SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Arco-íris







Lá fora, chove mansamente;
O ar tem odor dos caminhos.
Na terra, estranhos baguinhos,
Gotas de água e pó, semente...

A chuva, caprichosamente,
Estica os dedos pequeninos,
Molha-os em sol, de raios finos,
E cria um halo sobre a gente.

E eu, aqui, desde o meu mundo,
Olho o vapor que se alevanta
Da terra, sofrida do calor…

Minha Alma? Sinto-a sem fundo,
Quando a Natureza me encanta,
Com mais este gesto de Amor.



SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

34 Comentários:

Blogger Gracita disse...

Oi Sol
Ser acariciado pela beleza do arco íris é uma dádiva maravilhosa. “A amizade é fundamental em nossas vidas. Por isso agradeço a Deus pelas pessoas que ocupam um lugar especial em meu coração. Você é uma delas! Obrigada por seu carinho” E para estreitar os laços da nossa amizade estou lhe oferecendo um singelo mimo. Acesse aqui... http://gracitamensagens.blogspot.com.br/2014/01/o-valor-de-uma-amizade.html e pegue o seu. Tenha um lindo final de semana.
Beijos com afeto
Gracita

1 de fevereiro de 2014 às 01:47  
Blogger Olinda Melo disse...

Um canto à Natureza,à sua beleza, ao seu mistério.
Um gesto de amor!

Abraço

Olinda

1 de fevereiro de 2014 às 02:06  
Blogger Célia Rangel disse...

Na beleza natural de um arco-íris vejo o seu renascer mansamente como a encantadora chuva que purifica nossa alma! Singelo e muito belo o seu poema!
Abraço.

1 de fevereiro de 2014 às 02:53  
Blogger Jossara Bes disse...

Querido Sol,
Se você soubesse o quanto de encanto tenho pelo arco Iris...
Sua bela poesia me faz ouvir o tamborilar da chuva no telhado,
me envolve a leveza de sua palavras!
Felicidades, querido poeta!
Beijos!

1 de fevereiro de 2014 às 11:22  
Blogger São disse...

O seu soneto fez-me lembrar Florbela Espanca.

Conhece aquele das árvores sem gota de água?---

Abraço, meu Amigo

1 de fevereiro de 2014 às 17:05  
Blogger Magia da Inês disse...

¸.•°♪♬♫º°
Passei para uma visitinha.
Esse canto à natureza, faz tão bem à alma!

°º✿♫ Bom fim de semana!
°º✿ Beijinhos.
º° ✿✿ ♫° ·.Brasil

1 de fevereiro de 2014 às 17:37  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Sol. Que soneto mais encantador!
A natureza faz maravilhas ao nosso redor, das mais belas às mais simples!
Realmente a nossa alma fica pequena em meio ao cenário magnífico criado por Deus, contado brilhantemente em poesia por você.
Tenha um abençoado fim de semana de paz!
Beijos na alma!

1 de fevereiro de 2014 às 17:43  
Anonymous Anónimo disse...

Lindo!
Olhos bonitos, que viram a chuva e o Sol como criadores que são e embelezadores dos dias.
Gostei muito muito!

Abraço fraterno meu amigo Sol!

F.M.

1 de fevereiro de 2014 às 18:57  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol
Eu aqui derretendo de calor e muitos lugares gelados, mas mesmo assim todos tem por dentro um coração aquecido ao fazer ou ler um bela poesia como a sua. Oh! O lindo arco-íris, quanto tempo que não vejo.
Parabéns pela sua linda poesia
Beijos
Lua Singular

1 de fevereiro de 2014 às 19:11  
Blogger eduardo maria nunes disse...

Amigo Sol da Esteva.
Tenho orgulho em ser alentejano,
Nasci na Península Ibérica
Tenho a certeza não há engano
Já passei na Marateca.

Com estas quadras venho aqui,
Bom fim de semana lhe desejar
Amigo Sol da Esteva, assim escrevi
Estas simples palavras a rimar!

À nossa amizade,
Mesmo sendo virtual.
À sua continuidade
Verdadeira em Portugal
Boa noite, um abraço
Eduardo.

2 de fevereiro de 2014 às 00:15  
Blogger Rita disse...

Se depois da chuva vem o arco-iris
depois dele vem sua sabedoria para fazer
seus belos poemas que adoro lindo mesmo

Abraços de bom domingo
Bjusssss

___________Rita!!!

2 de fevereiro de 2014 às 11:46  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Extraordinário soneto cheio de música e encanto.
O arco íris é sempre um bonito momento e envolvente onde as cores em forma de meio arco alegram os olhos dos amantes da natureza.
Um abraço cá do Algarve.

2 de fevereiro de 2014 às 18:14  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
A NATUREZA, A CADA MOMENTO NOS BRINDA COM GESTOS DE AMOR, QUE NEM SEMPRE OS NOTAMOS...
MAS, TEUS VERSOS, LINDOS, SENSÍVEIS, NOS LEVAM A MEDITAR SOBRE ESTAS DÁDIVAS.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

2 de fevereiro de 2014 às 23:08  
Blogger lis disse...

Oi Sol
Depois de um descanso merecido e muito calor por aqui nesse verão brasileiro, volto aos amigos ,
Obrigada por compartilhar um poema que me transmite um dia lindo de chuva_ tudo que preciso! rs
abraços Sol e boa semana

3 de fevereiro de 2014 às 04:21  
Blogger Cris Bo disse...

Palabras hermosas impregnadas de naturaleza!
Un placer pasar a leerte, buen comienzo de semana, besos!

http://sombriabelleza.blogspot.com/

3 de fevereiro de 2014 às 04:37  
Blogger LUZ disse...

Olá, querido Sol!

Como tem passado?

Um bonito soneto, onde é apreciada a beleza e a movimentação da natureza.

Que bom estarmos vivos e conscientes, para podermos admirar tudo isto.

Semana feliz.

Um beijo, com estima, da Luz.

3 de fevereiro de 2014 às 11:23  
Blogger Evanir disse...

Querido amigo Sol.
Lindo poema na verdade poema e poemas seus que sempre amei de verdade
hoje com minha grande corrida atras da sobrevida
me afastou um pouco daquilo que mais amo .
Um amigo como você vive vivo no meu pensamento
assim como vivera pra sempre junto de vc minha pequena parte que sempre foi minha vida.
Quem sabe Sol amigo eu ainda não consiga fazer uma história feliz para meus dias.
De todo coração te desejo uma abençoada semana
ainda é o Sol que aquece meu coração ..Sol meu grande amiga..
Evanir.

3 de fevereiro de 2014 às 13:29  
Blogger La Gata Coqueta disse...



Si en algún momento la melancolía
llama a nuestra ventana recordemos:
que siempre habrá un pájaro que nos cante,
un niño que nos sonría y una mariposa
que nos brinde su belleza…
…y el paisaje cambiará de color.

¡¡Feliz mes del amor y la amistad!!

En "Mis caricias del alma" he dejado unos presentes,
si te apetece verlos por si alguno te pudiera encajar,
lo dejo en tus manos. Gracias!!


Un abrazo
con el rocío del afecto.


Atte.
María del Carmen


3 de fevereiro de 2014 às 21:35  
Blogger Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

Mais um belo momento, neste poema cheio de magia, como a que a natureza encerra.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

3 de fevereiro de 2014 às 23:45  
Blogger Mariazita disse...

Meu querido amigo SOL
Agradeço a tua opinião, para mim muito importante, já que vem de um poeta que tanto admiro.
Este belo soneto, e a foto que o encima, fizeram-me pensar que na vida nem tudo é "fosco", também há momentos luminosos.
Por entre os raios de chuva, tantas vezes enfadonha, surge um lindo arco-íris.
Assim vai renascendo em nós a esperança de lindos dias de SOL :)

Dias felizes te desejo.
Beijinhos

5 de fevereiro de 2014 às 08:53  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um soneto a descrever um belo momento.
muito bonito!
boa semana.
beijos

:)

5 de fevereiro de 2014 às 09:51  
Blogger Teresa Almeida disse...

O Sol entreabriu-se e tu apanhaste um raio de alegria. Gostei mesmo!
Beijinho.

5 de fevereiro de 2014 às 22:38  
Blogger Lilá(s) disse...

Um belo momento que a natureza proporcionou, e inspirou o poeta!
Bjs

5 de fevereiro de 2014 às 23:46  
Blogger Manuel disse...

Um belo momento de nostalgia,
O encanto da natureza, que te inspira, deu motivo para um belo soneto.
Um abraço

6 de fevereiro de 2014 às 13:12  
Blogger Gracita disse...

Oi Sol
A exuberância da natureza trazendo lirismo ao teu intenso poetar. Divino!!!1
Beijos no coração

6 de fevereiro de 2014 às 22:22  
Blogger Evanir disse...

Amigo So.
Venho agradecer suas palavras de carinho no blog da Gracita
sabemos o real valor de uma amizade.
Tenho por você um enorme carinho
me sinto feliz em saber que tem contigo um livro que marcou minha vida pra sempre.
A felicidade de ter amigos de verdade não tem preço nem distância
eu recebi em minha casa uma escritora de Portugal.
Na minha vida já tive varias emoções mais cada uma delas me assusta pela intensidade.
Um feliz final de semana .
Beijos com carinho.
Evanir.

6 de fevereiro de 2014 às 23:14  
Blogger La Gata Coqueta disse...




Si quieres la luna, no te escondas de la noche.
Si quieres una rosa no huyas de las espinas.
Si quieres amor, no te escondas de ti mismo…

Un abrazo lleno de energía positiva,
para celebrar a tu lado
con alborozo el fin de semana.


Atte.
María Del Carmen



6 de fevereiro de 2014 às 23:32  
Blogger Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

Passando para deixar um beijinho e desejar um bom fim de semana.

Sonhadora

7 de fevereiro de 2014 às 19:25  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol,
Obrigada pelo carinho
Beijos
Lua Singular

7 de fevereiro de 2014 às 20:04  
Blogger Pérola disse...

Duma delicadeza comovente o soneto.

Parabéns.

O dom é evidente, parabéns.

Beijinhos

7 de fevereiro de 2014 às 22:21  
Blogger eduardo maria nunes disse...

Pensamentos, desejos e vontades!
Tudo de muito bom não impensável
Sonhos voam e matam as saudades
Do tempo passado, não recuperável

Pela visita, obrigado amigo Sol da Esteva,
desejo para você um bom fim de semana, um abraço,
Eduardo.

7 de fevereiro de 2014 às 23:08  
Blogger Canto da Boca disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

11 de fevereiro de 2014 às 02:20  
Blogger Canto da Boca disse...

Hoje eu fui circunvalada pelo arco-íris, da minha casa até ao meu trabalho, como se a energia vital das cores, me envolvesse e me guardasse das maldades do mundo...

11 de fevereiro de 2014 às 02:22  
Anonymous Anónimo disse...

Lindo poema e como é bela a natureza com o seu arco-íris.

11 de fevereiro de 2014 às 14:51  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial