SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 22 de dezembro de 2012

Lar de Natal







 

Vive-se, hoje, o Natal
(Porque o é todo o dia)
Precioso e natural
Na criação de alegria.

Quem não recorda, o que traz
Uma pontinha de Esperança?
A uns, alegra-os a Paz.
A outros, volta a criança

Com sonhos de encher o peito,
Que se alongam na Vigília
Em ânsias que andam no ar...

Mas, também, sinto um defeito:
De tantos os, sem Família,
Que apenas sonham um Lar.



 


SOL da Esteva

Etiquetas: , ,

26 Comentários:

Blogger António Bernardo disse...

Mas,também,sinto um defeito:
De tantos os,sem Família,
Que sonham apenas um Lar.


Triste realidade nos tempos de hoje.
Boas Festas "SOL"

22 de dezembro de 2012 às 05:55  
Blogger Célia Rangel disse...

Sei que o Natal é uma data histórica! Religiosa e transcendental! Mas, vejo muita hipocrisia... Para uns tanto, para muitos pouco! Se restringirmos apenas à doações natalinas, o que seremos no amanhã "histórico-cristão" de cada um de nós? Fico em reflexão...
Bj. e seja feliz, Sol, sempre!
Célia.

22 de dezembro de 2012 às 12:27  
Blogger BlueShell disse...

Sublime


Um Feliz Natal
Desejo de Muito Amor, Luz e Paz…e que o resto venha atrás
BShell

22 de dezembro de 2012 às 12:38  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Deste meu cantinho, que é o Algarve, também te desejo um Santo e feliz Natal, extensivo à tua família.
Teu poema invoca o momento do Natal, momento de paz, de alegria e de partilha.
Que pelo menos, nesta quadra natalícia, haja paz, amor e fraternidade.
Cumprimentos.

22 de dezembro de 2012 às 13:21  
Anonymous Anónimo disse...

Meu caro e distinto Amigo, Companheiro e Camarada

Não sou dos que dizem, por machismo latino (bacoco), que não gosta de Poesia e depois ás esconsas faz como eu, nem dos que querem fazer crer que a Poesia é para Mulheres (que, aqui, quero Homenagear por tal sensibilidade assumida), estão redondamente enganados e provam-no nos números que ontem estimaste.
Eu apenas sou um dos mais de duzentos e oitenta mil que por aqui vêm, lê, medita e acerta as suas convicções e sentimentos.

Foi celebrado, há uns dias, o aniversário da morte de Florbela Espanca. Quase se não falou nisso.
É que, Poetas, nem os mais consagrados são notícia.

Foste, já nos tempos da EPI-Mafra, um indivíduo invisível dentro dos Grupos onde te integravas; não aparecias, a não ser na sombra de ti mesmo.

Se, por um lado isto te pareceu confortável, pelo outro era silenciosamente apreciado, por esse teu passar despercebido.

Ainda o és assim, felizmente!

Compreendo o binómio que aparelha o teu nome com o de SOL da Esteva que assumes na Poesia, aprecio-o pelo que sei de ti e respeito em ambos os nomes; mais tarde ou mais cedo terás que desvendar o que se assemelha a um mistério de identidades.

Os antigos Companheiros (pelo menos os de Armas), se fossem suficientemente argutos já o teriam associado e descoberto.

Disse-te, ontem, que deverias passar a Papel a tua Obra, que não desmerece, em nada, a comparação com aqueles que consideras as tuas referências: Florbela e Pessoa.

Escutei as tuas razões, reafirmei e reafirmo esse dever de deixar a tua Obra por escrito.

Alguns dos Comentários fazem, também, essa recomendação e, incrível, até um estrangeiro (Élio -creio seja italiano, pela línguagem do seu Comentário) faz tal referência.

Sabemos, ambos, que as Editoras não ousam tomar a iniciativas, mas, pelo menos consulta, negoceia, age…

Decidi-me deixar este Comentário/desabafo (e não o tradicional Mail) para enaltecer o Espírito (que é o teu) de que os "companheiros de rota" são a preocupação que te assola.

Este Poema, muito conseguido e acertado, é um atestado e referência a esse sentido de humanidade e solidariedade.


Abraço

C. Guimarães

22 de dezembro de 2012 às 14:04  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

pois é meu amigo,
triste realidade dos que sonham um lar...e é apenas sonho...

gostei do soneto.

Bom Natal

beijo

22 de dezembro de 2012 às 18:46  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol!
O seu soneto é um grito de alerta, mudou-se o sentido do Natal. A maioria das casas só tem bebedeira e nenhuma oração. É o nascimento de Jesus que veio por ordem do Seu Pai para nos salvar e o que aconteceu com Ele? Foi crucificado e morto e ainda perdoou a todos nós.
Já se foram os bons natais em família, as orações, as igrejas repletas de pessoas vestidas adequadamente fazendo suas orações. Era um vizinho ajudando o outro e as crianças não sabiam o que iriam ganhar do Papai Noel. Tudo mudou para pior.
Beijos
Lua Singular

22 de dezembro de 2012 às 20:50  
Blogger Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

Que todos os teus dias sejam Natal e do coração nunca se apague o sol
Que todos os momentos sejam plenos de felicidade...amor e esperança
Que todos os sonhos se transformem em realidade com a força do amor
Que o espírito do verdadeiro Natal renasça nas mãos de uma criança

Os meus votos de Feliz Natal junto de todos que te são queridos e
que a felicidade e o amor estejam sempre presentes na tua vida.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

22 de dezembro de 2012 às 21:54  
Blogger Simone MartinS2 disse...

"Então é Natal,
e os dias, passam
sempre com uma dose
a mais, de Amor, Solidariedade,
e muitas poesias...
Assim, é a VIDA!"

Passando para deixar meu
carinho e um muito obrigado
pela atenção e amizade comigo.
FELIZ NATAL REPLETO DE LUZ E BENÇÃOS!

23 de dezembro de 2012 às 13:17  
Blogger edumanes disse...

Natal é alegria
Há prendas para as crianças
Que não lhes falte noutro dia
No futuro melhores esperanças!

Desejo para você, e para toda
a sua família um feliz natal.

Um abraço
Eduardo.

23 de dezembro de 2012 às 23:04  
Blogger lis disse...

Oi Sol
Venho abraçá-lo e deixar os votos de um Feliz Natal
Obrigada pela atençao e por tão lindos poemas,
um lindo 2013

24 de dezembro de 2012 às 02:02  
Blogger Olinda Melo disse...


Caro Sol

Alegria e esperança para todos os que sofrem de solidão é o que desejo, fazendo eco ao seu soneto.

Um Bom Natal,com muita saúde e alegria, ao lado da Família.

Grande Abraço

Olinda

24 de dezembro de 2012 às 02:33  
Blogger Everson Russo disse...

Que o Natal seja de muita paz e felicidade e um momento de reflexão pra você e toda a sua família,,,abraços fraternos de Feliz Natal.

24 de dezembro de 2012 às 11:47  
Blogger Cristina disse...

Te deseo lo mejor para vos y los tuyos en este 2013!
Que estas fiestas sean motivo de muchas felicidades, junto a nuestros seres más queridos, compartiendo con ellos un momento de esos que quedan grabados para siempre, repleto de alegría, risas, anécdotas, abrazos y deseos de felicidad.
(⁀‵⁀,) ✫✫✫
.`⋎´✫✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫
✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫✫
.•°*”˜˜”*°•.✫✫✫ FELICES FIESTAS!
Cristina.

24 de dezembro de 2012 às 19:07  
Blogger CamilaSB disse...

Precioso, natural e terno é também o seu poema de Natal Sol, gostei muito dos lindos versos e da bela imagem :)
Bem-haja pelo carinho amigo... desejo-lhe muita saúde, luz, paz, amor e alegria, para si e para toda a sua família!
Um abraço e um beijinho carinhoso!

25 de dezembro de 2012 às 05:41  
Blogger Magia da Inês disse...

♫♫♫.•*¨`*•..¸ ☼ ¸.•*¨`*•.♫♫♫.
Que esse seja o momento
de repensar tudo o que fizemos
e desejamos.
Beijinhos.
Brasil

¸.•°☆⊱彡
HAPPY NEW YEAR!!!!

╔═════════ ೋღღೋ ══════╗
ೋ ~~ FELIZ ANO 2013~~ ೋ
╚═════════ ೋღღೋ ══════╝

26 de dezembro de 2012 às 12:27  
Blogger Manuel disse...

Um belo poema com uma grande mensagem.
De facto, o Natal, não é para todos e, só a ajuda de alguns consegue minimizar o sofrimento de tantos.
Um bom 201.

26 de dezembro de 2012 às 14:08  
Blogger Evanir disse...

Com muita alegria venho agradecer
pelo seu carinho na Noite de Natal.
Com fé amor e esperança haveremos
de festejar juntos o ano novo
que se aproxima .
Minha minha última postagem de 2012
será postada Dia 28 de Dezembro.
Hoje só postei agradecimento pelo
carinho de Natal.
Dia 28 farei a última postagem
no decorrer do último Dia do Ano
só entrarei Dia 31 para avisar quem foi o ganhador
do meu livro.
Um Do Brasil outro de Portugal.
Ainda esta em tempo basta pegar o selinho
e avisar no blog .
Beijos no coração carinhos na alma.
Evanir..Sol me envia email evanir_garcia@hotmail.com
Quero saber de si amado.

26 de dezembro de 2012 às 16:44  
Blogger La Gata Coqueta disse...



Mi querido amigo, te deseo que la esperanza y la ilusión sean tus compañeros de viaje en este nuevo año que comienza.

Un abrazo de madreselvas recién coratadas para que su aroma llenen de luz tus días.

Atte.
María Del Carmen

27 de dezembro de 2012 às 10:45  
Anonymous David C. disse...

Que tengas un gran 2013!

27 de dezembro de 2012 às 12:00  
Anonymous irene alves disse...

Amigo o melhor 2013 possível
e que nos continuemos a visitar.
Um abraço
Irene Alves

27 de dezembro de 2012 às 15:51  
Blogger Carolina disse...

Beijo enorme, querido amigo, sensivel amigo! maravilhosa poesia.!

27 de dezembro de 2012 às 16:15  
Blogger vieira calado disse...

Olá, boa noite, como está?

São sempre bem vindos os poemas a esta quadra!

Venho desejar-lhe um Bom Novo Ano de 2013.

Saudações poéticas!

*** não se chegou a ler os meus dois poemas de Natal: un, na poesia, o outro em Lagos.cidade.
Um forte abraço.

27 de dezembro de 2012 às 21:54  
Blogger Simone Poesias disse...

Olá meu amigo!
Grata por tuas palavras lá no blog. Acontece que até tentei fazer poesias falando de outros temas... mas não consigui... meu negócio era mais para o amor mesmo rsrs. Vou dá um tempo, quem sabe os versos aparecem novamente. O blog não será excluído, vou colocá-lo em 'privado' apenas.
Vou continuar te visitando como sempre fiz, pois adoro seus poemas.
Um beijão no ♥ e que 2013 seja muito feliz para você e toda a sua família!!

27 de dezembro de 2012 às 22:15  
Blogger ONG ALERTA disse...

Um ano novo cheio de sonhos, beijo Lisette.

28 de dezembro de 2012 às 00:12  
Blogger Carolina disse...

(⁀‵⁀,) ✫✫✫
.`⋎´✫✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫
✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫✫
.•°*”˜˜”*°•.✫✫✫ Feliz Ano Novo, Esteva. felicidade, amor a voce e sua familia! sempre en meu coracao.

28 de dezembro de 2012 às 17:57  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial