SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 25 de agosto de 2012

Certezas

 


 


As afinidades neste Amor sereno
Que ambos vivemos em nosso segredo,
São de Almas gémeas, são calor ameno,
São nosso carisma que cresceu bem cedo.

O calor humano, vindo deste Amor,
É essência doce, neste afastamento
Que o Destino cruelmente quis impor,
Mas que sobrepomos a cada momento.

Isso é puro Amor, sublime encantamento
Que nasce na Alma, vivo e transparente
E que vai filtrando a Vida, lentamente.

Por demais, vivemos em cada momento,
Sempre, mais certezas e afirmações
Do que existe, imenso, em nossos corações.


 

SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

40 Comentários:

Blogger Dorli disse...

Olá Sol!
Bom dia!
Soneto lindo falando de duas vidas em uma só, numa sincronia de emoções separadas, mas juntas num mesmo pensamento.
Amanhã é meu níver.
Beijos
Mundo dos inocentes


25 de agosto de 2012 às 10:25  
Blogger Vera Luiza Vaz disse...

Amor... sempre cantado, poucas vezes realmente entendido... ah!!! e precisa entender?
Sentir... poetar... amar...
Grande abraço, poeta amigo Sol!

25 de agosto de 2012 às 12:34  
Blogger Maria Luiza disse...

Amigo, lindo demais esse hino ao amor! parabéns! Meu grande abraço!
Feliz fds!

25 de agosto de 2012 às 13:38  
Anonymous Anónimo disse...

É isso, duas vidas numa só a traduzir um hino ao Amor! Um sentir que deve ser seguido!
Parabéns Poeta...Sol.


Vasco A. R. da Gama

25 de agosto de 2012 às 14:15  
Blogger Jossara Bes disse...

Bom Dia, Sol!

"Amor puro! Puro amor, sublime encantamento"!
Parabéns, Poeta do amor!
Lindissimo!
Tenha um ótimo fim de semana!
Beijos!

25 de agosto de 2012 às 14:16  
Blogger Mariangela disse...

Lindíssimo soneto Sol... de um amor imenso,vivo, enraizado nos dois corações, mas que o destino cruelmente interferiu.
Beijos de um final de semana bem feliz!
Mariangela

25 de agosto de 2012 às 15:47  
Blogger Julio Vilar pereira Pinto disse...

Cas em forma a canatr o amor nas suas diversas vertentes, de amante, de companheiro de pai.
Este penso será mais refente ao amor de alguem que não está ao pé de ti mas sim a 2 horas e meia de avião. Será?
Um abraço grande.

25 de agosto de 2012 às 15:58  
Blogger edumanes disse...

As afinidades desse amor sereno
Encontradas com certeza
As plantas em fértil terreno
Criadas pala natureza!

No calor humano desse amor
No campo ou no jardim a roseira florida
Germinada da semente ao calor
Regada com lágrimas a terra ressequida!

Bom fim de semana,
um abraço
Eduardo.

25 de agosto de 2012 às 17:28  
Blogger António Manuel Conceição Santos disse...

O amor é assim...
Semente que se semeia e depois nasce e vai germinando e crescendo.
O que é preciso é regálo sempre que necessita... e aqui se colhe o fruto "o amor".
Um abraço cá do algarve.

25 de agosto de 2012 às 18:46  
Blogger Célia Rangel disse...

..."carisma amoroso que desde cedo desperta"... é rica fonte de um prazer sereno e regenerador. Poema liricamente realista.
[ ] Célia.

25 de agosto de 2012 às 22:10  
Blogger mfc disse...

Um poema de amor puro, quente e lindo!
Um grande abraço.

26 de agosto de 2012 às 01:53  
Blogger Simone MartinS2 disse...

"Sim, acredito que somos almas gemeas.
Vivemos numa eterna sintonia, pura magia.
Amor separado pelo oceano, mas que sobrevive
por detras do oceano...Poeta e musa, sempre
inspirados e felizes, de bem com a vida!"

Ops!! Sempre me empolgo, mas adoro!
Abraços

26 de agosto de 2012 às 03:03  
Blogger Lilá(s) disse...

Intenso esse amor. Parabéns poeta está lindissimo!
Bjs

26 de agosto de 2012 às 22:10  
Blogger Luna disse...

o amor é lindo e por vezes de tão sublime é intocável
beijinhos

26 de agosto de 2012 às 22:14  
Anonymous Anónimo disse...

Amigo!

Muito bonito o seu poema!

Gostei imenso.

Tá lindo. Não sabe como me apeteceu sorrir.

Parabéns Sol.

Um abraço.

F.M.

26 de agosto de 2012 às 23:05  
Blogger André Foltran disse...

Lindos escritos estes teus... Gostei por demais! Certamente voltarei mais vezes para admirar a tua poesia, digo, a poesia que habita em ti...
Visite também o meu caderno/blog, ficarei feliz com sua visita: http://andrefoltran.blogspot.com/

Grande abraço,
André

26 de agosto de 2012 às 23:50  
Blogger Dolce Vita disse...

belo poema!

27 de agosto de 2012 às 20:50  
Blogger Evanir disse...

Boa Noite Meu Amigo.
Depois de uma segunda de intensa correria estou aqui na quase madrugada para deixar um carinho no seu coração.
Uma semana abençoada amigo .
Seus versos tocaram meu coração beijos,Evanir.

28 de agosto de 2012 às 04:16  
Blogger Mery disse...

Muito lindo!
Sublime!
Acredito em almas gêmeas.
Meus pais eram um exemplo nasceram um para o outro;
"isso é puro amor, sublime encantamento"...
beijos.

28 de agosto de 2012 às 15:29  
Blogger Mariangela disse...

Oi Sol!
Passei aqui pra te agradecer pelo comentário e te desejar
que sua semana seja bem feliz!
Beijo amigo!
Mariangela

28 de agosto de 2012 às 17:42  
Blogger Pérola disse...

Um soneto lindo e romântico.
Adoro!

28 de agosto de 2012 às 19:48  
Blogger Carolina disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

28 de agosto de 2012 às 21:50  
Blogger Carolina disse...

Hola Sol, estimado amigo, e uma maravilhosa poesia, tao doce e amorosa, ¡um segredo de supremo encantamento!
Sublime.
Abraco grande.

28 de agosto de 2012 às 21:52  
Blogger Anne Lieri disse...

Sol,muito bom ter a certeza de um amor!Lindo soneto!bjs e boa semana!

28 de agosto de 2012 às 22:37  
Blogger AFRICA EM POESIA disse...

Um beijo para ti






Batuque
Noite estrelada...
Ao redor da fogueira
Nós cantamos
Sentimos
E ouvimos...

O som do batuque...
E sabemos
Que este som

É África...
É loucura...
É vida...

E nós
Olhamos
Vivemos
E sentimos
O som do batuque
Dentro de nós...

E temos a certeza
Que esta África
Que tanto nos dói
Nunca nos deixará
Ser totalmente livres
E sempre
Nos aprisionará...

LILI LARANJO

28 de agosto de 2012 às 23:15  
Blogger Cristina disse...

Un amor que crece y se manifiesta en tu bella poema!
Un placer leerte, si no te incomoda llevo tu enlace a mi sitio para poder seguir tus publicaciones.
Abrazos miles.

28 de agosto de 2012 às 23:42  
Blogger *Simone Poesias* disse...

Lindo amigo!
Esse amor é eterno!

Beijos no ♥

29 de agosto de 2012 às 00:34  
Blogger Dorli disse...

Olá Sol!
A sua visita brilhou meu blog
Muito obrigada
Lua Singular

29 de agosto de 2012 às 00:47  
Blogger Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Gostei muito do seu espaço, amigo d'além mar. Voltarei mais vezes. Agradeço sua visita ao meu blog, onde você será sempre bem recebido. Abraços.

29 de agosto de 2012 às 02:23  
Blogger Carla Fernanda disse...

Essas certezas nos chegam a cada instante, a cada respirar e a cada olhar... não se pode negar...

Beijos e bom dia!

29 de agosto de 2012 às 12:01  
Blogger migalhas disse...

oiiiiii amig, arranjei um tempo para vir lhe fazer uma visita diária ao seu belo espaço , desejar-lhe uma boa tarde, felicidades e tudo de bom..
Se você quiser passa la no meu blog de poemas, seria um prazer ter-te por lá http://assombrado-mc.blogspot.com abraços

29 de agosto de 2012 às 15:24  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa noite, amigo. Que lindo soneto. Afinidades em segredos são tão especiais, que somente a alma sabe como se dá.
Fico feliz que encontrou na vida o amor, e que este em ti e na sua amada é eterno!
Beijos na alma e fique na paz!

30 de agosto de 2012 às 00:02  
Blogger Olinda Melo disse...


Olá, Sol da Esteva

O afastamento nada pode quando duas pessoas se amam e têm a certeza deste amor. O encontro de duas almas gêmeas é tão raro que, quando isso acontece, não há nada que as possa separar.

abraço

Olinda

30 de agosto de 2012 às 02:01  
Blogger LUCONI disse...

Sol que poema encantador, a certeza de termos um amor é um tesouro incalculável, beijos Luconi

30 de agosto de 2012 às 04:03  
Blogger ELAINE disse...

Querido amigo! A certeza do amor, é a certeza da vida, o reencontro com a própria alma, através do amor verdadeiro... Poesia linda!
Quinta e sexta-feiras iluminadas!
Um abençoado e feliz final de semana!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

30 de agosto de 2012 às 10:17  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

amor sereno, que mais se pode pedir.
belo soneto.

beij

30 de agosto de 2012 às 16:18  
Blogger Elio disse...

I due gabbiani della foto sembrano proprio due anime gemelle. Bella poesia, come sempre Sol. Felice week-end.

30 de agosto de 2012 às 17:52  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
AMOR, FONTE INESGOTÁVEL DE INSPIRAÇÃO, PARA QUEM SABE FALAR SOBRE ELE, COMO TU EM TEUS VERSOS.
LINDO.
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

30 de agosto de 2012 às 23:24  
Blogger CamilaSB disse...

É lindo quando o amor vive nas certezas, de que existe imenso entre dois corações...
Muito belo e melodioso este soneto, Sol, amei ler!
Um beijinho :)

30 de agosto de 2012 às 23:59  
Blogger Carla Fernanda disse...

Puro encantamento e muito sentimento...

Beijos e bom domingo!!

9 de setembro de 2012 às 19:10  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial