SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 8 de outubro de 2011

Felicidade



Eu tacteio na noite da Vida,
Porque quero ter, da morte, o sonho
Esvaído, bem triste, bisonho,
De fumos da Esperança perdida.

Sinto, infinda e fria, esta tristeza
Alagada por lágrimas de dor,
Rolando no rosto já sem cor,
Caiado da morte, com certeza.

Foram dias... anos... que passaram,
Do golpe cruel que nos matou.
Morri, mas levei recordações,

Daqueles momentos que sobraram,
Gravados em algo, que abrigou
O resto das minhas ilusões.



SOL da Esteva

Etiquetas: ,

43 Comentários:

Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Um poema apresentando dor exposta.

Mas seja através de palavras ou de imagens, da nossa vida ou de outros, dos nossos pontos de vista ou sentimentos, são sempre uma sinfonia que soa aos ouvidos como sendo a mais perfeita orquestra!

Abraço

8 de outubro de 2011 às 09:57  
Blogger Luar disse...

A felicidade no contraste da dor.
Memórias, ilusões um sentir contraditório.
Somos o que somos, pelas experiências que vivenciamos.
Sempre em alta,Sol!

Beijinhos

8 de outubro de 2011 às 11:52  
Blogger Leninha disse...

Amigo querido,boa tarde!!!

Quanta amargura vislumbrada,quantos contrastes de sentires...ilusões,sonhos,esperanças,és a soma de tuas experiências que se fundem e o simbolismo desta rosa negra(luto?)nos incita a pensar e repensar nossos valores tão vãos e passageiros.

Um lindo fim de semana.
Bjssssss,
Leninha

8 de outubro de 2011 às 13:10  
Blogger Evanir disse...

Com infinita saudades venho ter ler com muito carinho.
Um poema com um sentido real de alguém que ama,
e sofre pela ausência pela perda ou medo de perder.
Toda essa amargura feita em um poema lindo porém triste,
pois me faz ver os verdadeiros valores da vida.
Um carinhoso beijo.
Um feliz final de semana.
Evanir

8 de outubro de 2011 às 13:50  
Blogger Célia disse...

Se é possível, na tristeza depararmo-nos com "Happy day"... é este seu poema apresentado a fórmula para valorizarmos alegrias e tristezas que povoam nossas mentes e corações! No sentimento, meu abraço, Célia.

8 de outubro de 2011 às 14:07  
Blogger Anita de Castro disse...

Uma saudade sem fim e uma luz
Meu abraço de sempre Anita

8 de outubro de 2011 às 15:21  
Blogger ANTÓNIO SANTOS (TOMANEL) disse...

Sempre o mesmo SOL...
Transformando um dia triste num dia cheio de felicidade ou quiça, numa mistura dos dois.
A saudade que guardas dentro do teu coração deve ser uma saudade eterna... que agarraste e a transformaste em felicidade.
Um fim de semana radiante dessa felicidade,
do amigo cá do Algarve.
Tomanél

8 de outubro de 2011 às 15:48  
Anonymous Anónimo disse...

Caro Amigo Sol

Prefiro vê-lo sonhador, mas sei que muitas vezes estamos mais cépticos, às vezes até sem razão.
Espero que seja esse o caso.

Que tenha um bom fim de semana.

Saudações amigas

Felismina Costa

8 de outubro de 2011 às 16:19  
Blogger El Sentir del Poeta disse...

Querido Amigo, aunque no entre a mis blog
Por motivos muy justificados, no te olvido.
♥₡ღ♥…♥Estas en mi corazón♥…. ♥ღ₡♥
........(░(¯`:´¯)░)
......(░(¯ `•.\|/.•´¯)░)
....(░(¯ `•.(█).•´¯)░░(¯`:´¯)░)
......(░(_.•´/|\`•._)(¯ `•.\|/.•´¯)░)
.........(░(_.:._).░(¯ `•.(█).•´¯)░)
........(░(¯`:´¯)░)...(░(¯`:´¯)░)
....(░(¯ `•.\|/.•´¯)░░(¯ `•.\|/.•´¯)░)
...(░(¯ `•.(█).•´¯)░(¯ `•.(█).•´¯)░)
....(░(_.•´/|\`•._)░░(_.•´/|\`•._)░)
.......(░(_.:._)░)...(░░(_.:._)░)
.........(""""""""""""""""""""""""""”)
...........(♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥)
............(♥ҳ̸Ҳ̸ҳ♥ҳ̸Ҳ̸ҳҳ̸Ҳ̸ҳ♥ҳ̸Ҳ̸ҳ♥)
............(.ҳ̸Ҳ̸ҳ♥ҳ̸Ҳ̸ҳ♥ҳ̸Ҳ̸ҳ♥ҳ̸Ҳ̸ҳ)
...............(░░░░░░░░░░)
.................(░░░░░░░░░)
...........(۩۩۩۩۩۩۩۩۩۩۩۩۩۩۩
♥ღϠ₡ღ♥.......GRACIAS.......♥ღϠ₡ღ♥
Hoy tengo un poco de tiempo
Y quise aprovecharlo para
Acompañarte y decirte que
Estas en mi corazón.
Este no es un comentario spam
Es mi agradecimiento a tu Amistad.
Besitos para ti, que Dios te bendiga
T e deseo un hermoso fin de semana.
♥ღϠ₡ღ♥......Noemi......♥ღϠ₡ღ♥

8 de outubro de 2011 às 16:48  
Blogger Nati Caetano disse...

OLá amigo Sol.Divina sua poesia.Amigo vim aqui com mt pressa,somente para deixar meu carinho e a minha amizade.Bjs e um ótimo final de semana.Beijos no seu coração.

8 de outubro de 2011 às 17:20  
Blogger Janita disse...

É tão triste este poema, SOL!

Gosto, quanto antevo alguns laivos de esperança, mesmo que os versos sejam tristes.
Nestes só há desencanto. Espero que eles não reflictam o teu estado de espírito, o que é quase impossível, uma vez que, dizem, o poeta escreve o que sente.

SOL, esqueci-me de te avisar que não estou conseguindo comentar em muitos blogues, por isso o tenho feito como anónima. Acho que tu entendeste isso. Parece-me que descobri uma maneira, vamos se dá.
Beijinhos SOL e bom fim-de-semana.

Janita

8 de outubro de 2011 às 17:35  
Blogger Jossara Bes disse...

Sol Querido!

Seja qual for o motivo, de minha parte não precisa se desculpar, sinto sua falta!
Você escreve "lindamente"
Que os anjos te cuidem!
Beijos!

8 de outubro de 2011 às 19:48  
Blogger Dora Regina disse...

Sol, esta poesia relata um pouco dos sentimentos que nos norteiam quando amamos alguém. Os sentimentos são tão grandes que às vezes até perdemos a noção da vida. Amar alguém é como viver no paraíso, é estar nas nuvens, é estar em algo transcedental!!! Um abraço, bom fim de semana!

8 de outubro de 2011 às 20:10  
Blogger Tunin disse...

O soneto é um tanto melancólico, mas traz uma linda poesia em seus versos. Abração, Sol!

8 de outubro de 2011 às 21:47  
Blogger Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

Um poema eterno.

Um abraço.

8 de outubro de 2011 às 22:26  
Blogger Lilá(s) disse...

Últimamente os teus poemas são tristes!
A saudade parece muita mas eterna.
Bjs

8 de outubro de 2011 às 23:21  
Blogger MARILENE disse...

Triste, mas traduzindo a realidade de quem guardou lembranças por longo tempo e se sentiu morto ao perder a ilusão.
Encantamento puro! Impossível não nos envolvermos em grandes sentimentos, ao ler seus versos.
Bjs.

8 de outubro de 2011 às 23:54  
Blogger Su disse...

querido poeta Sol...

embora a tristeza esteja no poema, o amor vivido ainda se faz presente em suas palavras e nos sentimentos que levaram consigo esse amor inesquecível...

às vezes amar é assim...

mas ainda acredito que sempre vai valer a pena ter amado...

um lindo final de semana pra ti e para os teus aí.

beijinhos e obrigada pelo seu carinho sempre!

Su.

9 de outubro de 2011 às 00:59  
Blogger Ivana disse...

Somente o tempo para amenizar a dor. Um domingo cheio de paz e alegria. Bjs

9 de outubro de 2011 às 04:45  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um soneto denotando uma certa tristeza, mas, muito bem construído.

bom fim de semana!

beij

9 de outubro de 2011 às 11:26  
Blogger Amandio disse...

Ola Sol.
Quem tem o dom de fazer algo triste ser bonito você brinca com as palavras dando-lhes sentimentos, um abraço!
E em nome do Clube dos Novos Autores agradeço por sempre visitar-nos obrigado pelos comentários!
Amandio Sales Relações publica http://clubnovosautores.blogspot.com
Abração

9 de outubro de 2011 às 16:25  
Blogger Fátima disse...

Olá Sol,

E de saudades compõem-se pedaços em nós.

Visitando tua página pela primeira vez.
Gostando, ficando.. ouvindo Stones, melhor ainda..rs

Beijos

9 de outubro de 2011 às 19:35  
Blogger Elio disse...

Sapevo che esistevano, ma dove hai trovato questa meravigliosa rosa nera? L'hai poi accompagnata con un ottimo testo. Buonanotte.

9 de outubro de 2011 às 19:41  
Blogger Evanir disse...

O pão de todo dia e o verso de cada poema.
UM feliz Domingo para você uma semana de paz.
Não se esqueça que estou seguindo-te e te amando .
Beijos no coração.
Evanir
OBs:Hoje não estou conseguindo digitar é
só uma lembrança de que estive aqui.
E que te amo sinceramente.

9 de outubro de 2011 às 19:55  
Anonymous Anónimo disse...

São momentos que passam, pensamentos que nos largam, sentimentos que deixamos nos versos de um soneto.
Belo momento de poesia.
Triste mas cheia de emoções.

9 de outubro de 2011 às 21:48  
Anonymous Anónimo disse...

Não sei porqur motivo mas só me deixou enviar como anónimo.
navoltadotempo.blogspot.com

9 de outubro de 2011 às 21:50  
Anonymous manuela barroso disse...

Rosa negra, um Sol turvado por nuvens, onde antes
o reino era mais azul!
Que venham mais rosas coloridas, com a cor
também nas suas palavras!
um lindo poema.
bji

10 de outubro de 2011 às 00:41  
Blogger Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Apenas o tempo leva as mágoas e deixa a saudade em seu lugar, como sempre lindo e deixo um beijinho.

Sonhadora

10 de outubro de 2011 às 03:29  
Blogger Amapola disse...

Bom dia, querido amigo.

Poema doído...

Os sentimentos antagônicos vão marcando a vida, e metamorfoseando o nosso caminhar.

Beijos.

10 de outubro de 2011 às 04:18  
Blogger Ma Ferreira disse...

SOL..
UMA FRASE FINAL FICOU EM MIM...
EU MORRI MAS LEVEI RECORDAÇÕES...

TEMOS QUE VIVER O DIA DE HJ..DA MELHOR MANEIRA..
PQ TUDO É EFEMERO..

O AMOR QUANDO SE VAI DÓI, MAS QUE BOM QUE DEIXOU BOAS RECORDAÇÕES...

BJ

10 de outubro de 2011 às 15:14  
Blogger manuel fernando disse...

Precioso y hermoso lo que escribes, sentimientos que se desvanecen en tristeza que la vida muchas veces nos acorta el tiempo en este mundo. Gracias por compartir. Que tengas una buen comienzo de semana lleno de sensaciones positivas. Un Abrazo desde la distancia de un amigo.

10 de outubro de 2011 às 16:54  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Sol. Triste, porém lindo, pois as recordações são belas na sua alma.Espero que a rosa possa novamente tornar-se vermelha, e a felicidade possa vibrar em tempo real.
Um beijo, e fique com Deus.

10 de outubro de 2011 às 19:33  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

10 de outubro de 2011 às 20:21  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Excelente soneto, um género bem difícil...
Gostei muito. Parabéns pelo teu talento poético.
Caro amigo, tem uma boa semana.
Abraço.

10 de outubro de 2011 às 20:21  
OpenID difusosreflexos disse...

Triste e escuro como a cor da rosa que o ilustra.
Estaremos no mesmo barco?

beijinho
Ana Sofia

10 de outubro de 2011 às 20:28  
Blogger Magia da Inês disse...

♥ •˚。
°°Olá, amigo! 。♥。
● ♥•
˚。˚ O soneto é bonito apesar de falar em morte...
♥ •˚。Beijinhos.
•˚。Brasil
..(░)(░)
(░)(♥)(░)
..(░)(░)

11 de outubro de 2011 às 13:43  
Anonymous Anónimo disse...

se ainda há restos de ilusões....

a foto me fascinou

Saudações de São Banza, que não conseguiu entrar senão como anónima

11 de outubro de 2011 às 15:04  
OpenID difusosreflexos disse...

Obrigada pelo comentário deixado. Adorei a sua companhia.

Oxalá o futuro próximo nos faça amigos.

Beijinho
Ana Sofia

11 de outubro de 2011 às 16:48  
Blogger Amapola disse...

Bom dia, querido amigo.
Passei para lhe dar um abraço, e agradecer a sua gentileza.

Que a luz divina seja sempre a sua guia.

12 de outubro de 2011 às 07:10  
Blogger Vieira Calado disse...

Olá, como está?

Gostei do seu soneto.

Está muito bem escrito.

Um abraço

12 de outubro de 2011 às 20:56  
Anonymous oteudoceolhar disse...

Ao meu jeito ao meu olhar, estranhamente me vejo e revejo na tua dor, e em todas as ilusões que brotam ...
Não sei explicar...
Beijo n´oteudoceolhar.

12 de outubro de 2011 às 23:59  
Blogger Evanir disse...

Com muito carinho venho deixar um beijo
estou com saudades.
Bjs ,no coração.
Evanir

13 de outubro de 2011 às 23:47  
Blogger Paula disse...

morrer mas levar as recordacoes connosco, 'e uma boa coisa.. porque o coracao e a alma vivem para sempre xxx

19 de outubro de 2011 às 12:06  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial