SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Mulher




Senti-me suspenso, nos teus braços,
Bailando ao som evocativo
Do último acorde já vivido
No silêncio dos ternos abraços.

Sabe dos desejos que vivi
Sentindo, em mim, o teu corpo quente.
Vivi, em ti, num lugar ausente
Da Terra e do Céu, longe daqui.

Estranho, foi este sentimento
Tão real, adentro do desejo,
Que não resisti a dar-te um Beijo,

Possuindo-te, em terno pensamento!...
Vibraste de gozo e de prazer
E foste, tu própria, Mulher.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

52 Comentários:

Anonymous ANTÓNIO SANTOS (TOMANEL) disse...

Como sempre, consegues entrar dentro do coração dos leitores dos teus poemas.
A "mulher", em primeiro lugar, é sempre aqui galardoada com o amor, o prazer, o beijo e tudo o mais que se sente em ocasião igual ou semelhante.
Um abraço cá do Algarve.

23 de novembro de 2011 às 10:45  
Anonymous DAD disse...

Mais uma vez um lindo poema!
Espero que tudo esteja a correr bem com essa saudinha!
Beijinho,

23 de novembro de 2011 às 10:48  
Blogger Célia disse...

Mulher! Assim narrada em versos poéticos, torna-se muito mais bela! Ternura. Encantamento. Magia. Poderosas fórmulas para amar e ser amado! Abraço, Célia.

23 de novembro de 2011 às 10:49  
Anonymous simone martins disse...

"...quando o amor flui naturalmente,
tudo vira poesia, magia, enfeitiça.
A vida fica mais leve e colorida.
Tudo em volta nos contagia, nos inebria.
Brindemos pois, ao Amor, fonte de energia.
rindemos pois, a Vida, que é bela demais,
e assim, tem que ser vivida...com Paixão!
Abraços.

23 de novembro de 2011 às 11:02  
Blogger Janita disse...

Olá SOL!
Sempre me senti bem na minha condição de mulher - tanto mais que ela me deu a felicidade de ser mãe - mas nunca, até hoje, me senti tão maravilhada com essa condição.

Que belo soneto, SOL!

Que lugar será esse, ausente da Terra e do Céu, que te leva a escrever tão bela poesia?

Parabéns, por essa Divina inspiração.

Beijinhos.

Janita

23 de novembro de 2011 às 11:57  
Blogger Paulo Francisco disse...

Soneto de amor que fala de uma mulher. Merecedora de tuas palavras. Muito lindo.
Um abraço

23 de novembro de 2011 às 12:11  
Blogger Tunin disse...

Que maneira linda de falar da mulher tão poeticamente! Merecida! Abração.

23 de novembro de 2011 às 13:13  
Blogger Jossara Bes disse...

Sol Querido!

"Adoro ser o que sou!
Feminina e delicada!
Pode discordar quem quiser!
Mas, se outras vidas eu viver!
Quero sempre ser mulher!

Muito lindo seu poema!
Beijos para você e para a mulher que te inspirou!

23 de novembro de 2011 às 15:06  
Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Lindo!
As palavras descrevem emoções e nem sempre nos é fácil transformar as emoções nas palavras!

fantástico.

23 de novembro de 2011 às 15:18  
Blogger Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Solamigo

Contaminaste-me...

Uma mulher que nos merece tudo
e que quer ser sempre admirada
deixa-nos calado, até ser mudo
sem saber se ela é a nossa amada

Porque a mulher, costela de um adão
qualquer que seja ele e onde esteja
dá cabo de nós, rouba o nosso coração
e não o devolve onde quer que seja

Dá-nos tudo, desde o ser até ao prazer
dá-nos o seio, dá-nos o leite maternal
dá-nos o sol, o ocaso, o amanhecer

Mas, em meio do mais brumoso areal
é sempre, foi e será mais que mulher
é o pêndulo entre o bem e... o mal

... e até tento sonetar...

Abç

Diz se gostas ou se não gostas, lá na nossa Travessa com tempo excedentário. Brigado

23 de novembro de 2011 às 18:21  
Blogger MARILENE disse...

Você sabe falar de sentimento e de realização a dois, de forma impecável. Esse poema o demonstra, claramente. Muito lindo!!!!

Bjs.

23 de novembro de 2011 às 20:47  
Blogger Luar disse...

Sol

Fazes da mulher um poema em que me perco.
Adorei.

Beijinhos

23 de novembro de 2011 às 21:08  
Anonymous manuela barroso disse...

Gosto desta nova´"época", em que a poesia se solta numa
sensualidade leve, linda...
bji
Abraço

23 de novembro de 2011 às 22:33  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Quanta sensualidade,
nesse tão lindo e terno AMAR!!!

Beijos,
da Lúcia

23 de novembro de 2011 às 23:02  
Blogger Cristal de uma mulher disse...

Ohhhhhh!!!! Sol que maravilha de letras e sentimentos..olha me deleitei

São poucos os homens que ainda sabem amar assim


Beijos amigo

23 de novembro de 2011 às 23:09  
Blogger ana costa disse...

..."Vivi, em ti, num lugar ausente
Da Terra e do Céu, longe daqui."...
Esse é o lugar onde o amor acontece.
Muito bonito o retrato do verdadeiro amor, trazido uma vez mais na condição de poesia.
Beijo amigo

24 de novembro de 2011 às 09:06  
Blogger Everson Russo disse...

Mulher é musa, é inspiração, é alma perfeita, é a mais pura essência da poesia amor...abraços de bom dia pra ti meu amigo...paz e poesia sempre..

24 de novembro de 2011 às 12:04  
Blogger Antonio Rubilar B. Valente disse...

Amigo, gostei do seu blog e já estou lhe seguindo.Se der, dê uma passadinha no meu.Abração!!!! Rubi.

24 de novembro de 2011 às 13:05  
Blogger Nati Caetano disse...

Boa tarde amigo Sol! Parabéns pela homenagem no blog da nossa querida amiga Evanir.Achei o máximo.E que linda Poesia...Amor profundo por uma mulher.Muito belo.Amigo depois pega o mimo de Natal que deixei no meu blog.Abraços
Um Feliz Final de semana.Nati

24 de novembro de 2011 às 15:51  
Blogger Mário Margaride disse...

Belo poema meu amigo!

A mulher merece esta lindíssima homenagem.

Abraço!

Mário

24 de novembro de 2011 às 15:55  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Magnífico soneto.
Com um final de ouro, como convém.
Parabéns pelo teu talento, caro amigo poeta.
Abraço.

24 de novembro de 2011 às 16:24  
Blogger Vera Lúcia disse...

Olá SOL,
Que maravilha de soneto!
Fiquei encantada e parabenizo-o pelo talento e inspiração.
Abraço.

24 de novembro de 2011 às 16:29  
Blogger dilita disse...

Olá Sol!

Grata pela parte que me toca,porque sou mulher.
Quanto à poesia,"enorme" de graciosidade,ternura,
sensibilidade,perfeição... todos os adjectivos que
conheço não chegam para a definir. Gostei muito!
Voltarei.

Obrigada pela visita ao meu cantinho,e também pela
apreciação.
Saudações.
Dília Maria

24 de novembro de 2011 às 22:49  
Blogger dilita disse...

Ainda mais umas palavras:

Quero referir-me ao Tango Esperança.Tão lindo!
E tantas saudades... Boas recordações,tão distantes.
Recordar é viver. Eu prefiro antes viver para recordar,
assim aconteceu agora.
Obrigada.
Dilita.

24 de novembro de 2011 às 22:59  
Blogger OceanoAzul.Sonhos disse...

Lindas palavras, cheias de sentimento, sempre emociona ler quem escreve tão poeticamente sobre MULHER.

abraço
oa.s

25 de novembro de 2011 às 09:40  
Blogger Everson Russo disse...

Um belo final de semana pra ti meu amigo...abraços fraternos.

25 de novembro de 2011 às 11:14  
Blogger Tiago Braga disse...

um doce de leitura

25 de novembro de 2011 às 13:10  
Anonymous maria luiza saes de rezende disse...

Qualquer mulher sentir-se-á lisonjeada com tamanha beleza criada por vc. Parabéns, meu amigo. Obrigada pelas lindas mensagens. Fique co Deus e lindo final de semana!

25 de novembro de 2011 às 13:53  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um soneto onde se dá destaque ao amor.

um beij

25 de novembro de 2011 às 16:16  
Anonymous Anónimo disse...

Caro Amigo Sol!

O poema dá-nos a liberdade de expressar o que sentimos mais profundamente.
O passado, o presente, o futuro...
Idealizamos, inventamos, recordamos...e a poesia, nos transporta, nos torna leves, felizes, infelizes...sonhadores...realistas...enfim!..mas, que melhor tema que o amor? ele é o bem maior, por que todos ansiamos.
Achei lindo!
Faz favor de continuar.

Um beijinho da

Felismina

25 de novembro de 2011 às 19:15  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Sol. Lindo, sensual e enigmático. A mulher compõe um cenário de amor profundo e entregue, de domínio, sabedora de quem é, e do que quer. O homem fica totalmente envolvido.
Um beijo grande, e fique com Deus!

25 de novembro de 2011 às 20:14  
Blogger sandrafofinha disse...

Linda fotografia,eu adoro rosas!! E de uma rosa para outra rosa eu deixo um beijinho e votos de um belo fim-de-semana!! Espero que te divirtas e que tenhas grandes realizações.

25 de novembro de 2011 às 22:37  
Blogger H A R R Y G O A Z disse...

Have a SUPER weekend !

25 de novembro de 2011 às 22:40  
Blogger Everson Russo disse...

Um belo sábado repleto de poesia pra ti meu amigo...abraços fraternos.

26 de novembro de 2011 às 11:58  
Blogger Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Uma linda declaração de amor...um ramo de rosas envolto em poesia.Adorei e deixo um beijinho com carinho.

Sonhadora

26 de novembro de 2011 às 22:05  
Blogger Magia da Inês disse...

º°❤
Olá, amigo!
Soneto lindo... gostei muito.
Boa semana!
Beijinhos. º° ✿
♫° Brasil
·.♪
❤♥

27 de novembro de 2011 às 08:26  
Anonymous Claudia Anahí disse...

Que coisa linda! Agraciada tua esposa que te inspira e admira! Prabéns! Adorei as músicas também! Namastê!

27 de novembro de 2011 às 19:27  
Blogger Manuel disse...

É um prazer sentir toda a inspiração de um poeta que parece eternamente apaixonado.
Gosto desta magia da rima do amor.

28 de novembro de 2011 às 00:06  
Blogger Everson Russo disse...

Uma bela semana pra ti meu amigo...paz e poesia sempre...abraços.

28 de novembro de 2011 às 11:16  
Blogger Elio disse...

Sol, come sai bene non conosco il portoghese ed il traduttore non funziona. Credo però di aver capito l'essenziale del tuo poema che è molto bello. Un amichevole saluto.

28 de novembro de 2011 às 19:35  
Blogger Fa menor disse...

Sensibilidade e fantasia...
:)

28 de novembro de 2011 às 20:02  
Blogger 。♥ Smareis ♥。 disse...

Nossa, que lindo, fiquei encantada com a beleza dos versos. Um declaração de amor maravilhosa. Parabéns amigo pelo poetar ! Beijos e ótima semana.

28 de novembro de 2011 às 21:01  
Anonymous Anónimo disse...

O Sol quando nasce é para todos! Hoje para mim foi uma surpresa,pois...quanta mágoa no Sol d'hoje o no que conheci há anos!!!
Parabéns e um beijinho de muita amizade.
MMourão

29 de novembro de 2011 às 00:29  
Blogger Evanir disse...

Lindo demais seu poema um pouco triste mais com infinito
amor a cada palavra.
Te desejo um lindo dia uma semana abençoada beijos
no coração.
Evanir

29 de novembro de 2011 às 11:41  
Blogger São disse...

Se este poema é para celebrar antecipadamente o Dia Contra a Violência de Género(25/11/), ainda é mais bonito.


Tudo de bom.

29 de novembro de 2011 às 15:13  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Reli o teu magnífico soneto e ainda fiquei mais encantado.
Um abraço, caro amigo.

29 de novembro de 2011 às 19:18  
OpenID nacasadorau disse...

Maravilhoso soneto, Sol.
Também não resisto em dar-te um beijo.

29 de novembro de 2011 às 20:09  
Blogger Lilá(s) disse...

Uma linda declaração de amor!
Gosto da maneira poética com que escreves!
Bjs

29 de novembro de 2011 às 22:05  
Blogger rosa-branca disse...

Maravilhoso soneto deamor como todos os que a alma te dita. Adorei. Beijos com carinho

30 de novembro de 2011 às 00:14  
Blogger Evanir disse...

Amigo Querido.
Assim que você acordar vai no meu blog
te espero lá beijos no seu doce coração.
Evanir

30 de novembro de 2011 às 02:47  
Blogger Sergio Martins disse...

Apesar da realidade, o sonho. Apesar da angústia da longa espera, o sentimento. Esta é a verdadeira arte de viver! Abç.

3 de dezembro de 2011 às 00:40  
Blogger Lu disse...

Lindo poema amigo Sol....te adoro,es grande em tudo.
Gosto desta tua maneira de tratar a mulher em teus poemas .
Desculpa a ausencia...Lu anda meio em baixa.
Mil beijos desta amiga que te ama muito.

18 de dezembro de 2011 às 02:29  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial