SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 23 de julho de 2016

Só por um sorriso




Desfaz-se-me o peito, na lembrança
Duma imprudência malfadada.
Antes fosse dor, a esperança,
Do que esperança vã n'Alma rasgada.

Sei que te feriu, por ser herança
Dum passado duro. Amordaçada
Boca no dizer duma aliança,
Que era: haver Amor ou não ter nada.

E vejo as lágrimas de tristeza
Que banham o teu rosto de Princesa
Em te magoar sem o querer.

Sabe, Amor, a dor é expiável
Quando o nosso erro é perdoável,
Só por um sorriso teu, Mulher.


SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

10 Comentários:

Blogger Fê blue bird disse...

Que lindo este soneto!
Penso vai ter esse sorriso pois ninguém resiste a esta declaração.

Um beijinho e bom fim de semana

23 de julho de 2016 às 13:52  
Blogger Célia Rangel disse...

Perdoar... Ingrediente fundamental aos grandes amores!
Abraço.

23 de julho de 2016 às 18:39  
Blogger lis disse...

E a conquista continua, incansavelmente.
Aos que amam o tempo nao conta _ é sempre agora!
Bonito,Sol, bonito!!

24 de julho de 2016 às 01:43  
Blogger Olinda Melo disse...

Um sorriso muitas vezes abre-nos as portas do Paraíso.
Sinal de que tudo está bem e que tudo não passou de
um mau momento. O amor acabará por triunfar.

Um belo poema, caro Sol.

Abraço

Olinda

25 de julho de 2016 às 01:38  
Blogger Jaime Portela disse...

Um sorriso pode mesmo resolver muita coisa...
Excelente soneto, caro amigo, gostei imenso.
Sol, tem uma boa semana.
E boas férias, se for o caso.
Abraço.

25 de julho de 2016 às 11:57  
Blogger Mariangela do lago vieira disse...

Pedido de perdão e sorriso, em nome do amor!Quem resiste?
Lindo!
Beijos,
Mariangela

25 de julho de 2016 às 17:44  
Anonymous Arte & Emoções disse...

Olá amigo! Passando para me deliciar com a leitura de mais um dos teus belos sonetos, com enfase para o quarteto á seguir:

Sei que te feriu, por ser herança
Dum passado duro. Amordaçada
Boca no dizer duma aliança,
Que era: haver Amor ou não ter nada.

Abraços,

Furtado

26 de julho de 2016 às 01:29  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol
Linda poesia. Hum, uma bela declaração de amor
Beijos
Lua Singular

27 de julho de 2016 às 00:28  
Blogger Odete Ferreira disse...

Vêm-me sempre à lembrança os poetas clássicos quando leio os teus sonetos! Sempre bem conseguidos em termos de forma e conteúdo.
Parabéns. Bjo, SOL :)

28 de julho de 2016 às 18:07  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Um sorriso ilumina quem dá e quem recebe.
Lindo soneto
Beijinhos
Maria

28 de julho de 2016 às 21:42  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial