SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 21 de agosto de 2021

Memória

                                       © SOL da Esteva - Acordar Sonhando

 

Permaneces em meu pensamento,
Tal como meu gémeo do nascer.
És a Alma viva em meu momento
Que me fez feliz em conhecer.

Juntos, os cordões umbilicais
Dos caminhos que ambos cruzamos
Com dores, medos e ânsias tais,
Que amigos/irmãos nos tornamos.

Foi a guerra (não a paz) que fez
A imensa Obra de amizade
Que se tornou Memória gravada

Com a paisagem do Cantanhez.
Das lembranças, quase sem idade,
Resta a velhice quase acabada.


SOL da Esteva 

 

Etiquetas: , ,

19 Comentários:

Blogger chica disse...

Lembranças, recordações ficam pra sempre ! Linda poesia! abraços, ótimo fim de semana! chica

21 de agosto de 2021 às 11:04  
Blogger " R y k @ r d o " disse...

Maravilhoso, sublime dentro da área poética. Adorei este poema .
.
Feliz fim-de-semana - cumprimentos
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

21 de agosto de 2021 às 12:17  
Blogger São disse...

A memória pode ser uma enorme consolação...

Gostei do poema

Beijinho, bom fim de semana

21 de agosto de 2021 às 13:17  
Blogger Dalva Rodrigues disse...

Lindo, meu amigo!
Todo se cruza em nossos caminhos, viram memórias, nos alegram ou nos consolam. A vida é magica por isso.
Abraço, Sol, bom fim de semana!

21 de agosto de 2021 às 14:26  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso. Amei!
.
Isto de ser Avó...é amar duplamente.
.
Beijos e um bom fim de semana

21 de agosto de 2021 às 16:28  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Memórias que permanecem eternamente no coração.
Sentido e belo soneto
Beijinhos

21 de agosto de 2021 às 17:57  
Blogger Roselia Bezerra disse...

Boa noite de sábado, amigo Sol da Estevas!
Por aqui, o poeta não envelhece sua mente e só nos oferta poesias preciosas em base à realidade do seu viver.
Gosto de memórias das coisas boas.
Uma bonita reminiscência existe sempre na amizade verdadeira, não interesseira.
Tenha um domingo abençoado!
Abraços fraternos

21 de agosto de 2021 às 19:01  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol,
Quantas memórias guardamos no nosso coração!
São apenas lembranças, pois tudo passa como um virar de página do livro da vida.
Vamos viver um dia de cada vez
Adorei o que escreveu
Há tantos que nascem sem vida, então fomos privilegiados de ter nascido e hoje muitas reminiscências.
Beijos no coração
Lua Singular

21 de agosto de 2021 às 22:06  
Blogger Gracita disse...

Bonitas memórias eternizadas no coração advindas de um sentimento de verdadeira amizade
Lindo soneto meu amigo
Beijinhos

21 de agosto de 2021 às 22:38  
Blogger Marli Soares Borges disse...

Lindo poema! Adorei ler!
As conexões estão presentes em toda a nossa vida.
Bjs
Marli

21 de agosto de 2021 às 22:42  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol
Adorei sua bela e justa poesia.Só o que nos resta são as lembranças que nos fez feliz por muitos anos.
Tivemos memórias e tem muitas pessoas que não as teve.
Beijos no coração
Lua Singular

22 de agosto de 2021 às 02:21  
Blogger SARA disse...

Adorei lindo as nossas memórias ás vezes nos traem pelo menos isso se passa comigo algumas bem dolorosas mas temos que seguir em frente um dia de cada vez um bjo e um lindo domingo😘🥰

22 de agosto de 2021 às 13:42  
Blogger madrugadas disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

22 de agosto de 2021 às 17:09  
Blogger madrugadas disse...

Mais um grito nas memórias que nos fizeram amigos. Guerras que fizeram homens. Muitos morreram e tantos, tantos mutilados que na vida sofreram. Memórias que, como nós ex-combatentes, lentamente agonizamos no tempo do esquecimento.

22 de agosto de 2021 às 17:14  
Blogger Olinda Melo disse...

Cantanhez.
Lugar da guerra mas também de camaradagem e do nascimento
de grande amizades. O tempo passa, mas a memória fica. Dos
bons e maus momentos.

Adorei essa sua incursão no passado e essa recordação a que
dá muito valor, amigo Sol da Esteva.

Abraço
Olinda

23 de agosto de 2021 às 13:19  
Blogger Teresa Isabel Silva disse...

Belas palavras!
Aproveito para desejar uma boa semana!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

23 de agosto de 2021 às 20:17  
Blogger Rajani Rehana disse...

Mind blowing blog

24 de agosto de 2021 às 10:11  
Blogger Maria Lucia (Centelha) disse...

Melancólico e saudoso soneto que versa com beleza e lirismo a alma desse poeta que admiro.
Grande abraço. Beijinho, Sol da Esteva!!

25 de agosto de 2021 às 13:38  
Blogger Sinval Santos da Silveira disse...

Amigo Poeta, SOL DA ESTEVA !
Que nobreza de gratidão !
Transformada em Poesia, transforma-se numa
Oba de Arte !
Parabéns pelo belíssimo texto.
Um frternal abraço, aqui do Brasil, e um
ótimo final de semana !
Sinval.

27 de agosto de 2021 às 03:01  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial