SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 30 de novembro de 2019

O puro Amor





Cada vez que a luz passa a janela
Ilumina o seu interior.
E o destino vai atrás dela
Por estar lá dentro o meu Amor.

Meu triste olhar a ela se prende
Na esperança de ver seu semblante.
Mas a esperança também não me atende,
Nem a Amada assoma um só instante.

Que seja breve o anoitecer
Para inverter a minha visão;
Quando espreitando eu possa ver

Aquela que enche o coração,
Mesmo que jamais venha a saber
Que é puro Amor, não é ilusão.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

16 Comentários:

Anonymous alfacinha disse...

Que o amor puro enche todos os corações . Estou convencido não é ilusão
abraço

30 de novembro de 2019 às 09:30  
Blogger Ricardo Valério disse...

Bom dia:- O amor é lindo e maravilhoso
.
Feliz fim de semana

30 de novembro de 2019 às 09:55  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Boa tarde!
Mais um poema brilhante! Amei!:)
-
Existem apetências de uma vida inteira... [ especial ]
Beijo. Bom fim de semana!

30 de novembro de 2019 às 15:58  
Blogger ematejoca disse...

O puro amor existe?
Creio que não!
É simplesmente uma ilusão.

Abraço, desejando um fim de semana feliz!

30 de novembro de 2019 às 18:44  
Blogger Abstrações disse...

As incertezas do amor...
Um belo poema.
Beijo.

30 de novembro de 2019 às 19:09  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol,
Não acredito no amor infinito
Gosto de um amor que a duras penas floresce dos dois lados.
Só sentimos o amor quando adoecemos e medirmos quantas lágrimas debulhamos por esse amor. Será?
Beijos no coração
Lua Singular

30 de novembro de 2019 às 23:19  
Blogger Hada de las Rosas disse...

Ola Sol! ay, que bonita poesia, parece as notas de uma sinfonia que me emociona, posee uma voz magica, tiene "duende", me enamoro de suos escritos. Feliz domingo, querido amigo!

1 de dezembro de 2019 às 01:14  
Blogger La Gata Coqueta disse...

Que esa luz de amor que entra por la ventana de los sentimientos sea una luz eterna, que nos inunde el alma con un halo interminable compartido por ambas partes...

Un abrazo amigo
deseando tengas un comienzo de semana magnifico!

Mari

1 de dezembro de 2019 às 20:28  
Blogger Mariazita disse...

É caso para desejar "que seja sempre noite" - para poderes ver a tua amada 💕
Não percas a esperança... Um dia a Amada vai assomar...
Para além de muito bom, reflecte uma ideia muito interessante.

Desejo uma semana feliz
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

2 de dezembro de 2019 às 10:46  
Blogger madrugadas disse...

Mais uma pérola de poema/soneto
Não há palavras para dizer mais do o disse neste soneto.

2 de dezembro de 2019 às 23:56  
Anonymous Arte & Emoções disse...

Belo e profundo o teu soneto meu amigo, Adorei! Com ênfase para a quadra abaixo:

Meu triste olhar a ela se prende
Na esperança de ver seu semblante.
Mas a esperança também não me atende,
Nem a Amada assoma um só instante.

Abraços,

Furtado

3 de dezembro de 2019 às 21:11  
Blogger Beatriz Bragança disse...

Amigo
Tenho a certeza de que o «anoitecer vai ser breve», pois esse soneto é tão belo e sentido que os seus desejos serão atendidos.
Um abraço
Beatriz

4 de dezembro de 2019 às 12:37  
Blogger Fá menor disse...

Que o puro amor nos faça sempre companhia à alma, ainda que na noite.

Beijinhos.

5 de dezembro de 2019 às 21:24  
Blogger Sinval Santos da Silveira disse...

Poeta, Sol da Esteva !
Viajei do primeiro ao último verso...
Senti teu coração vibrar de amor, por
alguém que, talvez, desconheça tamanha
pureza de sentimentos.
Parabéns e um fraternal abraço, aqui do
Brasil !
Sinval.

6 de dezembro de 2019 às 00:34  
Blogger Jaime Portela disse...

Excelente soneto de amor.
Bem romântico...
Caro amigo, um bom fim de semana.
Abraço.

6 de dezembro de 2019 às 10:30  
Blogger CÉU disse...

Olá, meu amigo!

O poeta vive, também, de ilusões, aliás, é o forte dele.
Se de dia, não consegue visualizar a mulher amada, então, talvez esperar pela noite, pke esta é dos amantes.

Beijos e bom fim de semana.

6 de dezembro de 2019 às 17:08  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial