SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 26 de novembro de 2016

A esperança



 

Volta, doce Amor, ao meu encanto
E muito docemente me abraça.
Escutem, teus ouvidos, esse canto
Feito, na magia que repassa.

Cubra-nos, a paz, com o seu manto
E o silêncio doce não te fira.
A verdade, nua, é que amo tanto
Que noutras roupagens te vestira.

Gravem-se, no peito, lá bem fundo,
Os sulcos vitais de vida nova,
Visíveis, além do fim do mundo.

Para bem vivermos a lembrança
Dum Amor que agora se renova,
Grave-se, no tempo, a esperança.


SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

8 Comentários:

Blogger Jossara Bes disse...

Oi Sol!
Esperança que fala de amor! Amor que reveste cada palavra de sua linda poesia!
Beijo carinhoso!

26 de novembro de 2016 às 11:42  
Blogger Majo Dutra disse...

Como é dulcíssimo este soneto amoroso!
Uma maravilha, Sol, tão caloroso no Inverno,
como no Verão...
Ótima semana, amigo,
Bj ~~~~~~~~~~~~~

26 de novembro de 2016 às 18:20  
Blogger Célia Rangel disse...

É na esperança ao se reviver um grande amor que nos contagiamos para mais vida!
Abraço.

26 de novembro de 2016 às 22:14  
Blogger Maria Luiza disse...

Não sei do porque de pensar na Virgem do Advento lendo seu poema. Ficou lindo!Um grande abraço!

27 de novembro de 2016 às 17:53  
Blogger Dorli Ramos disse...

Lindo sua poesia de amor
Que Deus o abençoe
Beijos no coração
Minicontista2

27 de novembro de 2016 às 20:14  
Blogger alegriadeviver.blogspot.com.br disse...

Que poema sensível e belo! Gostei d eler essa preciosidade.
Abraço.
Diná

27 de novembro de 2016 às 22:51  
Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Que essa mesma seja sempre a última a morrer!
Belo poema!!
Abraço e boa semana.

28 de novembro de 2016 às 15:53  
Blogger Fê blue bird disse...

Sol:
A esperança de mão dada com o amor.
Um belo e apaixonado poema.

Beijinho

28 de novembro de 2016 às 21:19  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial