SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 1 de dezembro de 2018

É este o desafio





Dezembro,
Tanto quanto lembro
É mês de Natal,
Tempo de amizade,
De Amor e caridade...

As boas recordações
Que moram dentro do peito,
Fazem-me sorrir por dentro.

Alegrem-se os corações
Porque no mês de Natal
Não pode haver outro jeito.

Porém, a fria tristeza
É muitas vezes presente,
Quando falta alguém amado
Num lugar da nossa mesa.

Manter-se em comunhão
Escondendo estar ausente,
Lembrando tempos vividos
Que foram parte de nós,
Revivendo tanta história
E momentos bons de glória
E a tristeza definha.

Dezembro frio;
Coração quente.
É este o desafio
Que deixo a toda a gente.


SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

16 Comentários:

Blogger La Gata Coqueta disse...

Diciembre mes de Paz y Amor entre todos los hermanos unidos bajo el mismo cielo...

Bienvenido sea uno de los meses más hermosos del año.

Un cordial saludo.

Mari

1 de dezembro de 2018 às 11:07  
Blogger Gil António disse...

Bom dia- Muito bonito o poema. Mas é pena que só exista um mês, quiçá um dia, de Natal por ano. É mesmo pena...
.
* Da minha Janela, olho o além ( Poetizando e Encantando ) *
.
Votos de feliz fim de semana.

1 de dezembro de 2018 às 11:57  
Blogger ematejoca disse...

É SEMPRE Natal, quando nós quisermos.

Aqui, na Alemanha, celebramos o Advento.

O meu coração 💓 alegre agradece a tua visita e o respectivo poema.

1 de dezembro de 2018 às 15:16  
Anonymous alfacinha disse...

Que seguimos essas palavras reconfortantes, de modo que os dias sombrios antes o Natal se tornassem dias de refleção para um mundo melhor.
abraço

1 de dezembro de 2018 às 16:08  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Belíssimo poema! Amei!

Instigante passadiço do nosso silêncio. [Poetizando e Encantando]
Beijos e um excelente fim de semana

1 de dezembro de 2018 às 16:24  
Blogger Fá menor disse...

Muito bonito! É isso mesmo!
As boas lembranças também nos aquecem o coração.

Bom fim-de-semana!
Beijinhos.

1 de dezembro de 2018 às 18:01  
Blogger Gracita disse...

Natal é tempo de festas e comunhão mas há sempre um quê de tristeza em nossos corações pela faltas de tantos que amamos.
Aceitemos pois o desafio de fazer deste mês natalício um tempo de alegrias e boas recordações
Um beijo amigo Sol

1 de dezembro de 2018 às 18:26  
Blogger Célia Rangel disse...

Diariamente deveríamos ser "natalinos". Na alegria, na esperança, na doação amorosa, no aconchego de estarmos juntos. Lembranças existem e sempre existirão. Feliz dezembro!
Abraço.

1 de dezembro de 2018 às 19:14  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol,
Aqui o Natal é muito quente, já está quente. Ar condicionado todas as noites e durante o dia ventiladores nos emudecem
Mas até aí tudo bem, mas na minha enorme mesa 3 cadeiras estão sobrando, fazer o quê. Assim é a vida!
Beijos no coração
Lua Singular

1 de dezembro de 2018 às 23:46  
Blogger Olinda Melo disse...

Olá, Sol

Sim, é esse o desafio. Apesar de todos os pesares, dos entes queridos que passaram para outro plano, daqueles que estão longe por opção ou porque a vida assim o exige, por todos os motivos bons e maus, o importante é rodear-nos das pequenas coisas que nos lembram as situações boas vividas e que poderemos voltar a viver.

Um belo poema, caro Sol da Esteva, que nos aquece o coração.

Abraço

Olinda

2 de dezembro de 2018 às 11:18  
Blogger Jossara Bes disse...

Oi, Sol

Pois é! O tempo passa, os cenários mudam e os atores também!
Realmente é um desafio, seguir saudável, por assim dizer, vida afora!
Beijo carinhoso, querido amigo!
Preciosa reflexão!

2 de dezembro de 2018 às 18:03  
Blogger Mar Arável disse...

Em Dezembro há folhas que se levantam do chão
basta um sopro

2 de dezembro de 2018 às 22:46  
Blogger Luis Coelho disse...

O convite está feito. Os convidados foram notificados que há lugar para todos e que na mesa as iguarias são da melhor qualidade e quantidade. Cada um só deve levar a boa vontade.
Obrigado. Estamos presentes e também os ausentes serão lembrados.

3 de dezembro de 2018 às 04:10  
Blogger Mariazita disse...

Meu querido SOL
Um desafio muito difícil de cumprir...
Quando chega o Dezembro... fico desejando chegar a Janeiro 😢
Evidentemente... é um desejo reprimido, porque há muitas pessoas à minha volta que me recordam, constantemente, que é tempo de alegria e festejos...

Estou em falta para contigo (e não só...) mas em breve (mais duas semanas) já tenho mais tempo livre e poderemos pôr a conversa em dia.
Permito-me lembrar-te que a última vez que foste ao meu blog este ainda não estava actualizado. Agora já está... Vai ver se gostas.

Feliz Terça-feira e uma boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

4 de dezembro de 2018 às 17:46  
Blogger Jaime Portela disse...

É isso, coração quente é o melhor remédio para tanto frio.
Magnífico poema, gostei imenso.
Caro amigo, continuação de boa semana.
Abraço.

6 de dezembro de 2018 às 16:05  
Blogger CÉU disse...

Olá, amigo!

Esse desafio, k nos lança poucos ou nenhuns o cumprem no sentido real dele, pois só somos bonzinhos, sinceros e verdadeiros em Dezembro. Não pode ser, assim.

Em todos os meses do ano devíamos falar verdade, ser amigo do nosso semelhante, ser correto, mas qual quê?

O natal é uma tradição, que já vimos, qdo nascemos e tem-se continuado este facto, esta rotina com mta comida, prendas e casa enfeitada. Eu estou fora deste contexto. Jesus nasceu em extrema pobreza e recebeu presentes dos reis magos, posteriormente.

Estou farta de ouvir falar de natal e de ver sacos a abarrotar. estou desejando, que chegue janeiro, dias maiores, mais luz e com olho na Primavera.

As boas lembranças e as pessoas queridas, mortas ou vivas, devem ser sempre lembradas e não só no natal.

Beijos e resto de boa semana.

6 de dezembro de 2018 às 22:01  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial