SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 23 de maio de 2020

Este sossego repousante


                                    © SOL da Esteva - Acordar Sonhando


 
Se um dia escrever a minha Vida
Jamais me reverei como pensava;
Alguém que desconheça que eu amava
Diria que a minha alma era perdida.

Mas eu bem sei sentir, minha Querida,
Por todo e tanto Amor, que aumentou
Sempre que a felicidade libertou
O fogo que em nós tem por guarida.

Não quero ver meu nome na História
Por ter sido Poeta no Amor;
Apaguem-se os silêncios na Memória!

Sonho esse sossego repousante,
De que cada manhã tenha um alvor
Numa velhice não muito distante.

 


SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

17 Comentários:

Anonymous alfacinha disse...

Sendo um ponto no tempo, só podemos viver nossas vidas, nem mais nem menos.Mas o Senhor é um poeta
Bom fim de semana

23 de maio de 2020 às 10:13  
Blogger La Gata Coqueta disse...

Cada día aprendo que me falta mucho por aprender, la vida tiene sorpresas que me alegran, otras que me duelen, pero me hacen crecer y madurar.

Un gusto deleitarse con estos sus sentimientos escritos...

Un fuerte abrazo amigo
y un feliz fin de semana sea para ti!!

Mari

23 de maio de 2020 às 11:08  
Blogger Mum disse...

Belo Poema!!!!

23 de maio de 2020 às 11:15  
Blogger " R y k @ r d o " disse...

Tem que se viver cada momento da vida como se fosse o último, inclusivamente, poeticamente falando.
Soneto lindíssimo.
.
Bom fim de semana
Proteja-se

23 de maio de 2020 às 11:54  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Parabéns pelo magistral poema! :)
-
Será loucura certamente ...

Beijos e um excelente fim de semana! :)

23 de maio de 2020 às 14:56  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol,
Há tempo para tudo: ser criança, adolescente, jovem. maduro e velhos: Temos que viver cada fase da vida com: meiguice, sonhos, realidade e clamor para podermos ser felizes.
Beijos no coração
Lua Singular

23 de maio de 2020 às 18:29  
Blogger madrugadas disse...

Um momento de boa poesia. O amor cantado na primeira pessoa. Musical.

24 de maio de 2020 às 01:40  
Blogger Hada de las Rosas disse...

BONITO de todas as maneiras possiveis! Querido amigo: poetas nao envelhecem e poeta enamorado, menos ainda :)
Beijo

24 de maio de 2020 às 03:50  
Blogger Sinval Santos da Silveira disse...

Poeta, Sol da Esteva !
Essa nobreza de humildade, somente floresce nos Poetas.
São grandes e se vêem pequenos, porque seus sonhos são outros !
Parabéns pela beleza do Poema. Uma feliz semana e um fraternal abraço, aqui do Brasil !
Sinval.

24 de maio de 2020 às 18:23  
Blogger Beatriz Bragança disse...

Amigo
Um soneto tão belo, que tenho a certeza de que o seu sonho vai transformar-se em realidade!
A imagem, linda, denota bem o sossego de que fala.
Um grande abraço
Beatriz

25 de maio de 2020 às 14:22  
Blogger Rosemildo Sales Furtado disse...

Também penso assim, só que a velhice já chegou. Rsrs. Belo e profundo soneto amigo.

Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

Furtado

25 de maio de 2020 às 20:36  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol,
Em dos os ciclos da nossa vida, vivemos alegrias, tristezas e muito amor.
Pena que tudo isso um dia vira pó.
Por que?
Beijos
Lua Singular

26 de maio de 2020 às 00:10  
Blogger Jaime Portela disse...

Se ficar para a história, é principalmente como um grande poeta de sonetos.
Este é mais um exemplo do seu talento.
Caro Santos, tenha uma boa semana.
Abraço.

26 de maio de 2020 às 16:02  
Blogger Olinda Melo disse...

Caro Sol

Um amor de toda a vida, pela vida fora, antevendo o momento
em que na velhice se repouse na compreensão e harmonia construídas.

Belo soneto, que nos fala de sentimentos que compõem a vida.

Abraço

Olinda




26 de maio de 2020 às 18:34  
Blogger Mariazita disse...

Pois eu te digo: corres o risco de ficar para a História, mesmo!
Continua a escrever assim e verás se não tenho razão… :)))
Sério, sério, é mais um daqueles deliciosos sonetos a que já nos habituaste.

RE : Gentileza gera gentileza. Só posso dizer que a "imagem" é recíproca. Bem hajas!

Feliz Terça-feira e uma boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

27 de maio de 2020 às 17:04  
Blogger Fá menor disse...

Belíssimo!
Quem nunca amou, em verdade não pode dizer que bem viveu.

Beijinhos.

27 de maio de 2020 às 17:30  
Blogger A Casa Madeira disse...

Desde muito jovem sempre gostei de sossego k,
Hoje já não tão jovem assim acrescentei o silêncio.
Lindas palavras...
Bom finalzinho de mês.

27 de maio de 2020 às 23:15  

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial