SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 7 de dezembro de 2013

Coração insatisfeito






Não há no amanhã outra esperança
Que um dia igual ao de hoje, repassado
De sons e ecos, num viver frustrado
No imenso rosário da lembrança.

Poderia doar-me á segurança
Dum peito sem Amor, esvaziado
Do Espírito e sempre fechado
Em si, sem vislumbrar a confiança?

Pudesse ter o Dom da Alegria
E sei que, só de Amor, deleitaria
Este meu coração insatisfeito.

Mas peno, por não dar a todo o Mundo
Este mesmo sentido, tão profundo,
Que desejo, aqui,  dentro do peito.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

23 Comentários:

Blogger Jossara Bes disse...

Querido Poeta,
O amor é alimento para vida, para o sonho, para poesia!
Seja muito feliz!
Beijos!

7 de dezembro de 2013 às 10:28  
Blogger Paulo Francisco disse...

Coração insatisfeito, peito vazio.
Um grande abraço meu amigo.

7 de dezembro de 2013 às 10:59  
Blogger Célia Rangel disse...

Mario Quintana diz: - "Amigo é a criatura que escuta todas as nossas coisas sem aquela cara que parece estar dizendo: - E eu com isso?" ... Você é um amigo, SOL que jorra seus sentimentos em versos! Poemas belos cheios de ternura pela vida!
Abraço.

7 de dezembro de 2013 às 12:04  
Blogger Fred Caju disse...

Sempre tirando onda... Excelente.

7 de dezembro de 2013 às 13:18  
Anonymous David C. disse...

Muy insatisfecho.
Saludos
David

7 de dezembro de 2013 às 17:07  
Anonymous David C. disse...

Muy insatisfecho.
Saludos
David

7 de dezembro de 2013 às 17:08  
Blogger Dora Regina disse...

Sempre é bom te ler...
Um grande abraço!

7 de dezembro de 2013 às 18:09  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Gostoso soneto para um coração insatisfeito!
Um abraço cá do Algarve.

7 de dezembro de 2013 às 20:23  
Blogger Carla Fernanda disse...

Belo!!

Beijos

7 de dezembro de 2013 às 21:41  
Blogger Smareis disse...

Maravilhoso Soneto!
Beijos Sol!
Ótimo domingo!

8 de dezembro de 2013 às 13:52  
Blogger Nati Caetano disse...

Querido Sol!

A esperança não deve morrer, a insatisfação as vezes angustia a alma, mas nada como uma boa reflexão para ter o coração mais leve.

Tem mimo de natal no meu blog.Depois vc passa para pegar os dois caso gostar.

Estou numa correria, mas em off do que on.

Um bom inicio de semana para você.Espero que esteja td bem.

Beijos

Nati

8 de dezembro de 2013 às 19:40  
Blogger Elio disse...

Ciao Sol, testo molto bello, come sempre. Toglimi però una curiosità, il cuore è fatto con chicchi di caffé o pepite di cioccolato? Buone feste natalizie.

8 de dezembro de 2013 às 21:42  
Blogger Manuel Luis disse...

Leveza de reflexão.
Abraço

8 de dezembro de 2013 às 23:14  
Blogger Teresa Almeida disse...

As tuas palavras são cheias de amor e de ansiedade, mas é muito bom voltar a vê-las. A verdadeira poesia é assim - sentida!
Abraço imenso.

8 de dezembro de 2013 às 23:23  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol
Poesia retirada lá do fundinho da alma
Uma linda e triste poesia
Beijos
Lua Singular

9 de dezembro de 2013 às 19:48  
Blogger Manuel disse...

Na alma de um poeta há sempre a esperança de outro dia.
O coração do poeta renasce sempre, pois a poesia é como pão que nos alimenta.
Abraço

9 de dezembro de 2013 às 22:15  
Blogger Lilá(s) disse...

l Encantada com os teus versos tristes e profundos!
Bjs

11 de dezembro de 2013 às 00:04  
Blogger Maria Emilia Moreira disse...

Olá amigo!
Aqui há sensibilidade à flor da pele. Belo soneto!!!
Um abraço.
M. Emília

11 de dezembro de 2013 às 00:59  
Blogger Luís Paz disse...

Agora percebo como senti falta de interagir por aqui para ler tais construções dignas :D sempre talentoso, amigo!

te aguardo lá tmb, abraço
diademegalomania.blogspot.com

11 de dezembro de 2013 às 18:12  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Esse coração insatisfeito, está tão pleno de amor e é tanta a poesia,que todo o Mundo se encanta!
Beijos, SOL amigo,
da Lúcia

12 de dezembro de 2013 às 15:47  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
LINDOS TEUS ESCRITOS, COMO SEMPRE.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

14 de dezembro de 2013 às 00:41  
Blogger Miguel Pestana disse...

Lindo. Mantenha o coração sempre em chamas.

Bom Natal.

23 de dezembro de 2013 às 15:43  
Anonymous Anónimo disse...

Lindo poema. Cada um de nós se sempre um pouco insatisfeito. Um abraço. Mª Arminda

11 de fevereiro de 2014 às 15:01  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial