SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 14 de maio de 2016

Bola de cristal




Eu gosto dos teus olhos ensonados,
Saídos do repouso e do sonhar.
Lembram as Primaveras e passados,
As flores abrindo, perfumando o ar...

Adoro os teus passos apressados
Saindo, no caminho, do luar;
É rota onde pares apaixonados
Se enlaçam, para livremente amar...

Amor, sereno, quanto eu vivi!...
Contigo a meu lado, já sofri
Por não poder beijar-te com ardor.

Mas sei, também, que sentes por igual

E a Lua, imensa bola de cristal,
Em nada se assemelha a tal fulgor.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

19 Comentários:

Blogger Célia Rangel disse...

Em cada verso encontrei muito da minha história!
Emoções!
Abraço.

14 de maio de 2016 às 17:12  
Blogger Dorli Ramos disse...

Oi Sol,
Não importa em que fase do amor nos encontramos, pois amor é companheirismo, dedicação, apreço, apego, simpatia, etc e boas lembranças que o tempo não apaga.
Beijos

14 de maio de 2016 às 23:13  
Blogger Mariazita disse...

Olá, SOL
Que bom ver aqui de novo um Soneto. Não quero dizer com isto que não goste dos teus poemas... Sabes que gosto, e muito, mas... tenho um fraquinho muito grande por sonetos, que considero a forma mais difícil e bonita de poesia.
E esta declaração de amor, pelo facto de ser em soneto, fica AINDA, mais bela!

Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

15 de maio de 2016 às 15:32  
Blogger Vera Lúcia disse...

Olá Sol,

Uma lindeza de soneto.
O amor norteia suas inspirações poéticas com muita beleza, romantismo, sentimento e sensibilidade.

Grande abraço.

15 de maio de 2016 às 20:58  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

A primavera está quase a terminar, não tarda surge o verão e tu, versando o amor quase clandestino, estás prestes a adivinhar tão imensa é a alegria de amar.

16 de maio de 2016 às 14:58  
Blogger Sara com Cafe disse...

sempre escrevendo lindamente. que lindo!

16 de maio de 2016 às 15:03  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

palavras sentidas a cantar o amor (e desamor)
um soneto bem trabalhado.
saudações poéticas.
beijo
:)

16 de maio de 2016 às 17:54  
Anonymous Arte & Emoçoes disse...

Belo e profundo soneto, com ênfase para o quarteto abaixo:

Adoro os teus passos apressados
Saindo, no caminho, do luar;
É rota onde pares apaixonados
Se enlaçam, para livremente amar...

Abraços,

Furtado.

17 de maio de 2016 às 02:34  
Blogger Elio disse...

Ciao Sol, scusa la lunga assenza e spero mi perdoneai. I tuoi poemi mi mancavano e sono quindi andato anche indietro. Buon proseguimento di settimana.

17 de maio de 2016 às 21:24  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol,
Sua poesia é linda toda rimada e sempre fala de amor. Adoro. Eu por minha vez não sei fazer poesias, não gosto de rimar, pois tolhe a minha criação. Eu escrevo sempre correndo, talvez por isso não saia nada bom, mas para amanhã fiz um haicai no Paint. Todos adoram.
Beijos
Lua Singular

17 de maio de 2016 às 22:03  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
UM AMOR LINDO E COMPARTILHADO, QUE COM TUA SENSIBILIDADE, COLOCAS EM PALAVRAS PARA NOSSA ADMIRAÇÃO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

18 de maio de 2016 às 01:53  
Blogger Sara com Cafe disse...

bonita semana!

19 de maio de 2016 às 00:47  
Blogger Mariazita disse...

Obrigada, meu querido SOL.
O teu comentário foi um dos que mais me agradaram.
As tuas palavras fizeram-me sentir tão bem!...
Bem hajas!

Agora gostava que opinasses acerca do meu post de ontem, mais dentro da tua lavra... :)
Como sabes não sou poetisa, apenas rabisco uns versos de vez em quando, por isso a opinião dum poeta como tu é para mim muito importante.
Te aguardo.

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

19 de maio de 2016 às 19:09  
Blogger Jaime Portela disse...

O soneto é a tua praia (poética, entenda-se...).
Excelente, gostei imenso.
Continuação de boa semana, caro amigo Sol.
Abraço.

19 de maio de 2016 às 20:19  
Blogger Mário Margaride disse...

Mais um belíssimo poema, amigo SOL!
Parabéns!

Abraço forte e bom fim de semana!

Mário

20 de maio de 2016 às 15:24  
Blogger Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, maravilhoso soneto, cada palavra do mesmo, revela o lindo sentimento de amor.
Bom fim de semana,
AG

20 de maio de 2016 às 16:32  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol
Essa poesia é pra ficar na história,Amei
Fiquei boquiaberta quando a li pela primeira vez.
Adoro suas poesias
Beijos no coração
Lua Singular

20 de maio de 2016 às 23:19  
Blogger Dorli Ramos disse...

Oi Sol,
Adorei a sua definição. É isso mesmo.
Beijos
Minicontista2

26 de maio de 2016 às 03:17  
Blogger Odete Ferreira disse...

Um amor lindo num belo soneto!
Bjo, amigo :)

12 de junho de 2016 às 00:31  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial