SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Até onde eu for




 


Indescritível
Sonho ou vivência!
É alegria do Céu
Que os teus pés pisaram,
Teus braços repousaram,
Como núvem,
Como véu...

A neblina desfez-se
No calor do teu olhar
E surgiste transparente,
Angelical...
O Ser que sempre sonhei
Tornou-se vivo e real.

Irresistível,
Na carícia macia
Das flores,
Que roçavam nos meus lábios
Num Hino de Primavera imperecível.
Floriu feliz,
Dançou em todo o meu Ser
E senti-me estremecer
Adentro do rubor do teu rosto,
Tão a meu gosto.
Foi despertar suave e doce,
Fosse do que fosse,
Mas vivi, um momento todo Amor.
Desejo-o vivo
E com tal paixão
Que não possa caber no coração,
Mas vá até onde eu for.



SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

32 Comentários:

Blogger Olinda Melo disse...

Um momento de encanto!
Ele será a luz que alumia o caminho da vida, tantas vezes cheio escolhos.
E nas encruzilhadas será o canto mavioso a guiar os passos de quem
procura o chamamento do amor.
E possamos nós repetir estas tuas palavras:

"Mas vivi, um momento todo Amor.
Desejo-o vivo
E com tal paixão
Que não possa caber no coração,
Mas vá até onde eu for."

Abraço, caro Sol.

Olinda

14 de fevereiro de 2015 às 08:49  
Blogger Maria Luiza disse...

Que alegria e colorido primaveril refletem sua poesia de hoje! Gostei imenso! Forte abraço!

14 de fevereiro de 2015 às 11:10  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Como é gratificante, acordar sonhando e sentir a alegria do amor no coração...
Belo poema, Sol
Beijos!!!

14 de fevereiro de 2015 às 13:04  
Anonymous Helena disse...

Sonho... Realidade! Que importa? Um momento foi vivido, emoções afloradas, sentimentos renascidos, lembranças formadas... É tudo que realmente importa! Aquilo que fica, a sensação que fez brilhar os olhos, que fez mãos se doarem, o coração palpitar mais forte e alma acomodar-se "Num Hino de Primavera imperecível."
Um belo e delicado poema, meu amigo!
Que teu final de semana possa ter o sorriso das flores a encantar-se com as estrelas que estarão, certamente, a iluminar o teu olhar,
Helena

14 de fevereiro de 2015 às 13:21  
Blogger São disse...

Desejo sinceramente que esse teu sonho se converta em realidade e que dê azo a um belo poema como este.

Bom Dia de S. Valentim!

14 de fevereiro de 2015 às 13:53  
Blogger Mariangela do Lago Vieira disse...

Lindo momento, nem importa ser realidade...mas repletos de emoções que permanecerá fortemente no coração. Adorei Sol!
Beijos,
Mariangela

14 de fevereiro de 2015 às 14:11  
Blogger Paulo Francisco disse...

Um sonho lindo. Muito lindo! Adorei.
abraço grande

14 de fevereiro de 2015 às 15:10  
Blogger Carlos Hamilton disse...

Meu amigo, continuo admirando seus escritos.
Abraços

14 de fevereiro de 2015 às 17:31  
Blogger Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, amigo, seu poemas são belos e profundos, admiro as suas criações.
AG

14 de fevereiro de 2015 às 17:48  
Blogger Rita Sperchi disse...

saudade de vc la no meu Cantinho
poema bonito e cheio de amor e que fique no
coração até onde vc for
Abraços com carinho de bom carnaval !!

└──●► *Rita!!

14 de fevereiro de 2015 às 20:03  
Blogger Malu Silva disse...

Quanta mágica e leveza...
Tão bom ter alguém que vá somente aonde a gente vai... nada de ultrapassagens...
Um abraço

14 de fevereiro de 2015 às 21:14  
Blogger CÉU disse...

Indescritível, esse amor repleto de paixão, que foi, é e será companhia na estrada da vida.

Bom domingo.

15 de fevereiro de 2015 às 11:20  
Blogger Gracita disse...

Amigo Sol
Um amor pleno permeado de paixão já vivido e ainda por viver porque a cada amanhecer nos é dada a oportunidade de fortalecer o nosso amor
Um lindo domingo para você
Beijos

15 de fevereiro de 2015 às 13:25  
Blogger Jossara Bes disse...

Oi Sol,
Lindo demais!
Palavras inspiradas no amor! Feitas de amor, para o amor!
Felicidades, querido amigo!

15 de fevereiro de 2015 às 16:38  
Blogger Carmem Grinheiro disse...

Pura inspiração,

abç amg

15 de fevereiro de 2015 às 20:13  
Blogger Janita disse...

E agora, SOL?

Como comentar um poema destes? Impossível. Faltam-me as palavras!
Classifico-o como a primeira palavra que escreveste:
INDISCRITÍVEL!

Beijinhos de muita e sincera amizade.

Janita

15 de fevereiro de 2015 às 21:33  
Blogger Evanir disse...

Amigo Sol.
Um poema lindo de amor .
Um amor eterno vivido ,e com muito para ser vivido ainda,
muitas vezes me emociono diante dos seus poemas lindos e real
de uma vida ..
A quanto tempo começo seus pomas cada um deles existe amor e uma eterna paixão...
Um carinhoso abraço e uma abençoada semana.
Beijos.
Evanir.

15 de fevereiro de 2015 às 21:48  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Momentos mágicos que permanecem eternamente no nosso coração.
Simplesmente maravilhoso.
Beijinhos
Maria

16 de fevereiro de 2015 às 11:46  
Blogger OceanoAzul.Sonhos disse...

tão bom o amor, as palavras, os sentires... lindo poema

bjs

16 de fevereiro de 2015 às 14:29  
Blogger Sissym Mascarenhas disse...


Delicadamente narrou de maneira poetica e por instantes eu vi cenas.

Bjs

16 de fevereiro de 2015 às 22:22  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Li, reli e senti tão doce poema, talvez um dos melhores que teu coração ditou...
Um abraço cá do Algarve.

16 de fevereiro de 2015 às 22:28  
Blogger Evanir disse...

Amigo Sol.
Uma noite abençoada para si meu amigo.
tenha uma semana linda .
beijos e meu eterno carinho.
Evanir.

16 de fevereiro de 2015 às 22:35  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Um excelente poema de amor.
Foste brilhante, uma vez mais...
Tem um bom resto de semana, caro amigo.
Abraço.

17 de fevereiro de 2015 às 12:15  
Blogger manuela barroso disse...

Um Sol, com o esplendor de todas as estrelas!
Gosto dos teus sonetos, mas quando soltas as amarras, galopas com toda a beleza pelo mundo da poesia!
Abraço, querido amigo!

17 de fevereiro de 2015 às 12:40  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um poema de amor e ternura e cheio de esperança.
gostei muito!
:)

17 de fevereiro de 2015 às 16:35  
Blogger Manuel disse...

Magnifico, intenso e com muita magia.
Venho e leio os teus belos sonetos e, depois, pegas em toda a tua isnpiração e brindas com uns versos que nos levam nas teias do amor.
Soberbo!

18 de fevereiro de 2015 às 18:59  
Blogger Vera Lúcia disse...

Lindo isso, Sol.
Li e reli, pois o poema é belíssimo.

Obrigada pelo carinho de suas palavras em meu recanto. É por isso que blogar ainda é extremamente prazeroso para mim.

Grande abraço.

19 de fevereiro de 2015 às 01:46  
Blogger Mariazita disse...

As minhas primeiras palavras são para agradecer a presença na “festa de aniversário” da minha «CASA». Obrigada!
Lindo poema.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

19 de fevereiro de 2015 às 10:58  
Blogger Teresa Almeida disse...

Sim, leva esse momento para onde fores porque nele poderão sorrir os teus versos.
Beijinho, querido amigo.

19 de fevereiro de 2015 às 23:17  
Blogger Labirinto de Emoções disse...

Olá Sol
Um poema lindo, um hino ao amor.
Adorei
Beijinho grande
Teresa

20 de fevereiro de 2015 às 03:41  
Blogger EU disse...

Um amor de plenitude!
Muito belo, Sol!
Bjo :)

7 de março de 2015 às 01:35  
Blogger Teresa Almeida disse...

Um perfume inebriante!
Beijinho, amigo.

13 de março de 2015 às 10:45  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial