SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 30 de março de 2019

Saudade




Se um dia eu fosse saudade
Seria tido em lembranças,
As da minha mocidade
E as de outras andanças.

Também por tantos Amigos
Que ficaram no caminho...
Os momentos divertidos
Nos foram por desalinho.

Mas eu não sou a saudade!
Sou daqueles que a tem.
Saudade é a verdade

Que se vive por alguém.
Saudade é mesmo saudade
Quando não há mais ninguém.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

13 Comentários:

Blogger Cidália Ferreira disse...

Um encanto de poema! Bom dia :)´´
*
Ergo-me perante as estrelas me me iluminam {POETIZANDO...}

Novo blogue :- Imagens que dispensam palavras
Beijo. Bom fim de semana.

30 de março de 2019 às 11:22  
Blogger Larissa Santos disse...

Boa tarde. Um poema encantador :))

Hoje:- Serenata, ao som da natureza encantada [Poetizando e Encantando]

Bjos
Votos de um óptimo Sábado.

30 de março de 2019 às 14:08  
Blogger Mariazita disse...

Saudade... só quem a sente lhe sabe o verdadeiro gosto e lhe sente o autêntico peso...
Fizeste-me lembrar uma canção muito antiga... Vê lá se te lembras...
"Eu não compreendo a saudade
Que eternamente em mim vive
Saudade, tenho saudade,
Das saudades que eu já tive."
Lindo, não?

PS - A Nanda foi de férias... Vou mostrar o sítio para onde ela foi...

Desejo bom Fim-de-semana
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

30 de março de 2019 às 16:38  
Blogger Olinda Melo disse...

Olá, Sol da Esteva

A saudade está sempre connosco. Do que foi e do que não foi. Do que fizemos e daquilo que gostaríamos de ter feito. E quando perdemos um ente querido é aquele aguilhão que, quando menos se espera, nos atinge.

Abraço

Olinda

30 de março de 2019 às 18:18  
Blogger CÉU disse...

Olá, meu amigo Sol!

Um bonito e bem construído soneto, onde a saudade é protagonista.
Quem não tem saudades da juventude, de todas as boas lembranças e de quem amamos, presentes ou ausentes?

Beijos e bom domingo!

30 de março de 2019 às 19:45  
Blogger Hada de las Rosas disse...

Sol mio amigo querido lirico de morir, adoro a destreza para expresar sentimentos. De repente, imagens do passado nos invadem: um lampejo de nossa infancia... lugares que nos fizeram felizes, um evento determinante em nossas vidas...eu me pergunto como nao ter nostalgia? Abraco grande.

31 de março de 2019 às 00:37  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol,
Não gostaria de ser saudade pra ninguém, façam-me o melhor enquanto viva ou doente e deixa a saudade voar com o vento.
Adorei sua poesia
Beijos no coração
Lua Singular

31 de março de 2019 às 02:19  
Blogger Cláudia Forte disse...

ah... saudade! eu quero sim ser a saudade boa de muitas pessoas. um beijo imenso com o desejo de um glorioso domingo!

31 de março de 2019 às 14:37  
Blogger A Casa Madeira disse...

É bom sentir e ser saudade...
Boa entrada de mês de abril.

1 de abril de 2019 às 03:06  
Blogger Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Bom dia Sol,
Que lindos versos.
Encantada.
Feliz mês de Abril para nós todos.
Bjins
CatiahoAlc.

1 de abril de 2019 às 13:16  
Blogger Jaime Portela disse...

A saudade está sempre presente, seja por que motivo for.
Excelente soneto, uma delícia de ritmo e melodia.
Caro amigo, um bom resto de semana.
Abraço.

4 de abril de 2019 às 10:59  
Blogger Fá menor disse...

E quanta saudade no peito nos queima!

Muito bonito.

Bom fim-de-semana, amigo!

Beijinhos.

5 de abril de 2019 às 11:37  
Blogger Maria Rodrigues disse...

A saudade por vezes aperta a alma e o coração.
Maravilhoso soneto.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria
Divagar Sobre Tudo um Pouco

5 de abril de 2019 às 22:15  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial