SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 24 de agosto de 2013

Sopro de Amor






Vi a luz, de novo, na esperança
De voltar a ver-te noutro dia.
Como é longo, o tempo, na lembrança
De seres o meu gozo e alegria.

E rebusco, em mim, em ânsia viva,
Como um namorado proibido
Que, da Alma, vê a sua qu'rida
Ter o tal Amor assim sentido.

Quanto mais vivi a tua imagem
No falar da Alma, em seu ardor,
Mais tomaste corpo, como aragem

Que, voga ao de leve pelo ar
Trazendo o afecto e o calor
Que me veio, doce, acarinhar.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

23 Comentários:

Blogger Célia Rangel disse...

Dos amores que marcam nossa lembrança, carregamos para sempre em pensamento! Amamos o inatingível. Procuramos o impossível.
Homem: o eterno insatisfeito...
Abraço,
Célia.

24 de agosto de 2013 às 14:49  
Blogger Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu amigo

Um poema cheio de amor e saudade por um amor que cruzou a nossa vida.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

24 de agosto de 2013 às 23:25  
Anonymous Anónimo disse...

Amigo!

A esperança, segura-nos sempre perto do abismo, e mostra-nos a beleza incomensurável que existe para lá da nossa dor.

Abraço fraterno

F.M.

25 de agosto de 2013 às 00:03  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Lembranças, saudades, amor... uma incontornável esperança.
Um soneto muito bem trabalhado.
Um abraço cá do Algarve.

25 de agosto de 2013 às 21:18  
Blogger Jossara Bes disse...

Oi Sol,
Sonhar é viver! Reviver!
E o "viver é feito de sonhar"!
A poesia é esse "ajuntamento", que faz nosso
coração bater mais forte, o pensamento viajar
no espaço...
Lindo demais!
Beijos, poeta!

25 de agosto de 2013 às 21:56  
Blogger Gracita disse...

Oi Sol
A esperança nunca abandona um coração que sofreu a dor. O tempo sempre se encarrega de diluir o que nos causa dor e angústia.
Que a sua nova semana seja abençoada e repleta de muito amor e harmonia.
Beijos com meu carinho e ternura
Gracita

25 de agosto de 2013 às 22:26  
Blogger Simone MartinS2 disse...

"...eu tenho tua imagem.
Tenho teu cheiro...tua voz
como acalento...mas agora,
para me sentir completa,
preciso sentir teu toque,
o verdadeiro toque do Amor!"

Adoro quando me empolgo..bjos carinhosos

25 de agosto de 2013 às 23:17  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol
Um sopro de amor é uma fagulha de esperança que devemos segurá-la sempre ao longo do nosso caminho.
Que sua vida seja feita não de sopros e sim de força e determinação.
Beijos Sol
Lua Singular

26 de agosto de 2013 às 13:42  
Blogger Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Solamigo

Cá estou, espremendo as meninges:

Sem esperança vê, a luz é um zero
É noite, é escuro em pleno dia
Luta entre o desespero e o quero
Que rouba o direito a ter alegria

Namorado proibido – é só…proibido
Como se o Sol planasse no horizonte
Uma nuvem, uma fé, um fado corrido
É bilha quebrada que não vai à fonte

Por isso há que agarrar a esperança
Acelerar a vida em alta velocidade
Tornear o vil, matar a tardança

Com o sonho velho: chegar à idade
Matar a amor, chegar à matança
E acender as luzes de cada cidade


Despertaste-me o lobo parental e prontos (sem)...

Abç

Henrique

26 de agosto de 2013 às 17:23  
Blogger Carolina disse...

Ola Sol, bellissimo poema, como cheio de vida e! sou grata que voce fez-me lembrar das cores da vida! sonhar, sonhar...
Beijos, boa semana.

27 de agosto de 2013 às 01:34  
Blogger Sissym Mascarenhas disse...

Sol,

Este poema é um encanto de tão delicado e romantico.

Bjs

27 de agosto de 2013 às 19:14  
Blogger Elio disse...

Non so se te l'ho già detto, ma preferisco venire da te la sera, così, dopo aver letto le tue poesie, vado a letto molto più tranquillo e dormo bene. Buonanotte.

27 de agosto de 2013 às 21:35  
Blogger Manuel Luis disse...

Da vontade de dizer com sinceridade, (Férias! Algo que eu suportei mas não queria), Alguém de quem se gosta e admira.
Obrigado, as fotos são reais, apenas reduzidas para não pesarem, mesmo assim fazem sentir!
Abraço

27 de agosto de 2013 às 22:32  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um soneto onde o amor e a saudade estão de mão dada.

um beijo

:)

28 de agosto de 2013 às 11:10  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
O PODER DO AMOR AO TRAZER DE VOLTA A IMAGEM VIVA DO SER AMADO...
LINDO E POÉTICO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

28 de agosto de 2013 às 19:35  
Blogger Rita disse...

Boa tarde voltando para meus queridos(a)
Um Soneto maravilhoso, tão bonito e cheio de amor
parabéns e muitos elogios

Bjuss com carinho....

└──●► ¸.·*´¨) ¸.·*Rita!!

28 de agosto de 2013 às 21:23  
Blogger Lilá(s) disse...

Um sopro de amor sempre deixa alguma esperança, lindo como sempre o que escreves!
Bjs

28 de agosto de 2013 às 23:37  
Blogger Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Solamigo

Hoje é apenas para te convidar a ler e a comentar um texto meu: Perguntas ao Futuro. Creio que está satisfatório. Obrigado

Henrique

29 de agosto de 2013 às 01:25  
Blogger fus disse...

La fragilidad del amor.

un abrazo

fus

29 de agosto de 2013 às 10:00  
Blogger Cristina disse...

Ver la luz de la esperanza puesta en el amor es un sueño que se alcanza a tocar...
Bellísimas letras, abrazos miles!

29 de agosto de 2013 às 21:43  
Blogger São disse...

Enquanto o amor existir ( e existirá sempre) a vida terá mais suavidade.

Bom final de semana

30 de agosto de 2013 às 09:36  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um bom fim de semana, com muita inspiração.
um beijo

:)

30 de agosto de 2013 às 14:45  
Blogger Paulo Francisco disse...

Saudade que levita.
Um grande abraço.

31 de agosto de 2013 às 15:00  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial