SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 6 de outubro de 2012

Custe o que custar








Tive-te perto, mas de ti fugi.
Lembrança acre, a me recordar
Ânsias vãs, de ao peito eu apertar
O teu corpo, que um dia já senti.

Sofreria desejos de te ver?!...
Apenas isso! Nada mais pedia.
Mas o destino não se condoía
Em dar, á Alma, esse bom prazer.

Agora, sinto um remorso vivo
Por ser aquele que te fez correr,
Deixando a tristeza acompanhar-te.

Eu quero pensar mais, mas não consigo,
Por ter dentro peito, o teu sofrer.
...Mas, custe o que custar, hei-de ajudar-te.




 

SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

41 Comentários:

Blogger Marcia Melo Morais disse...

Amei...

Eu quero pensar mais, mas não consigo,
Por ter dentro peito, o teu sofrer.
...Mas, custe o que custar, hei-de ajudar-te.

6 de outubro de 2012 às 11:43  
Blogger Paulo Francisco disse...

Mas que não custe muito pra não machucar.
Um abraço

6 de outubro de 2012 às 12:43  
Blogger António Manuel Conceição Santos disse...

Sei que irás buscar forças suficientes para pensares e encontrares esse teu amor e, depois, ajudar.
Pensamento positivo porque vais conseguir.
Um abraço cá do Algarve.

6 de outubro de 2012 às 13:23  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol!
Depois que uma mulher tem o peito ferido, é muito difícil o perdão, mas, talvez com muita insistência reconquiste seu amor.
Linda poesia Sol
Beijo no coração

6 de outubro de 2012 às 15:08  
Blogger Manuel Luis disse...

Ninguém consegue fugir daqui, está-se sempre a um passo quando se tem vontade.

6 de outubro de 2012 às 15:54  
Blogger *Simone Poesias* disse...

Muito lindo!
Versos que me identifiquei muito.
Beijos XD

6 de outubro de 2012 às 19:16  
Blogger edumanes disse...

Não gosto dessa palavra
De arrogância ela ser
Saída de garganta sufocada
Dita por quem mal está fazer!

Pensando em tempos idos
A misérria recordar
Destes políticos atrevidos
Que só ao povo sabem roubar!

Bom fim de semana, para você,
amigo Sol da Esteva,
um abraço
Eduardo.





6 de outubro de 2012 às 19:20  
Blogger Jossara Bes disse...

Sol, Querido!

Posso ser repetitiva! Mas adoro "te ler"!
Tua poesia tão profunda e apaixonada me encanta!
Beijos, poeta!

6 de outubro de 2012 às 20:32  
Blogger Leninha disse...

Meu querido Sol,

Se a intenção é esta, corre em busca de teu sonho, não tarde mais...o sofrimento aumentado e demorado transforma-se em mágoa e esta,custe o que custar, não se apaga.

Bjsssss, amigo,
Leninha

6 de outubro de 2012 às 21:17  
Blogger Célia Rangel disse...

Esse remorso vivo é uma cicatriz tão profunda difícil de ser apagada... Só com muito amor e perdão!
Abraço, Célia.

6 de outubro de 2012 às 22:15  
Blogger Mariangela disse...

Sol, o amor e o perdão supera todos os obstáculos quando se há amor!
Beijos, Mariangela

7 de outubro de 2012 às 00:58  
Blogger Carolina disse...

Ola amigo Sol, nunca e tarde demais, isso e bom.
Feliz domingo!

7 de outubro de 2012 às 01:37  
Blogger vieira calado disse...

Ajudemo-nos sempre,
uns aos outros!

Um abraço!

7 de outubro de 2012 às 03:23  
Blogger Magia da Inês disse...

Bonito poema... o amor cura tudo.
Bom domingo!
Boa semana!

°º✿♫
°º✿ Beijinhos do Brasil!
º° ✿♥ ♫° ·.

7 de outubro de 2012 às 09:36  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um soneto que é uma promessa.
muito bom, como sempre.
beij

7 de outubro de 2012 às 17:01  
Blogger Lilá(s) disse...

Por amor nada será tarde de mais...bonito poema!
Bjs

7 de outubro de 2012 às 22:09  
Blogger Elio disse...

Un grido d'amore ben messo in poesia. Alla prossima.

8 de outubro de 2012 às 11:53  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Amar, amar, amar
nada mais importa,
mesmo com o sofrer,
a bater na porta...

Um beijo, SOL!

8 de outubro de 2012 às 17:13  
Blogger Luna disse...

só o amor conhece a arte da entreajuda e da dádiva
beijinhos

8 de outubro de 2012 às 19:20  
Blogger Jesus te ama! disse...

OLÁ SOL QUE SAUDADES DO TEU CANTINHO!!!FAZ TEMPO QUE NÃO PASSO POR AQUI E HOJE ESTOU FELIZ EM PODER VIR LER TEUS LINDOS ESCRITOS,
BOM PODER REVÊ-LO QUE LINDA ESTA POESIA, TEMOS QUE APROVEITAR QUANDO ESTAMOS VIVENDO UM GRANDE AMOR, E AMAR COM TODAS AS FORÇAS DEDICAR CURTIR POR QUE QUANDO POR ALGUM MOTIVO NOS É TIRADO SÓ RESTA A SAUDADES E REMORSO DE NÃO TER DOADO MAIS DE SI.
ABRAÇO E BEIJO FORTE NO CORAÇÃO

9 de outubro de 2012 às 03:36  
Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Bonito poema!
Existe sempre uma esperança!
Abraço

9 de outubro de 2012 às 11:04  
Blogger Dolce Vita disse...

Belíssimo!

9 de outubro de 2012 às 19:04  
Blogger fus disse...

Es un grito de amor. Enhorabuena

un abrazo

fus

9 de outubro de 2012 às 22:40  
Blogger Manuel disse...

Há sonetos que não se comentam. Devem ser lidos, meditados e levar no pensamento os sentimentos que eles albergam.
Foi o que senti!

9 de outubro de 2012 às 22:53  
Blogger CamilaSB disse...

«Agora, sinto um remorso vivo... Mas, custe o que custar, hei-de ajudar-te»
Estamos sempre a tempo de ajudar quem precisa de nós... o amor sincero, dá-nos forças para vencer todos os obstáculos...
Lindíssimos Sol, os versos e os sentimentos neles expressos!
Bem-haja pelo carinho e tenha uma boa semana :)

10 de outubro de 2012 às 01:21  
Blogger Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

O tempo não volta e a mágoa fica para sempre dentro de nós.
como sempre escreves a alma...dolorida.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

10 de outubro de 2012 às 02:39  
Blogger Fred Caju disse...

Sonetão!

10 de outubro de 2012 às 05:08  
Blogger Luna Di Primo disse...

bonito poema, pelo que pude ver o carinho permeia seus versos. venha conhecer o poema que criei...bjuuu d lindo dia http://mindimlunadiprimo.blogspot.com.br/

10 de outubro de 2012 às 12:23  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Mai um magnífico soneto, a arte poética mais difícil de fazer (eu nem me atrevo...).
Um abraço, caro amigo.

10 de outubro de 2012 às 20:29  
Blogger Maria Alice Cerqueira disse...

Prezado amigo

Meu silencio tem sido longo.

Mas não tem sido por esquecimento, mas sim por conta dos acontecimentos do dia a dia.

Quero muito agradecer a sua presença amiga lá no meu cantinho, a qual me trás muita alegria

Que Deus o abençoe, e realize todos os seus sonhos e projetos.

Abraço fraterno

Maria Alice

11 de outubro de 2012 às 12:30  
Blogger manuela barroso disse...

Uma alma sensível preocupa-se com a felicidade de todos.
Mais um soneto que nos encanta
Um grande abraço amigo Sol!

11 de outubro de 2012 às 21:21  
Blogger Simone MartinS2 disse...

Uma alma pura e sensivel,
reconhece uma alma e suas
dores de amores..Adorei!
Obrigada pelas visitas sempre
tão gentis...Abraços

12 de outubro de 2012 às 04:38  
Blogger ELAINE disse...

Sol querido! Que poesia linda e cativante! Uma pureza de sentimentos em busca de redenção.... Obrigada pela presença amiga e constante no blog! Estou novamente pedindo teu voto; desta vez para a nova fase do Top Blog, o Top 100 Top Blog. Posso contar com teu voto? Se já votou em alguém, não tem problema, pois pode votar em quantos blogs quiser! Para votar é tudo igual como da outra vez! O Selo já está na lateral direita do blog, onde estava o outro! Desde já agradeço, de coração! Juntos chegaremos! Ótimo fim de semana!
Abraço carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

12 de outubro de 2012 às 05:45  
Blogger Olinda Melo disse...


UM Poema sentido, caro Sol, que me trouxe algumas lembranças...
Às vezes ainda vamos a tempo de remediar, compensar com o nosso interesse, com a nossa atenção e amizade. Mas nem sempre. Ou o tempo já é outro ou a vida deixou de ser complacente.

Abraço

Olinda

P.S. TROUXE-TE UM CONVITE PARA UM DESAFIO, UM QUESTIONÁRIO QUE UMAS MENINAS ME PASSARAM...

:)

12 de outubro de 2012 às 09:57  
Blogger Magia da Inês disse...

♪彡♪♫°¸.•♫°`

Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil

♪♫♫°✿°`╮

12 de outubro de 2012 às 13:58  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
QUANDO UM RELACIONAMENTO ACABA, SEMPRE FICA UMA GRANDE TRISTEZA,QUE AOS POUCOS VAI APLACANDO, MAS QUANDO FICA ALÉM DA TRISTEZA DO TÉRMINO, TAMBÉM A DE SENTIR-SE RESPONSÁVEL,DÓI MUITO MAIS.
LINDO TEXTO.
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

12 de outubro de 2012 às 19:06  
Blogger BRISA disse...

Querido
O bom que reconhecemos o nossos erros e fazemos tudo para tentar amenizar a dor.
Nem todas as crianças no dia 12 vão receber presente mais vc pode doar um olhar de amor e uma palavra de carinho, transmitindo a esperança de que um dia todos terão a mesma oportunidade na vida. Um feliz feriadão repleto de alegrias e bençãos. E que Deus esteja te protegendo e te guardando sempre.
um beijinho.
Ana
COM CARINHO

13 de outubro de 2012 às 03:44  
Blogger Evanir disse...

Boa Noite Meu Amigo Querido.
Nessa noite não poderia simplesmente ir descansar sem vir no seu blog.
Na verdade estou muito angustiada deprimida
meia sem rumo .
Li seu poema na verdade lindo como sempre foi desde o primeiro que li a muito tempo.
Sol.acredito piamente és meu melhor amigo
sempre a lutar tentando vencer barreiras impostas pela vida.
Espero já ter terminado de ler o livro o meu email da uol esta com problemas.
evanir_garcia@hotmail.com
È esse que esta recebendo email no momento esqueci de avisar a mais de um mês não consigo entrar no outro email.
Uma linda e abençoada noite um final de semana na paz e na luz.
beijos em sua alma,Evanir.

13 de outubro de 2012 às 05:02  
Blogger Luna Di Primo disse...

bonito poeta e um pouco nostálgico bjuuu

14 de outubro de 2012 às 18:05  
Blogger *Simone Poesias* disse...

Muito linda poesia!
Um soneto que nos embala e encanta.
Beijos XD

16 de outubro de 2012 às 19:02  
Anonymous David C. disse...

Que manera de querer. Bonita inspiración.
Saludos
David

22 de novembro de 2012 às 02:13  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial