SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 20 de outubro de 2018

Os beijos virarão saudade




Sinto ressurgir a Primavera
Porque corre o sangue no meu Ser;
Eu, que tanto tempo estive á espera
De desabrochar e florescer...

Não me iludi nessa quimera
Porque o Inverno irá nascer.
Mas se eu pudesse eu quisera
Um destino eterno e não morrer!

Foi um tempo doce e de ternura
Que recordarei por toda a vida
Por meu marco de felicidade.

Se as folhas caem, porventura,
É porque o Verão vai de partida
E os beijos virarão saudade.


SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

14 Comentários:

Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Muito bonito, parabéns pela delicadeza!
Abraço e bom fim de semana.

Olhar d'Ouro - bLoG
Olhar d'Ouro - fAcEbOOk
Olhar d'Ouro – yOutUbE * Visitem & subcrevam

20 de outubro de 2018 às 09:57  
Blogger Larissa Santos disse...

Bom dia. Parabéns por nos oferecer um poema tão intenso...lindo.

Hoje com: Não sei se fomos os dois um só, noutra vida

Bjos
Votos de um óptimo Sábado e um feliz fim de semana


20 de outubro de 2018 às 11:18  
Blogger Paula McGill disse...

Verdade. Nada dura para sempre.

20 de outubro de 2018 às 14:47  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Poema muito bonito com uma imagem fantástica!!

Fantasias do meu mundo restrito - (Poetizando e Encantando)
Beijos -Bom fim de semana.

20 de outubro de 2018 às 18:18  
Blogger Célia Rangel disse...

Beijos que deixam saudade é um tesouro inestimável.
Abraço.

20 de outubro de 2018 às 19:52  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Doces recordações que perduram para sempre no coração.
Maravilhoso soneto
Beijinhos
Maria
Divagar Sobre Tudo um Pouco

20 de outubro de 2018 às 23:38  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol
É a vida ver passar as fases dos seres vivos
Uma poesia cheia de encanto
Beijos
Lua Singular

21 de outubro de 2018 às 01:34  
Blogger Gracita disse...

Beijos que evocam saudades são o elo de um amor tão intenso que ficou eternizado no coração meu amigo
Beijos e um feliz domingo

21 de outubro de 2018 às 14:03  
Blogger Jaime Portela disse...

Na sua ausência, as coisas boas causam quase sempre saudade...
Magnífico soneto, parabéns.
Caro amigo, uma boa semana.
Abraço.

21 de outubro de 2018 às 16:33  
Anonymous alfacinha disse...

Saudade é a mais bela palavra portuguesa que conheço
Abraço

22 de outubro de 2018 às 11:35  
Anonymous Arte & Emoções disse...

Beijos que revelam um grande amor vivenciado. Belo e profundo o teu soneto amigo.

Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

Furtado

22 de outubro de 2018 às 15:37  
Blogger Quase Cinderela disse...

Que lindo soneto.
Tem um dom incrível
Obrigada por partilhar e nos inspirar
Beijinho

26 de outubro de 2018 às 15:13  
Blogger Fá menor disse...

E a saudade ficará sempre num cantinho do coração, onde se guardam as boas recordações.

Bom fim-de-semana, amigo!

Beijinhos.

26 de outubro de 2018 às 20:47  
Blogger silvioafonso disse...

... e com relação ao comentário
que o amigo fez na minha página
eu queria dizer que perdi uma amiga
tão querida que eu, daqui do Rio
de Janeiro, ia à divisa do Paraná
com o Paraguai só para visitá-la
antes de adoecer. Depois foi aquela
correria, mas a morte chegou pri-
meiro. É lamentável que pessoas
tão queridas, como você, meu caro
amigo Sol acaba de insinuar, tenham
perdido essa corrida.

Enfim resta-nos, orar por eles e
torcer pelos que, ainda, correm
contra o tempo.

Um grande abraço e muito obrigado
pelo carinho das palavras.





.

28 de outubro de 2018 às 19:44  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial