SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 16 de março de 2019

Um dia será contigo




O que vier, há-de vir
Pela vontade Suprema.
Se eu tropeçar e cair
Não é, por certo, sistema.

Pode fazer sorridente
Algum passante da vida
Que nos seja indiferente
Numa página esquecida.

Ri-se! Assim é a gente
Que em si mesma não sente
A dor que a outro avassala.

Um dia, será contigo.
Precisarás dum amigo
E não o encontras na escala.



SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

17 Comentários:

Blogger Gil António disse...

Soneto maravilhoso. Encantador pela sua simplicidade de palavras mas de uma enorme grandeza de versos.
.
Um Sábado feliz
.
** Lágrimas, frios pingos de saudade ( Poetizando e Encantando ) **

16 de março de 2019 às 09:06  
Blogger Jaime Portela disse...

Uma grande verdade, já que um dia tocará a todos...
Excelente soneto, gostei imenso.
Caro amigo, um bom fim de semana.
Abraço.

16 de março de 2019 às 11:51  
Anonymous alfacinha disse...

As pessoas são assim e não têm consciência de que pode acontecer a todos
Abraço

16 de março de 2019 às 12:33  
Blogger Cidália Ferreira disse...

Um poema muito bonito!!

Fazes-me, reviver, e saborear a felicidade. [Poetizando e Encantando]
Beijo e um bom fim de semana!

16 de março de 2019 às 14:35  
Blogger Paula McGill disse...

Amei! Tao verdade!!!

16 de março de 2019 às 17:09  
Blogger CÉU disse...

Olá, amigo Sol!

É verdade! A dor, a infelicidade e a falta de amor toca a todos, embora pensemos que só acontece aos outros.

E qdo a situação surge, caímos e não há ninguém k nos dê a mão, pke está toda a gente ocupada, e os ditos amigos têm sempre coisas inadiáveis para fazer. Enfim, ficamos sós, carregados de problemas, mas isto passa por todos, feliz ou infelizmente.

Gostei da imagem, foto, que postou. Uma ave sozinha, repito, sozinha, no cimo de um gradeamento.

Beijos e boa semana.

16 de março de 2019 às 22:07  
Blogger Hada de las Rosas disse...

Ola, amigo, que tal! Nunca riamos do caido, verdad? Estamos todos neste mundo e a roda, roda e roda...
Saudacoes, sabio Poeta!

17 de março de 2019 às 00:58  
Blogger Olinda Melo disse...

Bom dia, Sol

É mesmo. Normalmente pensamos assim: aquele que não nos ajuda poderá ou deveria vir a sofrer o mesmo tratamento. Contudo, há os imponderáveis da vida. Nunca se sabe. Por exemplo, quando fazemos bem a alguém o "pagamento" poderá incidir sobre outra pessoa, completamente desconhecida. Penso que formamos uma cadeia de amor com as nossas boas acções. Aliás, acho que já li qualquer coisa sobre isso.

Abraço

Olinda

17 de março de 2019 às 09:18  
Blogger lua singular disse...

Oi Sol
Poesia linda e real
Dificilmente uma pessoa que sempre foi cortês, com certeza encontrará uma "alma boa" que o irá ajudá-lo.
Saudades dos seus emails.
Beijos no coração
Lua Singular

17 de março de 2019 às 13:45  
Blogger Elio disse...

Ancora una bella poesia e ti complimento per trovare ogni volta un testo talmente valido. Non potendo scrivere nella tua lingua, sono sicuro che gli altri potranno farti migliori complimenti, ma, credimi, mi piace molto leggerti anche se attraverso il traduttore. Buona serata domenicale.

17 de março de 2019 às 17:07  
Blogger Gracita disse...

É tão triste e doloroso quando estamos numa situação desfavorável não encontrarmos sequer uma mão estendida.
Mas a vida é sábia e lá na frente dá o seu recado para todos aqueles que se riram de nós
Um grande abraço amigo Sol

17 de março de 2019 às 19:49  
Blogger Luis Coelho disse...

Não quero comentar a dor que se sente quando nas horas mais tristes não temos nem a sombra ou a semente de um carinho que nos alimente.

17 de março de 2019 às 22:27  
Blogger Mariazita disse...

Com um dedo apontado ao egoísmo que grassa em todo o lado... o teu poema parece-me um grito de revolta.
A justiça divina fará com que aqueles que não estendem a mão dificilmente receberão solidariedade (será?).

Dias felizes, sem tropeços nem quedas (como a que dei ontem...😒) te desejo.

Desejo uma semana feliz
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS


18 de março de 2019 às 11:05  
Blogger Larissa Santos disse...

Poema fantástico :))

Hoje:- Mesmo que faltem as forças, eu vou...

Bjos
Votos de uma óptima Segunda- Feira.

18 de março de 2019 às 13:10  
Blogger Maria Rodrigues disse...

Sentido e belo soneto.
Beijinhos
Maria
Divagar Sobre Tudo um Pouco

20 de março de 2019 às 22:03  
Blogger Diná Fernandes disse...

Olá amigo Sol
É fácil rir-se da situação do outro, diz o velo adágio> "hoje é meu dia, amanã sera o teu". Gistei dos sentidos versos.
Bjs no coração amigo.


21 de março de 2019 às 17:08  
Blogger Fá menor disse...

Assim é, mesmo! Muito belo poema.
Sigamos, pois, em frente, sem medos do caminho!

Beijinhos, amigo Sol.

22 de março de 2019 às 13:54  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial