SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 13 de agosto de 2016

É divino amar




A espera, quando não é vã,
Resiste aos horrores do tempo.

O encantamento
Dum encontro que se anseia,
É maior que outro renascer.
E o seu tamanho, imenso,
Provoca inveja
A quem não tem Amor e senso.

Esperar,
É saber querer,
Viver com temperança,
Sonhar a lembrança,
Chorar a alegria da vida
E ter, cá no peito,
Infinda e nata confiança.

Esperança amiga,
Não sei o que diga
Por este defeito
De amar sem jeito
E não me limitar...

Digo não, á espera vã
Que não tem destino
Nem amanhã.

Ver o caminho
Que se vai pisar,
Esperança doce,
No doce embalar,
Se mais não fosse,
Sente-se, fundo, como é divino amar.


SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

12 Comentários:

Blogger Olinda Melo disse...

Bom dia, Sol

Concordo. Quando a espera se funda num objectivo e, no caso, em alguém que se ama, ela resiste ao tempo e às contrariedades. E realmente sente-se que é "Divino Amar".

Bom fim de semana.

Abraço.

Olinda

13 de agosto de 2016 às 08:51  
Blogger Célia Rangel disse...

Deve ser muito enfadonho não amar... não ser amado... não de deixar amar... Amante incorrigível é quem vive na "esperança doce"...
Abraço.

13 de agosto de 2016 às 19:45  
Blogger Mariangela do lago vieira disse...

Sol, esperar em vão é muito triste.
Ainda mais um amor sem futuro.
É tão bom viver na certeza da esperança!
Lindo poema!
Beijos,
Mariangela

13 de agosto de 2016 às 22:33  
Blogger Luis Coelho disse...

Um poema que é uma oração tecida na esperança e no amor.
Quem reza assim viverá bem.

14 de agosto de 2016 às 08:34  
Blogger Gracita disse...

Não traz nenhuma alegria a vã espera pela chegada de um amor
O bom é confiar na certeza do encontro de dois corações que se amam profundamente
Um feliz domingo meu amigo
Beijos

14 de agosto de 2016 às 13:41  
Blogger Smareis disse...

Boa noite Sol!
Um poema muito bem construído.
Isso que é um divino amar.
Uma boa semana
Abração!

16 de agosto de 2016 às 00:29  
Blogger Dorli Ramos disse...

Oi Sol
Meu coração explode de amor, apesar do gênio forte, o abraço apertadinho faz o mundo girar.
Adorei sua linda poesia.
Amor é um isso, cada um o expressa do seu jeito.
Beijos no coração
Minicontista2

16 de agosto de 2016 às 01:02  
Blogger Odete Ferreira disse...

Quem espera sempre alcança, diz-se.
Mas, no que ao amor diz respeito, a espera, por vezes, desespera pois o tempo faz-se urgência.
Em todo o caso, se a espera for uma condição imponderável, o retorno é assaz gratificante.
Belo, amigo. BJO :)

16 de agosto de 2016 às 01:24  
Blogger Dorli Ramos disse...

Oi Sol
O amor é lindo pra quem não desperdiça sua vida. Ela é única
Troquei os blogs: escusas
Lua Singular

16 de agosto de 2016 às 21:39  
Blogger Carmem Grinheiro disse...

Olá, Sol.
O amor resiste e inspira a espera.

abç amg

17 de agosto de 2016 às 11:37  
Blogger Majo Dutra disse...

Amar é realmente, dos atributos divinos, o mais maravilhoso!
A esperança, ainda que débil é sempre companheira dos esperantes apaixonados...
Muito belo o seu canto de enaltecimento de um sentimento de elevada nobreza,
numa poesia de enlevo doce e apaixonado.
Abraço, Sol.
~~~~~~

20 de agosto de 2016 às 14:26  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Quem não tem esperança! A maioria das pessoas vivem de esperança.
A esperança é a última "coisa" a morrer.
Um abraço cá do Algarve.

22 de agosto de 2016 às 16:25  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial