SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 13 de janeiro de 2018

Privação

                                      

 

Nada mais resta, no peito, que a saudade,
Não do tempo, mas de ti, como eu anseio.
E ter-te em meus braços, na realidade,
Preencheria o vazio devaneio.

Eu sofro e tu sofres por essa verdade
Que nos afasta, une, ou guarda no seio.
Tanto se queimou da nossa mocidade
Que já pouco resta do nosso passeio.

Eu, por nós ambos, lamento esta tristeza
Que a outros corresponde a pouca sorte...
Sentidamente, proclamo: venha a morte!

Que paire, sobre nós, a doce leveza
Sem oprimir, assim tanto, o coração
Que lentamente se esvai de privação.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

sábado, 6 de janeiro de 2018

Por tanto Amor




Quero lembrar-me desse olhar tão triste
E desvendar as causas dessas mágoas;
Quero saber (e a tanto me assiste)
Se és transparente e clara como as águas.

Quero sentir se, na verdade, existe
A loucura que o senso não apaga.
Bebendo os beijos, que me permitiste,
Mitigou a sede e a Alma afaga.
    
Mas se morreu, no mundo, o teu Amor,
Nada terei que mate tanta dor,
Nem o sorriso volta a ter sentido.

Quero escolher remédio para ti,
Por tanto Amor que contigo vivi,
Sentindo poder tê-lo por perdido.


SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

sábado, 30 de dezembro de 2017

Verdades de Ano Bom





O ano correu lesto até agora
E não deixou saudades de maior.
Dos momentos bons, minha Alma chora,
Por esta dimensão ser bem menor.

O Ano Novo, presto, irá chegar.
Nele criamos tantas ilusões,
Quanta a Esperança possa alimentar.
Acrescentamos vida aos corações,
Acendemos luzes, que ofuscam,
Para sentirmos a viva ilusão
Que é nessa alegria que se buscam.

Mas as realidades nos dirão
(Ciclicamente) e delas se enfarruscam.


...Hajam verdades de Ano Bom!



SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

sábado, 23 de dezembro de 2017

Natal, é quando o Homem quiser





Natal,
Alegria, Paz e recolhimento;
Família e Amigos em plena comunhão.

Natal, é renascimento
Do homem velho,
Do homem cinzento
Que envelheceu na inverdade
E renova o seu coração.

Natal é bondade,
É Luz que ilumina e celebra
O Nascimento da nova criatura.

Natal é Criação,
É Vida leda e pura;
É acreditar na gente
Que busca, para seu lugar na vida,
A manjedoura onde nascer.

Talvez o amanhã não esteja longe!
Quem sabe?
Natal, é quando o Homem quiser.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

sábado, 16 de dezembro de 2017

Um dia irá terminar





Sonho alto
Em maré baixa.

Sonho,
Enrolo-me nas ondas do destino,
Na espuma que se esvai...

Sou batido, na areia,
Como despojo,
Pedra rolada,
Areia esmagada...

Volto com a maré
Em novo ciclo.

Vogo, no mar,
Sem olhar o Céu.
Flutuo...
Não vejo o sol que me iluminou,
Moldou sombra,
Secou...

Escorro lágrimas
Salgadas,
Amargas,
Do chorar do mar.

O pavor de ter de ficar
Eternamente a boiar
Na corrente
E ao seu sabor,
Seja como for,
Um dia irá terminar.



SOL da Esteva

Etiquetas: , ,