SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 3 de junho de 2017

Mitigar a solidão





 

Se tanto vou sofrendo nesta ausência,
Que mais é exigido para mim?
Eu sou mortificado até ao fim
E sinto fraquejar a resistência.

O corpo já não tem independência
De, por si só, se controlar. Enfim!
Aferrolho o pensar neste fortim
Aonde guardarei essa carência.

Migalhas vão ficando pelo chão
E nem as aves livres aproveitam;
O medo que as afasta é maior.

Prefiro mitigar a solidão,
Viver os pensamentos que deleitam,
Bebendo o que, da Vida, foi melhor.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

18 Comentários:

Blogger Paula McGill disse...

Lindo!!!

3 de junho de 2017 às 13:27  
Blogger Paula McGill disse...

Lindo!!!

3 de junho de 2017 às 13:27  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
BONITO DEMAIS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

3 de junho de 2017 às 21:42  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Reviver os bons momentos afasta a solidão.
Maravilhoso poema
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

3 de junho de 2017 às 23:51  
Blogger Nadine Granad disse...

Oi, SOL!

Lindo!...
SOLidão ganha brilho em seus versos!... Combina com as três primeiras letras!...

Boa semana!
Beijos! =)

4 de junho de 2017 às 12:23  
Blogger Majo Dutra disse...

Sim, as boas recordações são um lenitivo, esperança e amparo no tempos difíceis.
Um poema muito expressivo e belo.
~~~ Beijo, Sol Amigo ~~~

5 de junho de 2017 às 00:00  
Blogger Luis Coelho disse...

Poemas cheios de vida e com razão. Vale a pena voltar a ler e interiorizar como se fosse uma oração.

5 de junho de 2017 às 05:14  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
SE, NA SOLIDÃO QUE É DEVASTADORA, CONSEGUIRMOS FAZER DAS RECORDAÇÕES LENITIVO, NEM TUDO ESTARÁ PERDIDO.
MUITO LINDO AMOGO POETA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

6 de junho de 2017 às 15:52  
Blogger Zilani Célia disse...

ERREI, "AMIGO".
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

6 de junho de 2017 às 15:53  
Blogger alegriadeviver.blogspot.com.br disse...

Se recordar é viver, continue amigo, as lembranças agradáveis sempre vale à pena trazer à tona.
Abraço fraterno amigo sol!

6 de junho de 2017 às 21:46  
Blogger Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo ! Às vezes, necessário se faz uma autovalorização para que possamos lembrar do bom e descartar o ruim do passado.

Abraços,

Furtado

7 de junho de 2017 às 00:50  
Blogger Mulher na Polícia disse...

"Bebendo o que, da Vida, foi melhor."

Bebendo?

Que seja um mero recurso poético.

7 de junho de 2017 às 16:18  
Blogger Cadinho RoCo disse...

Para cada tempo reflexo da nossa disposição. Te convidando para ida à nossa www.hellowebradio.com ... você.Vem!
Cadinho RoCo

8 de junho de 2017 às 20:51  
Blogger Jaime Portela disse...

A solidão pode(e deve) sr mitigada.
Mais um excelente soneto, parabéns.
No último verso é "foi melhor" ou "for melhor"?
Bom fim de semana, caro Sol.
Abraço.

8 de junho de 2017 às 23:35  
Blogger Fá menor disse...

A vida é um quê de solidão. Demos a volta e façamos da solidão uma solidão boa.

Bjos

9 de junho de 2017 às 12:23  
Blogger Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, recordar faz parte do viver, viver sem recordações é como ter vivido uma vida vazia, o poema é perfeito.
AG

9 de junho de 2017 às 14:55  
Blogger lua singular disse...

Às vezes gosto da solidão, converso com ela e temos boas recordações.
Mas não nascemos para sermos só temos que ter um amor que nos agregue a uma vida cheia de ensejos.
Beijos no coração
Lua Singular

9 de junho de 2017 às 21:53  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Meu amigo passei para desejar um excelente fim de semana.
Um abraço
Maria

9 de junho de 2017 às 23:25  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial