SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 2 de agosto de 2014

Falando sozinho





 

Porque falas comigo?
Eu, não sou nada!
Vê o pó
Que em mim repousa,
As teias que me atam,
A negrura dentro do meu rosto...

Descubro algo
No diálogo que há em nós:
Eu, o nada que te escuta
Com o Coração,
Sentindo viver um sonho,
Onde és, Divinamente, grande!...

Escuto-te com Amor,
Com ardor,
Com pureza...
Mas, no meu pensamento,
Sinto-me pulsar
Abrindo o caminho
Que devo trilhar.

De repente,
Acordo com a tua simplicidade.
Então me descubro 
Falando sozinho,
A ouvir o supremo Amor.



SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

24 Comentários:

Blogger Olinda Melo disse...

A ouvir o Amor... sentimento que nos coloca acima da nossa
condição humana.

Abraço

Olinda

2 de agosto de 2014 às 08:59  
Blogger Rita Sperchi disse...

Hoje estou passando para agradecer
sua amizade, desejar sempre o melhor
pra vc, e fazer um convite para
participar do sorteio que vou fazer
pelo niver do meu Blog, são 3 anos
de muita alegria, venha festejar comigo....

Abraços de bom final de semana
Bjusss

(¯`´¯)
`*.¸.*´
¸.•´Rita

2 de agosto de 2014 às 10:34  
Blogger Mariangela disse...

O amor sempre a nos conduzir...
Que lindo este sentimento que por ele, movemos montanhas!
Belíssimo amigo!
Beijos,
Mariangela

2 de agosto de 2014 às 11:58  
Anonymous Anónimo disse...

Amigo

Nem sempre nos vimos como somos, por ser tão natural ser assim mesmo, mas, há sempre em nós, desperto ou não, um turbilhão de valores e desvalores que nos constrói. Acho que o certo, seria escolher-mos sempre o que de bom existe em nós, mas sei também, que só descobrimos o bom quando estamos fartos do mal.
Tinha de ser assim mesmo a composição do ser humano!
De outra forma, não atingiria a perfeição que almeja.

Beijinho e bom fim de semana, grande Sol!

F.M.

2 de agosto de 2014 às 14:41  
Blogger Jossara Bes disse...

Oi Sol,
Amor supremo! Lindo demais!
Por certo que a grandiosidade e pureza de sentimentos nos fazem sentir pequenos, por vezes simples demais! Porém, "é na simplicidade que mora a felicidade"!
Felicidades para você!

2 de agosto de 2014 às 15:08  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Sol. Querido amigo, que poema lindo. Nos tornamos um "nada", no sentido de nos esvaziarmos de tudo para ouvirmos o amor que fala conosco da forma simples, que julgamos até não sermos merecedores.
Parabéns.
Tenha um excelente fim de semana de paz.
Beijos na alma e tudo de bom.

2 de agosto de 2014 às 15:28  
Blogger Maria Luiza disse...

O amor está a nos falar sempre, através da simplicidade. Devemos ser mais ouvidos diante da grandiosidade dele! Um excelente final de semana Abração!

2 de agosto de 2014 às 17:12  
Blogger Célia Rangel disse...

Essa é uma linguagem inesperada que nos toca infinitamente - a da poesia do amar e ser amado.
Abraço.

2 de agosto de 2014 às 21:40  
Blogger Magia da Inês disse...

✿⊱•°
Quem ama, nunca está só.
Bom fim de semana!
Beijinhos.
¸.✿⊱╮╮

2 de agosto de 2014 às 23:27  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol,
Falar sozinho é sinal de solidão e você não está só, tem sua mulher, filhos, netos e nós aqui para lermos as sua lindas postagens.
Gostei do final
Beijos no coração
Lua Singular

3 de agosto de 2014 às 02:06  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Há amores que são audíveis.
Magnífico poema, gostei imenso.
Caro amigo, tem um bom domingo e uma boa semana.
Abraço

3 de agosto de 2014 às 15:22  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Quando o amor existe não são necessárias palavras, basta escutar com amor.
Mais um belissimo poema.
Beijinhos
Maria

3 de agosto de 2014 às 19:26  
Blogger ONG ALERTA disse...

O amor completa...lindo.
Abraço Lisette

4 de agosto de 2014 às 00:48  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

É mesmo por isso que todos nós devemos "acordar sonhando".
Gostosos versos com sentimentos profundos.
Um abraço cá do Algarve.

4 de agosto de 2014 às 12:44  
Blogger Fá menor disse...

"Falando sozinho,
A ouvir o supremo Amor"
Muito boa escolha!

Boa semana!

4 de agosto de 2014 às 14:16  
Blogger Evanir disse...

Boa Noite Amigo Sol.
Já começo a sentir saudades antes da minha saída
em definitivo do mundo virtual.
Levarei pra sempre em meu coração os melhores
anos vividos lado a lado com pessoas maravilhosas como você.
Creia vivira pra sempre na minha lembrança
e na minha saudade.
Estou me preparando para dizer Adeus não será fácil
devo demorar um pouco saindo devagar para não magoar
pelo menos a quem teve consideração respeito e carinho comigo.
Uma abençoada semana beijos ,
Evanir.

4 de agosto de 2014 às 22:45  
Blogger Maria Luiza disse...

Sentimentos profundos consiste a tõnica de seus versos! Que Deus o ilumine e o inspire sempre nos nobres sentimentos! Abraço!

5 de agosto de 2014 às 14:03  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol,
Passando para lhe desejar um bom fim de dia
Beijos no coração
Lua Singular

5 de agosto de 2014 às 18:06  
Blogger Eduardo Maria Nunes disse...

De alegria e felicidade!
caídas deixam a terra molhada
poeticamente, gotas de água
são lágrimas de saudade.

Vim andando sozinho para aqui,
encontrei um poema escrito de verde esperança
olhei para aquela verdejante imagem nela vi
a planície alentejana coberta com verde manta?

Aquela seara de trigo,
igual a tantas outras que lá vi
depois ceifado, debulhado e moído
Sol da Esteva, o teu lindo poema li!

Um abraço.

5 de agosto de 2014 às 19:21  
Blogger Manuel Luis disse...

Está tudo dito aqui nestes preciosos comentários, em boa companhia.
Obrigado amigo! Abraço

6 de agosto de 2014 às 00:26  
Blogger Rosemildo Sales Furtado disse...

O amor ainda é um dos maiores fomentos da nossa existência. Lindo poema amigo, principalmente a estrofe abaixo:

Escuto-te com Amor,
Com ardor,
Com pureza...
Mas, no meu pensamento,
Sinto-me pulsar
Abrindo o caminho
Que devo trilhar.

Abraços,

Furtado.

6 de agosto de 2014 às 01:18  
Blogger Janita disse...

Olá, amigo SOL.

Com este belo diálogo nunca podes falar só. Haverá sempre alguém que entenda a grandiosidade desse Sonho Divino.
Quando falamos connosco, há uma descoberta que fica sempre presente...só nossa!
Gostei muito, como sempre gosto de tudo o que escreves.

Beijinho amigo!

Janita

6 de agosto de 2014 às 21:20  
Blogger MARILENE disse...

Quem ouve com o coração tem grande percepção dos sentimentos. Falar sozinho, no campo do amor, é conversar com si mesmo e perceber beleza na simplicidade. Abraço.

7 de agosto de 2014 às 19:45  
Blogger Teresa Almeida disse...

Desta vez um diálogo poético contigo mesmo. Diria que são permanentes, mas nem sempre ousamos partilhá-los. Muito bom, amigo!
Beijinho.

8 de agosto de 2014 às 19:53  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial