SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 13 de abril de 2013

Sonho vivo





 


Réstia de luz me clareou a alma…
Lua de prata. Sonho dum momento.
Remédio santo, que me deixa calma,
Neste desejo do meu pensamento.

E no lampejo dos teus olhos lindos
Aonde voga esta fantasia,
Eu vi promessas de sonhos infindos,
Felicidade (a dois) e alegria.

Então morri, no mundo que me tem
E prolonguei a minha plenitude,
No sonho vivo que o Amor mantém.

E não desejo voltar mais á terra
Sem a certeza, de te ter em mim,
Nesta aliança que o Amor encerra.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

36 Comentários:

Blogger António Bernardo disse...

Lindo de morrer...

13 de abril de 2013 às 09:07  
Blogger Gracita disse...

Bom dia Sol!
Fabuloso acordar assim! Lindoooo teu poetar meu amigo. A felicidade se traduz na beleza das coisas simples
Olhe a sua volta. Admire o espetáculo do alvorecer
Veja os detalhes ao seu redor... Tudo lindoooo
Sorria... o retorno vem com longos abraços de amizade
Tenha uma excelente dia!
Beijos carregados de felicidade
Gracita!

13 de abril de 2013 às 11:16  
Blogger Sónia M. disse...

E o amor mata-nos a vida e faz-nos viver em sonho...

Muito belo!

Abraço

Sónia

13 de abril de 2013 às 11:49  
Blogger Vera Luiza Vaz disse...

Amigo poeta Sol, quando um poema chega até a expressão em caracteres alfabéticos, a leitura que nos proporciona é sempre algo indefinível... É puro sentir...e calar-se...
Grande abraço!

13 de abril de 2013 às 12:02  
Blogger Fred Caju disse...

Qualidade sempre impecável.

13 de abril de 2013 às 13:57  
Blogger Jossara Bes disse...

Oi Sol,

"Então morri no mundo que me tem"...
Sempre haverá um mundo onde viver o amor
que alimentamos no coração será possivel!
Quem sabe, no mundo dos sonhos!
Linda poesia!
Beijos, poeta!

13 de abril de 2013 às 16:51  
Blogger Célia Rangel disse...

Uma 'aliança' de amor eterno! Lindo isso!
Abraço, Célia.

13 de abril de 2013 às 17:18  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Sol. Amigo poeta, lindo, excelente e romântico soneto.
Adorei! Senti uma beleza tão suave nesses versos, que encheu o meu coração de alegria!
O amor é eterno, infindo, nada pode separar, destruir um sentimento verdadeiro, nem tempo, nem espaço, nem vida e nem morte!
Tenha um excelente fim de semana em família!
Beijos na alma!

13 de abril de 2013 às 17:51  
Blogger Paulo Francisco disse...

Perfeito.
Um abraço.

13 de abril de 2013 às 18:13  
Blogger Tunin disse...

Agente viaja em teus pensamentos, debruçando em lindos e maravilhosos sonhos de amor eterno.Beleza, poeta!
Abração.

13 de abril de 2013 às 20:23  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol

Se morrer é tão lindo assim...
Quero morrer hoje, talvez, reencontrar um amor
Um amor cheio de fantasia, beleza e pouca idade.
Pena que é apenas um sonho...
Beijos
Lua Singular

13 de abril de 2013 às 21:12  
Blogger Magia da Inês disse...

♪✿
º° ✿✿♪

Tão belo!
Bom fim de semana!
Beijinhos do Brasil

¸.•°♡⊱╮╮

13 de abril de 2013 às 21:32  
Blogger Carolina disse...

Estimado Sol, Voce e o ultimo romantico do mundo, lindo poema, lindo, lindo!
Abraco enorme, feliz domingo.

14 de abril de 2013 às 02:25  
Blogger Cristina disse...

La belleza de tus letras es igual ese bello sueño que te llena de romance el corazón.
Un placer leerte, te dejo un fuerte abrazo.

14 de abril de 2013 às 04:44  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Partir para um outro mundo imaginário deve ser hilariante.
Quando se ama, tal como o meu amigo descreve, então será mais fácil o seu regresso em pleno dom de ubiquidade...
Um abraço cá deste meu Algarve.

14 de abril de 2013 às 12:36  
Blogger Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Solamigo

De novo bem aqui estou, sem pedir licença me dá para rimar sou falso poeta ou um aprendiz - em suma apenas um arremedo... Desculpa o mau jeito, a ousadia de te deixar em testamento... esta salgalhada:

Réstia é sempre uma contradansa
Sol no horizonte, mais um mau vento
que vira e revira deveras vingança
com jeito de um bom pensamento.

Mais do que tudo, entre os abrolhos
quem vive um absurdo não pode viver
num deslumbramento de alecrim aos molhos.
P'los montes, ânsia de saber

tudo, tudo, tudo é viver num monte
com sonho do mar, com sabor perene
olhar que abarca todo o horizonte

Alma verdadeira que passa
um cantar há muito solene
sem precisar de argamassa


Abç ousado

H






14 de abril de 2013 às 21:31  
Blogger La Gata Coqueta disse...



El amanecer ha abierto sus puertas,
como pétalos en flor a una nueva semana,
para compartir el amor y la armonía
con los amigos donde tú eres unos de ellos...

Un abrazo de aromas
que siempre emanan
su característica esencia...
...el entendimiento y la comprensión.

Atte.
María Del Carmen


15 de abril de 2013 às 09:57  
Blogger Evanir disse...

A vida muitas vezes é curta, mas mesmo assim seu caminho é longo.
Nela aprendemos a sorrir, chorar, amar, sofrer e a renascer,
para amanhecer e termos um lindo dia.
Seja Feliz Sempre!
Acredite no Tempo, na Amizade,
na Sabedoria e, principalmente no Amor.
E acima de tudo não perca a fé,
e certeza de que Deus existe e é seu amigo sempre.
Uma semana de muita paz .
Beijos no coração meu eterno carinho amigo querido,Evanir.

15 de abril de 2013 às 19:59  
Blogger Anne Lieri disse...

Beleza de soneto! Não existe motivo para voltar á Terra sem amor!Adorei!bjs e boa semana!

15 de abril de 2013 às 20:29  
Blogger Manuel Luis disse...

É sempre aqui que se ama, ele não sai daqui nem de nós!
Li os comentários fantásticos.
Abraço

15 de abril de 2013 às 22:25  
Blogger Sandra Subtil disse...

Morrer de amor, viver para o amor, respirar o amor.
Belo como sempre.

Beijinho

15 de abril de 2013 às 23:30  
Blogger Marcia Morais disse...

Gosto por demais de vir aqui...ler e ler..bjo

16 de abril de 2013 às 00:22  
Blogger Fa menor disse...

Pois é: quando sol brilha até a alma espelha luz!
:)

beijinhos

16 de abril de 2013 às 14:24  
Blogger Pérola disse...

Momento mágico!

Beijo

17 de abril de 2013 às 09:58  
Anonymous irene alves disse...

É sempre muito gostoso vir ao seu blogue. Ficar aqui a ler a
sua poesia, que muito me encanta.

Desejo que se encontre bem.

Bj.
Irene Alves

17 de abril de 2013 às 18:29  
Blogger Teresa Almeida disse...

Sentimo-nos bem neste cantinho poético e levamos a alma cheia.
Excelente!
Grande abraço, amigo.

17 de abril de 2013 às 20:18  
Blogger Luís Paz disse...

"No sonho vivo que o amor mantém"
poderia até trocar amor por autor, porque sem dúvidas tu tens a capacidade de despertar, desmistificar, explorar e expandir sonhos e vidas com tuas palavras =]


te aguardo pra uma visita, bgs
diademegalomania.blogspot.com

17 de abril de 2013 às 21:12  
Blogger Elvis Presley Mania disse...

Bela poesia, doces versos.
Beijos :)

18 de abril de 2013 às 05:09  
Blogger La Gata Coqueta disse...


Hoy quiero que tu tarde
sea tan bella melodía
como la luz de la armonía...
★ ★

Un abrazo soñando
y un beso amando,
el fin de semana
que ya nos ha llamado
a la placidez y el descanso...
★ ★

Atte.
María Del Carmen


18 de abril de 2013 às 18:25  
Blogger ONG ALERTA disse...

A magia do amor, abraço Lisette.

18 de abril de 2013 às 23:55  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

No amor, realidade e sonho, se entrelaçam.

Beijo, SOL,
da Lúcia

19 de abril de 2013 às 00:57  
Blogger Marcia Morais disse...

Meu querido poeta te desejo bom fim de semana!

19 de abril de 2013 às 12:17  
Blogger Aleatoriamente disse...

E nas palavras bordou uma bela poesia.

Abraço!

19 de abril de 2013 às 15:19  
Blogger Anne Lieri disse...

Vim reler essa maravilha de poesia e desejar bom fim de semana!bjs,

19 de abril de 2013 às 21:13  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Nada mais belo do que manter sempre vivo um sonho de amor. Um poema que encanta a nossa alma.
Beijinhos
Maria

19 de abril de 2013 às 23:44  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Sol. O amor sempre muito bem cantado por ti.
Os olhos expressam a beleza do sentir, falam sem sair som algum, apenas registram momentos, que guardamos no nosso coração com a alma intensa.
Parabéns!
Sol, venho pedir que vote no meu poema "DAMA MALDITA!", que está concorrendo no blog do "BICHO DO MATO", no PRIMEIRO CONCURSO DE POESIA, realizado em seu blog.
Para votar, clique à direita do blog no nome do meu poema num círculo.
Para comentar, clique na minha foto.
Agradeço o seu carinho!
Tenha um dia de paz!
Deixo o link:

http://blogdobichodomato.blogspot.com.br/2013/04/dama-maldita.html

24 de abril de 2013 às 16:47  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial