SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 11 de julho de 2015

Seguro de ti







Estou seguro de ti
Por saber do teu fervor.

Muito doce, minha amada,
O Amor não ter barreiras
E as tuas mãos feiticeiras
Nos gestos de assentimento,
Terem carinhos,
Alento,
Efeitos prometedores
A quem deseja os amores,
Mesmo que um momento.

O toque macio
No meio dum diálogo,
O afirmar da voz,
Marca o remoque
Que pode ser ciúme
Entre olhares parados
E disfarçados...

Não consigo esconder
O medo que me tem
Se te perder...

Sou seguro de ti,
Temeroso
De não ter o eco que sonhei,
No Amor real e extremoso.

Acredito
No que um dia juramos,
Livres,
Conscientes da ausência do tempo.

Se alguma barreira existe,
Somos só nós e o mundo.

Estou seguro e creio.
Te ofertei o futuro,
Meu passado e meu presente,
A Alma de apaixonado
E um peito límpido e puro.

Por corolário dourado:
Ter-te, é-me Sagrado.

Estar, em ti, é seguro.



SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

24 Comentários:

Blogger Célia Rangel disse...

Doação sem limites, sem reserva alguma e muito menos cobranças, exigências... Simplesmente dar e receber e retribuir - Amor!
Quem chega a esse estágio, superou-se eternamente!
Abraço.

11 de julho de 2015 às 01:29  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Boa tarde amigo Sol
Só posso dizer: Que extraordinário poema, que doçura de palavras e que delicadeza impões em cada gesto!
Gostei.
Um abraço cá do Algarve.

11 de julho de 2015 às 17:03  
Blogger Janita disse...

Poema enternecedor, SOL! Por certo dedicado à extremosa companheira dos teus dias, mãe da tua filha e avó dos teus netos.
E nesse sentir poético a vais homenageando e ofertando o teu carinho. Muito lindo isso, meu Amigo!
Talvez comemorem mais um ano de união. Que sejam sempre muito felizes!

Beijinhos com amizade!

Janita

11 de julho de 2015 às 18:56  
Blogger Mar Arável disse...

Pelo sonho é que vamos

Tudo pelo melhor
poeta

11 de julho de 2015 às 19:27  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Um poema de muito querer.
Vive-se o momento. Vi ve-se intensamente quando
é possível, o que vier depois não interessa.
Abraço amigo
Irene Alves

11 de julho de 2015 às 20:50  
Blogger Jossara Bes disse...

Oi, Sol!
Lindo demais!
O porto seguro chamado amor!
Beijo carinhoso!

11 de julho de 2015 às 21:07  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
QUE COISA MAIS LINDA.
TEUS VERSOS TRANSBORDAM DE AMOR E CARINHO E NA CERTA ATINGEM EM CHEIO O CORAÇÃO DA PESSOA A QUEM OS DEDICAS.
ABRÇS
-http://zilanicelia.blogspot.com.br/

11 de julho de 2015 às 22:37  
Blogger Gracita disse...

O amor resvala por cada verso deste primoroso poema e encontra fertilidade noutro coração extremado que é a dona de tão fervoroso e apaixonado sentimento
Quem ama e é amado com tal intensidade sente=se seguro deste belíssimo amor
Uma magnífica dedicatória de amor meu amigo
Beijos com carinho e uma semana coroada de amor

12 de julho de 2015 às 21:47  
Blogger Olinda Melo disse...

Belíssimo um amor assim. Companheirismo e cumplicidade que marcam o passar do tempo e, do mesmo passo, cimenta esse sentimento que é o motor das nossas vidas.
Abraço
Olinda

12 de julho de 2015 às 23:23  
Blogger CÉU disse...

Teria sido no dia 11 de julho k se casaram? Se sim, muitos parabéns!
São estas cumplicidades e segurança que sentem um no outro, k fazem o sentimento chamar-se AMOR.
Que tenham vida longa, preenchida de muita entrega, sinceridade e verdade, como sempre.
O poema espelha bem o k lhe vai na alma, o k sente por ela, sua amada mulher.
Beijos e boa semana.

13 de julho de 2015 às 14:03  
Blogger Mirtes Stolze. disse...

Bom dia Sol.
Que lindo, amei o belo poema, uma declaração completa de um amor verdadeiro, a entrega total, belíssimo. Uma linda semana para vocês. Beijos.

13 de julho de 2015 às 14:15  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um poema muito belo e cheio de ternura, sensual qb
gostei!
boa semana.
beijo
:)

13 de julho de 2015 às 18:34  
Blogger Smareis disse...

Oi Sol!
Um lindo poema que resume num amor verdadeiro e infinito.
Gostei imenso. Sol nunca consegui achar sua bandeja de seguidor. Não sei se sigo ou não teu blog. Sei que te visito a muitos anos.
Uma ótima semana cheia de sorrisos e calor do sol.

13 de julho de 2015 às 18:59  
Blogger MARILENE disse...

A segurança está na realidade de um sentimento que se mostra forte e intenso. Seus versos cantaram um amor lindo, de forma especial. Abraço.

13 de julho de 2015 às 19:20  
Blogger Lilly Silva disse...

Olá Sol, mais um lindo poema que encontro por aqui que exalta a força desse sentimento tão grandioso e lindo que é o amor!
Um abraço e uma ótima semana pra você

http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

13 de julho de 2015 às 19:27  
Blogger Evanir disse...

Hoje estou começando agradecer o carinho
deixado no meu blog.
Foi muito importante para mim ,é nessa hora que sabemos
o bem que nos faz A verdadeira amizade.
Depois de uma dolorosa espera finalmente fui operada
a 20 dias e na medido do possível esta indo tudo bem.
Foi muita espera para quem paga plano de saúde
na hora do atendimento sofremos para autorizar uma seria cirurgia.
Durante anos sentindo dor e uma Sensação de abandono,
e descaso total.
Agora vem a espera da Biópsia que também nos deixa ansiosos ...
Agradeço o carinho tudo esta sendo muito importante para mim
me conforta o calor humano nesse momento.
Deus abençoe sua vida .
uma semana de paz abraços.
Evanir.

13 de julho de 2015 às 20:08  
Blogger Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Sol parabéns pelo lindo poema.
Um amor forte, terno, e real, que todos nós precisamos.
Obrigado amigo, pelo teu comentário a respeito da minha irmã.
A união com Deus faz a força...
Ela está melhor, e tenho fé que melhorará ainda mais.
Obrigado!
Beijos,
Mariangela

14 de julho de 2015 às 20:13  
Blogger Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Sol parabéns pelo lindo poema.
Um amor forte, terno, e real, que todos nós precisamos.
Obrigado amigo, pelo teu comentário a respeito da minha irmã.
A união com Deus faz a força...
Ela está melhor, e tenho fé que melhorará ainda mais.
Obrigado!
Beijos,
Mariangela

14 de julho de 2015 às 20:14  
Blogger Magia da Inês disse...

Simplesmente lindo!!!
Bom início de semana!
Beijinhos.
¸⋰˚✿ه° ·.

14 de julho de 2015 às 22:52  
Anonymous blueshell disse...

Oh...mas quem ama tem sempre medo, mesmo que seja um medo pequenino... Estar seguro é algo raro...

Um texto lindíssimo, meu bom amigo..
Obrigada
BS

15 de julho de 2015 às 12:01  
Blogger Vera Lúcia disse...

Olá Sol,

Uma doçura de poema.
A julgar pelos versos e imagem parece tratar-se de uma homenagem a uma união cúmplice e feliz. Talvez a celebração de aniversário de casamento.
De qualquer forma, é uma poema terno e extremamente apaixonado.

Lindo!

Abraço.

16 de julho de 2015 às 04:20  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol
Um comprometimento mútuo, um casal de dar inveja.
Assim descrito no teu poema como é o amor a dois.
Lindo
Beijos no coração
Dorli

16 de julho de 2015 às 22:06  
Blogger Pérola disse...

Seguranças que o amor nunca dá.

Há lá coisa mais insegura?

Uma poesia que revela paixão.

Beijinhos

17 de julho de 2015 às 18:27  
Blogger EU disse...

Um poema feito com amor. Um amor que é tudo para o poeta. Como sequer pensar em perdê-lo?
Belo de tão sentido, Sol.
Bjo :)

20 de julho de 2015 às 01:08  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial