecida.

 
   
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 30 de outubro de 2021

Nesta jornada

                                                  © SOL da Esteva - Acordar Sonhando
 


Imensas, as razões do pensamento
Que levam a caminhos desmedidos...
Saber fazer escolhas, no momento,
É, pois, uma ciência dos sentidos.

Parar, a cada passo que se dê,
Olhando onde colocar o pé,
Seguros por aquilo que se vê
Como se fora ditado da Fé.

Que mais pode querer o Ser Humano?
Prudência quanta haja no andar
Sabendo o caminho a caminhar.

Discernir, até pode ser ufano
Enquanto a Alma nos possa guiar
Nesta jornada feita devagar.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 23 de outubro de 2021

...Na areia do Mar

                                                  © SOL da Esteva - Acordar Sonhando


Quem pode estar na areia sem sonhar
Uma parcela de tempo perdida,
Perante a imensidão do Mar?
Num olhar, acreditamos na Vida.

Feitos, doados por Descobridores,
Misturam-se com os tempos de agora
Onde guardamos os nossos Amores
Ou seguramos a Alma que chora.

Quis o Destino, que nos confiou
Num murmúrio, (como o Mar nos sussurra)
Que a Vida e a Paz que nunca sobrou

É feita de gente e de sentimento.
...Na areia do Mar, o sonho empurra
Tudo aquilo que é certo e a contento.


SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 16 de outubro de 2021

O destino e o tormento

                                                  © SOL da Esteva - Acordar Sonhando



 
O que mudarias se a Vida te deixasse?
Talvez um par de anos, ou a Vida inteira?
Como não sabemos, seria o que ficasse
Do tempo de lembranças sem eira nem beira.

A Vida deu-te tudo e plena liberdade.
Decisões, boas ou más, sempre foram tuas.
Não terás arrependimento, na verdade,
Ter sido pessoal a escolha dessas ruas.

Não há resultados diversos para Vida   
Porque a decisão foi tomada nessa hora.
Mesmo que o tempo recriasse tal momento,

Tu duvidarias dos ganhos da partida
Inalcançável, no lugar que a Alma chora,
Sendo imutável o destino e o tormento.



SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 9 de outubro de 2021

Harmonia é coisa boa

                                                     © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 

Seguro, em meus pensamentos,
Fico preso a ilusões...
Algumas contradições
Agravam os meus tormentos.

Quem pode escutar palavras
Saídas sem tino certo?
O que é um livro aberto
Sem me mostrar boas lavras?

Por um simples tom de voz
Inusual, se magoa
E a dor nunca se esquece.

Em tantos anos de nós,
Harmonia é coisa boa
Que a velhice merece.

  

SOL da Esteva
 

Etiquetas: , , ,

sábado, 2 de outubro de 2021

Lágrimas de prantos

 

                                                         
                                                      SOL da Esteva - Acordar Sonhando


 
 
A dor é dobrada nos gemidos
Que ecoam desde o sofrimento.
Quem sofre, se eleva em seus pedidos
Fazendo valer algum alento.

Mas as dores, mais que a paciência,
Se sobrepõem ao que ela pode.
Requerem-se vida e a ciência
De um Deus que é bom se nos acode.

Esta esperança, é Dom de santos
Que se divinizam ao sofrer.
Mártires da vida, há-os tantos,

Que até se esquecem de viver...
Lavam-se em lágrimas de prantos
Para entrar no céu a renascer.


 
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , ,

sábado, 25 de setembro de 2021

Tornar-me-ei presente

                                       © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 


Em breve chegará o fim do dia;
Pôr-se-á o Sol no silêncio escuro.
Não sinto honras pela primazia
Deste meu finar em tempo maduro.

Deixei-me embalar na minha Vida,
Que ela era eterna em meu saber.
Chegado o meu momento de partida
Ficaram as palavras por dizer.

Verdade que os sons já não são nada,
Nem gemidos se escutam no além...
A Alma que é a Vida e nos tem

Por penhor, a seguro sossegada
Sem haver despedidas de ninguém;
Tornar-me-ei presente em alguém.

 
 
SOL da Esteva

 

Etiquetas: , , ,