SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 19 de agosto de 2017

Sofrerei eternamente




 


Guarda-me em teu coração,
Como uma marca de beijo.


O coração não tem morte.


Com um pedaço de alma,
Eu acalento o desejo
(Mesmo) só em pensamento
E nele tenho a minha sorte.

O fausto dos meus sonhos,
Em nada se iguala ao teu rosto.

Grava-me no coração
Como uma tatuagem.
És tudo o que quero e procuro.
Deves olhar-me assim.

Repouso no coração
De quem minha alma deseja.

Sofrerei eternamente
Por apenas um só erro?
Partirei para não sofreres comigo.
Serás mais feliz sem mim.
Resguardar-me-á a paz,
Do mundo do amor meu
Iniciado no tempo.

Sofrerei eternamente
O Livro da Vida e da sorte.

Desejei o meu regresso,
Chorando a destruição
Que apenas vive na morte.



SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

17 Comentários:

Blogger Paula McGill disse...

Muito Florbela Espanca... ... ...

19 de agosto de 2017 às 15:04  
Blogger Evanir disse...

Querida amiga;
È com alegria que estou aqui depois de longo tempo ausente,
pois para mim a saudade doeu muito.
Amada sempre levei tão a serio minhas amizades,
sofro por ñ conseguir estar sempre visitando.
Deus lhe abençoe mais um final de semana.
Beijos carinhosos ,..
Evanir.
Amigo como me sinto feliz em te visitar e ler
com imenso carinho seus poemas tão lindo.

19 de agosto de 2017 às 23:03  
Blogger leninha brandao disse...

Poema de tamanha beleza não deveria refletir tanto sofrer , meu amigo!!!

19 de agosto de 2017 às 23:03  
Blogger Evanir disse...

Me perdoe és amigo e poeta é impressionante
erar quando mudamos de blog,
Mas peço não fique triste comigo.

19 de agosto de 2017 às 23:05  
Blogger Célia Rangel disse...

Tocante seu poema. Chega a doer no coração de quem ama e tem no amor sua razão de vida. Parabéns e obrigada por partilhar sua sensibilidade.
Abraço.

19 de agosto de 2017 às 23:27  
Blogger La Gata Coqueta disse...

Gracias por brindarnos diariamente la sensibilidad que habita en su hermoso corazón.

Un abrazo y un feliz día!!

20 de agosto de 2017 às 10:10  
Blogger Fá menor disse...

Um anseio que todos temos: ficar guardados no coração de alguém como marca de beijo; gravados como tatuagem florida nos corações de quem amamos.

Bom domingo, amigo, e boa semana!

Bjs

20 de agosto de 2017 às 12:03  
Blogger A Casa Madeira disse...

O amor as vezes causa um sofrimento eterno;
mas contudo ainda é melhor conhecer o amor
do que nunca ter experimentado.
Seus versos sempre são belos.
Boa entrada de semana.
janicce.

21 de agosto de 2017 às 00:10  
Blogger La Gata Coqueta disse...

Buenos días a la vida, buenos días a los sueños...

Un cordial saludo

21 de agosto de 2017 às 09:01  
Blogger CÉU disse...

Sofrimento eterno, deve doer mto, acho eu. Um poema triste, mto triste, tal como a imagem, mas que fala de amor e amar é alegria e não tristeza, mas o amigo Sol é quem sabe.

Beijos e boa semana.

21 de agosto de 2017 às 13:16  
Anonymous Arte & Emoções disse...

Belo e muito profundo o teu poema. Assim como as alegrias, o sofrimento também faz parte da vida.

Abraços,

Furtado

22 de agosto de 2017 às 02:00  
Blogger Nadine Granad disse...

Oi, SOL!

Essa intensidade, beleza de versos!
O amor é eterno, mais do que o sofrer...
Adorei!

Beijos! =)
Boa semana!

22 de agosto de 2017 às 02:14  
Blogger Olinda Melo disse...

Quem não sofreu já por amor? Nesses momentos pensamos que tudo é definitivo, que não há remédio, que a dor durará para sempre. E se
pensarmos que se cometeu um erro e que a culpa é nossa o sofrimento torna-se ainda mais profundo. Queremos realmente permanecer, para sempre, no coração do ser amado.

E o poeta, aqui, interpreta de forma magistral toda essa forma de amar, de sentir, e de ver o mundo. Parabéns, Sol, adorei.

Abraço

Olinda

23 de agosto de 2017 às 19:27  
Blogger Jaime Portela disse...

Um poema bem sofrido...
Gostei imenso, magnífico.
Bom fim de semana, caro Sol.
Abraço.

24 de agosto de 2017 às 20:35  
Blogger Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá, é sofredor o que transformou em poema, seu dom poético é fantástico.
Bom fim de semana,
AG

25 de agosto de 2017 às 16:06  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol
Uma linda, mas triste poesia
Doeu até a alma
Beijos no coração
Lua Singular

25 de agosto de 2017 às 18:57  
Blogger Inês disse...

Um poema bonito que transborda sofrimento... Bom fim de semana.
--
O diário da Inês | Facebook | Instagram

1 de setembro de 2017 às 18:22  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial