SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 19 de janeiro de 2013

Fiquei tão só...





 


Corre, o coração, para junto do teu seio.
Vencem-se as barreiras da neve azulada,
Porque assim te sei bem perto e repousada,
Fico vigilante, atento e sem receio.

Vi teus pés pisarem pela neve fora.
Tu, imaculada e maravilhosa,
Eras o contraste, de neve e de rosa,
Maciez estranha de onde o amor aflora.

E eis-me face a face, um momento só.
Um olá, te disse, e um olá ouvi.
Bem mais te contei e muito mais senti.

E mais nada soube. Me fiquei tão só
Que me sobreveio a melancolia,
Que levou para longe a minha alegria.



 

SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

29 Comentários:

Blogger António Bernardo disse...

Fiquei tão só...
Nunca se está só,quando se ama...!

Abraço de Luz.

19 de janeiro de 2013 às 09:21  
Blogger Everson Russo disse...

Essa é a terrível sensação da solidão,,,da falta de um complemento...abraços amigo e um bom final de semana pra ti,

19 de janeiro de 2013 às 11:52  
Blogger Fred Caju disse...

Que imagem da porra!
E me refiro a dos versos não da fotografia.

19 de janeiro de 2013 às 13:03  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Eu sinto a tua poesia, não como tu a sentiste quando a escreveste.
Mas o sentimento, tão forte que aplicaste!... senti que estavas a viver e a recordar aquele momento.
Soneto de solidão que descreve uma imagem que está dentro do teu coração.
Um abraço cá do Algarve.

19 de janeiro de 2013 às 13:14  
Blogger Jossara Bes disse...

Oi Sol,

"O contraste de neve e rosa"
Que lindo, Sol!
A imagem da beleza, suavidade e pureza!
Pureza de sentimentos, assim melancolia, embalados num coração repleto de poesia!
Tenha um ótimo fim de semana!
Beijos!

19 de janeiro de 2013 às 13:54  
Blogger Dorli disse...

Olá!
Às vezes, a solidão bate a nossa porta.
Nunca da certo de eu ver a neve...Tão branca, tão pura...
Bom final de semana
Beijos
Lua Singilar

19 de janeiro de 2013 às 16:12  
Blogger Patrycja Photography disse...

Very cool blog. Interesting posts. ;)
Nice atmosphere guests with you here on the blog. ;]
Yours. Have a nice day. !

Follow me on facebook fanpage and blog
I'm very concerned about this, please. :)
https://www.facebook.com/pages/In-another-light/413836138693856

19 de janeiro de 2013 às 17:11  
Blogger ᄊム尺goん disse...

(uma solidão aquecida)

lindo!

abraço

19 de janeiro de 2013 às 17:43  
Blogger Célia Rangel disse...

A sua amorosidade, SOL, é algo indescritível! Seus poemas encantam-me!
Abraço, Célia.

19 de janeiro de 2013 às 17:49  
Blogger Julio Vilar pereira Pinto disse...

Mais um lindo soneto ao amor.
Sol o amor nunca nops deixa só.
1 abraço de Braga.

20 de janeiro de 2013 às 00:11  
Blogger Simone MartinS2 disse...

Ah, que melancolico,
mas gostei do modo
singelo e romantico.
Abraços

20 de janeiro de 2013 às 04:40  
Blogger Evanir disse...

Meu amigo muito querido Sol.
O poema que fala do coração parece uma história a se repetir
cá entre nos.
Como pode o coração que a gente ama nos entristecer
como aconteceu comigo meu amigo?
Ela que nos da a vida jorrando pelo nosso corpo
o liquido da vida.
Na verdade não me preparei para medica-lo ou talvez
tenha maltratado ele demais ao longo da vida.
A algum tempo não te escrevo breve estarei
escrevendo para você.
Uma troca de amizade linda nos ajuda a viver.
Linda semana meu amigo Sol.
Beijos na sua linda alma,Evanir.

22 de janeiro de 2013 às 01:24  
Blogger Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo,,,abraços.

22 de janeiro de 2013 às 10:30  
Blogger Marcia Melo Morais disse...

Os ultimos versos amei por demais rs!

22 de janeiro de 2013 às 15:21  
Blogger Teresa Almeida disse...

A neve é tão linda e fria que o coração se derrete num tocante encontro de amor.

Grande abraço e
uns fiapos de neve.
Teresa

22 de janeiro de 2013 às 19:40  
Blogger Mary disse...

A melancolia leva a alegria,mas não a inspiração desse poeta.

Lindos versos!

Um bjo pra ti

22 de janeiro de 2013 às 20:22  
Blogger anita sereno disse...

adorável poema um tanto nestalgico
mas mesmo assim maravilhoso
amigo vim te agradecer sua visita no meu blog desculpe a minha falta de comparência e ausência quereria tanto poder dar tanto de mim a ti e a todos mas nem sempre me é possível continuação de uma semana excelente beijinhos

23 de janeiro de 2013 às 13:24  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
PARA QUEM AMA FICAR SÓ, É SOFRER A AUSÊNCIA DO AR QUE SE RESPIRA...
UM TEXTO MELANCÓLICO MAS, ASSIM MESMO REPLETO DE BELEZA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/ClickAQUI

23 de janeiro de 2013 às 18:28  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

tena muita facilidade para o soneto, admiro isso.
chei este muito melancólico.
beijo

;)

23 de janeiro de 2013 às 20:35  
Blogger POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Belas suas expressões poéticas aqui neste lindo blog. Uma linda e feliz noite..
Venha conferir dar a sua opinião aqui em meu blog sobre o CIÚMES aqui...
http://poesiassensuaisecontos.blogspot.com.br/

23 de janeiro de 2013 às 20:40  
Anonymous David C. disse...

Que el amor aflore siempre.
Saludos
David

23 de janeiro de 2013 às 23:32  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Momentos alegres, momentos tristes. Assim, é a vida! Tão bem "retratada" neste belo soneto.

Dias alegres, no final de semana!
Beijos,
da Lúcia

24 de janeiro de 2013 às 22:35  
Blogger Lilá(s) disse...

É forte a inspiração do poeta! melancolia romântica e gostosa.
BJs

25 de janeiro de 2013 às 00:33  
Blogger MARILENE disse...

Depois que o encantamento nos foge, impossível não abraçar a melancolia. Bjs.

25 de janeiro de 2013 às 02:34  
Blogger La Gata Coqueta disse...



Quién no quiere sentirse feliz siempre, y aunque la felicidad parezca a veces inalcanzable debemos luchar por conseguir esos momentos que poblarán nuestros recuerdos y nos ayudarán en momentos de absoluta opacidad.

Esta semana he estado de viaje y me he demorado sin apenas darme cuenta. Pero hoy tengo el gusto de pasar a saludarte y desearte un magnífico fin de semana!!

Sin olvidar que la mejor canción es la sonrisa de tus ojos,
melodía poéticas que mecen mis sueños.

Atte.
María Del Carmen



25 de janeiro de 2013 às 05:32  
Blogger ana costa disse...

Esse estado de alma que surge logo após a perda de um amor?...
Gostei muito amigo
bj e um bom fim de semana

25 de janeiro de 2013 às 14:30  
Blogger rosa-branca disse...

Olá Sol, maravilhoso soneto lavrado na nostalgia e na solidão. Amei demais. Beijos com carinho

25 de janeiro de 2013 às 20:20  
Blogger Manuel disse...

Bons momentos de um poeta apaixonado.
Um soneto capaz de fazer derreter a neve para o Sol poder brilhar.
Parabéns!

25 de janeiro de 2013 às 22:13  
Blogger manuela barroso disse...

Caro Sol,
Cada vez me surpreendes mais. Gosto de todos mas este...é um dos melhores e mais belos de que me lembro
Fizeste lembrar Rodrigues Lobo...
Fantástico!

Bom fim de semana
Abraço

26 de janeiro de 2013 às 00:02  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial