SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 10 de março de 2018

Cercadura do Amor



Serena esse corpo, palpitante,
Ávido de Amor e de fantasia,
Que o passado, não muito distante,
Deixou sublimes marcas de alegria.

O teu peito susteve-se um instante
Como se fora o fim de mais um dia...
E teus olhos, de brilho fascinante,
Eram a luz do sol que renascia.

...Tanta saudade, imensa, eu recordo
Que um nó me aperta a garganta
E uma lágrima desce e não me espanta.

Na minha Alma, eu desenho e bordo
A cercadura deste Amor que sinto
E com saliva e beijos eu a pinto.


SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

21 Comentários:

Blogger Larissa Santos disse...

Bom dia. Brilhante, o seu poema! :)) Adorei

Hoje:- Alma que Vagueia.
.
Bjos
Votos de um bom Sábado.

10 de março de 2018 às 09:35  
Blogger Olinda Melo disse...

Um amor para toda a Vida, enfeitado dos mais belos anseios. A Alegria estará sempre presente nas trocas com harmonia e cumplicidade.

Belo poema, caro Sol.

Abraço

Olinda

10 de março de 2018 às 11:25  
Blogger Gracita disse...

Lindo esse bordado de amor com uma cercadura apaixonante
O soneto é fantástico, Sol
Beijos e bom fim de semana

10 de março de 2018 às 13:27  
Blogger Paula McGill disse...

Lindo xxx

10 de março de 2018 às 14:01  
Blogger Smareis disse...

Boa noite Sol!
Fascinante poema.
Um ótimo fim de semana!
Um abraço!
(Tem uma nova atualização por lá.)
Escrevinhados da Vida

10 de março de 2018 às 22:43  
Blogger Célia Rangel disse...

Reaviva-se a saudade de um amor que também vivenciamos... Doce, terno, eterno! Poema tocante e comovente, SOL!
Abraço.

11 de março de 2018 às 00:49  
Blogger Luísa Fernandes disse...

https://poemasdaminhalma.blogspot.pt/
Olá meu caro, obrigada por ter vindo, pelo seu comentário e pela belíssimo poema de amor terno e tocante.
Abraço e ótima semana.
Luisa Fernandes

11 de março de 2018 às 16:08  
Blogger Ontem é só Memória disse...

Lindo e amoroso poema!


Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

11 de março de 2018 às 16:34  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol,
Quantas reminiscências que nos faz viver
Linda poesia
Beijos
Lua Singular

11 de março de 2018 às 23:54  
Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Saudoso mas muito bem concebido esse poema!
Abraço

Olhar d'Ouro - bLoG
Olhar d'Ouro - fAcEbOOk

13 de março de 2018 às 10:31  
Blogger Lu Dantas disse...

Que bonito, Sol! Ahhh o amor...ah a saudade! ;)

beijos!

https://ludantasmusica.blogspot.com.br

14 de março de 2018 às 02:07  
Blogger Alegria de Viver disse...

Olá amigo Sol, a saudade bordou seus sentidos versos com matizes diversos. Gostei!
Tenha um amanhecer dourado!
Bjs no coração!

14 de março de 2018 às 02:20  
Anonymous Arte & Emoções disse...

Olá Sol! Quando o amor atinge toda a sua intensidade deixa marcas inapagáveis. Belo soneto amigo.

Abraços,

Furtado

14 de março de 2018 às 13:39  
Blogger Beatriz Bragança disse...

Amigo Sol
Um belíssimo soneto de amor!
A saudade marca-nos e ninguém lhe é indiferente!
Um abraço
Beatriz

14 de março de 2018 às 13:55  
Blogger Jaime Portela disse...

Os teus sonetos são sempre muito bons.
Este, para variar... é excelente.
Bom fim de semana, caro amigo.
Um abraço.

16 de março de 2018 às 09:50  
Blogger La Gata Coqueta disse...

Feliz fin de semana estimado amigo, siendo siempre muy afortunada por tener el gusto de poder compartir sus letras que llegan y se quedan para siempre en el recuerdo del pensamiento.

Un fuerte y cálido abrazo

Mari

16 de março de 2018 às 09:57  
Blogger Acrescenta Um Ponto ao Conto disse...

Sublime arte de poetar!

Convidamos-vos a ler o capítulo V do nosso conto escrito a várias mãos "Voar Sem Asas"
https://contospartilhados.blogspot.pt/2018/03/voar-sem-asas-capitulo-v.html

Votos de bom fim-de-semana
Saudações literárias

16 de março de 2018 às 15:04  
Blogger Majo Dutra disse...

Um poema de um romantismo admirável
com algumas metáforas surpreendentes.
É uma sorte terem-se... não deve haver lugar para a saudade...
Òtimo fim de semana.
Beijo
~~~

16 de março de 2018 às 20:17  
Blogger Fá menor disse...

Bordemos sempre flores aos nossos amores!
Belo!

Abraço amigo!

16 de março de 2018 às 22:55  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Apaixonado e belo soneto.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

17 de março de 2018 às 01:19  
Blogger co coya disse...

A saudade marca-nos e ninguém lhe é indiferente!
สล็อต ออนไลน์
Gclub

26 de março de 2018 às 05:21  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial