SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 15 de outubro de 2011

Doçura




A ânsia que sinto, para ver-te,
Faz pulsar, em mim, o coração.
Sei quanto te quero, com paixão.
Sei o quanto te amo ao querer-te.

Sinto minhas veias latejar
De sangue, que é fonte do viver.
Sinto a minha fronte se aquecer...
Sinto a minha alma crepitar.

Todo, eu, sou fogo de desejo.
Tudo o que há em mim é teu, decerto.
Antes eu viver por um só beijo

Que eu possa dar, nesta loucura,
Mas do pesadelo me liberto
Para estar em ti, minha Doçura.




SOL da Esteva

Etiquetas: ,

53 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Amigo "Sol"

Cabe-me a honra de ser a primeira pessoa a comentar este seu bonito e sentido poema!
Bem expresso o sentimento!

Seja Feliz.

Um bom fim de semana.

Um beijo

Felismina Costa

15 de outubro de 2011 às 10:47  
Blogger Lilá(s) disse...

Consegues exprimir na perfeição sentimentos! lindo poema de amor!
Bjs

15 de outubro de 2011 às 11:28  
Blogger Célia disse...

Olá, SOL! A expressividade da doação em que você situa o AMOR é algo contagiante. Belíssimo! Abraço, Célia.

15 de outubro de 2011 às 12:47  
Blogger edumanes disse...

Da ânsia à doçura,
A distância que separa
Do amor à ternura
Da sensação desejada
Nos desejos encontrada
Do amor e da paixão
Nos lábios beijada
Suas marcas ficarão
Numa felicidade continuada
Que jamais se apagarão.

Seu poema é lindo,
De o ler gostei
Com fim de semana sorrindo
Meu comentário terminarei
Sorria você também
Somos dois a sorrir
Quem procura tem
Que todos sejam felizes a sorrir.

Um abraço
Eduardo.

15 de outubro de 2011 às 14:48  
Blogger Paulo Francisco disse...

Verdadeiramente uma doçura de poema.
Um abraço grande

15 de outubro de 2011 às 14:58  
Blogger ANTÓNIO SANTOS (TOMANEL) disse...

Teu poema é mel, é uma contagiante partilha de amor...
Ah!!! Quem me dera sentir nas minhas veias esse hormonal que transmites e que se dilata ao chegar ao coração... fico ansioso que isso aconteça.

15 de outubro de 2011 às 15:33  
Blogger Tunin disse...

O amor poetizado por ti tem essa doçura da abelha sugando o néctar para processá-lo de uma maneira mais doce. Parabéns, querido poeta!

15 de outubro de 2011 às 15:57  
Blogger MARILENE disse...

Colocou mais que doçura em seus versos. A chama do amor queima em cada um deles, enriquecendo a emoção de quem os lê.
Bjs.

15 de outubro de 2011 às 18:37  
Blogger Borboleteando disse...

Só mesmo o amor para nos fazer expressar em versos os verdadeiros sentimentos.

Bjs

15 de outubro de 2011 às 18:59  
Anonymous Maria Luiza Saes de Rezende disse...

Quanto mel!!! Está uma verdadeira doçura e feliz de quem é toda essa declaração apaixonada. Parabéns, Sol a poesia e a foto são maravilhosas! Gde abraço!

15 de outubro de 2011 às 19:02  
Blogger OceanoAzul.Sonhos disse...

As palavras doces saem de corações sensiveis. Poema doce.

abraço
oa.s

15 de outubro de 2011 às 20:42  
Blogger Jossara Bes disse...

OLá Sol!

Doces palavras! Tranbordates de romance!
Te seguindo!
Beijos!
Desejo a você um lindo fim de semana!

15 de outubro de 2011 às 20:53  
Blogger Magia da Inês disse...

°º✿ Olá, amigo!
º° ✿✿♥ ° ·.
Lindo e romântico como sempre são seus sonetos.
°º♫ Maravilhosa declaração de amor.
°º✿ Bom fim de semana!
º° ✿♥ ♫° ·.
Beijinhos.
Brasil ♥♥•˚。
°° 。♥。
♥•˚。˚

15 de outubro de 2011 às 21:02  
Blogger Leninha disse...

Sol amigo,mais uma doce declaração de um amor tão lindo e completo...teus poemas encantam e emocionam,tua ternura é doce como o mais doce mel.
Bjssssss,
Leninha

15 de outubro de 2011 às 23:18  
Anonymous simone martins disse...

"...ah, teus beijos, tao suaves...
Sentir teus labios unidos aos meus.
Sentir o sol brindando a nossa felicidade.
Sempre serás minha e eu...sempre serei teu!"

Tão lindo nao me contive...rsrs...Abraços poeta feliz!

15 de outubro de 2011 às 23:25  
Blogger BLOG DE POESIAS DO PROFEX disse...

Como sempre belos textos por aqui. Um abraço do Brasil!

15 de outubro de 2011 às 23:38  
Blogger Nati Caetano disse...

Sol, meu querido amigo.A ânsia que sinto ao ver-te, vai pulsando uma amor que jorra nas veias aquecidas,mesmo que se liberte,ronda o Amor na sua vida,seja ele qual for.Amigo muito lindo.Um feliz domingo,cheio de inspiração.Ah, amigo ainda bem que tem os poetas para deixar sempre uma inspiração do que sentimos,vemos,ouvimos,choramos e rimos.Beijos no coração.Nati

16 de outubro de 2011 às 02:35  
Blogger Marcia disse...

Lindos e encantadores versos!!Obrigada pela visita!

16 de outubro de 2011 às 03:09  
Blogger Evanir disse...

Que eu possa dar, nesta loucura,
Mas do pesadelo me liberto
Para estar em ti, minha Doçura.
Sol , o amor é algo maravilhoso em nossas vidas
porem muitas vezes o amor é tanto .
Que chega a nos sufocar ficamos sem saber
diante do ser tão querido.
E quando muitos vezes dói nosso peito ao falar
desse amor .
Um amor paixão que apertamos em nossas
mãos que por vezes sufoca.
Bjs,com eterno carinho.
Um feliz Domingo.

16 de outubro de 2011 às 04:36  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

um excelente soneto de amor e paixão,que acho um género bem difícil de escrever.

gostei muito.

um bom domingo-.

beij

16 de outubro de 2011 às 14:22  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Um magnífico soneto de amor.
Simultaneamente forte e doce. Gostei.
Caro amigo, bom domingo.
Abraço.

16 de outubro de 2011 às 14:23  
Blogger MARILENE disse...

Obrigada pelas palavras que me deixou. Senti-me honrada, eis que ditas por quem ama e entende de letras e sentimentos.
Bjs.

16 de outubro de 2011 às 18:13  
Blogger Dayse Sene disse...

Tão bom poder acordar sonhando.
Sonhando com quem amamos, e principalmente sonhar com o beijo da boca que tanto queremos. Quem sabe um beijo roubado?
Ainda mais ouvindo essas músicas tão boas, que voc~e nos proporciona, para aqui realmente sonharmos acordadas.
Lindo seu blog...bom vim te ver.
Obrigada por visitar-me. Seja sempre bem-vindo por lá.
Uma bela tarde.
um grande abraço.

16 de outubro de 2011 às 18:24  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, amigo Sol. Que lindo seu soneto. Sinto tanto calor, amor paixão, e um desejo tão firme de amar, que sinto que é um amor que não acabará.
Um beijo grande, e fique com Deus!
Tenha uma semana linda de paz!

16 de outubro de 2011 às 19:49  
Blogger Janita disse...

Belíssimo poema de amor, transbordante de paixão e desejo!

Parabéns, SOL!

Só quem muito ama pode e sabe escrever assim.

Beijinhos.
Janita

16 de outubro de 2011 às 22:58  
Blogger rosa-branca disse...

Lindo soneto de amor com todos os condimentos q.b. Adorei meu amigo. Beijos com carinho

16 de outubro de 2011 às 23:55  
Blogger Valter Montani disse...

Caro amigo,

Parabéns pelos versos, do jeito que eu gosto e costumo construir os meus. Tenha uma boa semana

17 de outubro de 2011 às 11:33  
Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Bela expressão de sentimento em forma de palavras!

17 de outubro de 2011 às 11:59  
Blogger Dalila Maitê disse...

Muitoo lindo seu Blog adorei, tentei achar o linkim pra seguir vc, mas nao consegui encontrar :(
Me faça uma visitinha :*
http://dalila-maite.blogspot.com/

17 de outubro de 2011 às 13:39  
Blogger Luar disse...

Meu amigo Sol

Se eu fosse um poema...escolheria ser esta Doçura!
Amei demais.

Beijinho

17 de outubro de 2011 às 21:15  
Blogger Yasmine Lemos disse...

Sol! desculpa não vir antes,mas estava viajando.
Suas poesias cada vez mais fortes e intensas cheias de sabedoria
lindo!
bjs

17 de outubro de 2011 às 22:32  
Blogger Su disse...

querido amigo poeta-Sol...

que lindo soneto de amor...
a doçura escorre em suas palavras, forte é o amor que é vivido assim em toda sua intensidade...

um beijinho e fico aqui mais um pouco ouvindo essa linda canção ao fundo!!!

Su.

17 de outubro de 2011 às 23:31  
Blogger SIMONE PRADO disse...

Dessa tal doçura, todos querem experimentar, se deparar com a amargura isso não vão gostar.

18 de outubro de 2011 às 00:48  
Blogger Vieira Calado disse...

O amor é uma doçura, não é?

Quando se tem...

Forte abraço

18 de outubro de 2011 às 03:29  
Blogger SIMONE PRADO disse...

Lindo o seu comentário no meu blog, adorei sua visita, obrigada.

18 de outubro de 2011 às 12:17  
Blogger Priscila disse...

oi . Adorei o seu blogger ,estou seguindo. sou nova ,da uma passada la no meu , comenta la se gostou, segue o meu também.

18 de outubro de 2011 às 12:31  
Anonymous Jorge disse...

Lindo poema que revela toda a intensidade que é o Amor!!! Quem já não experimentou esses sentimentos revelados no poema?

Abraço.

18 de outubro de 2011 às 14:40  
Blogger Janita disse...

Sol.
Vais desculpar-me, acredita que hesitei muito em te falar nisto, aliás nem vou ser muito clara, contrariamente ao que é meu hábito. Apenas não quero que vejas nisto uma intromissão da minha parte. No último comentário que fizeste no meu cantinho, senti algo que me disse haver uma grande preocupação da tua parte.
Pois bem, o que te quero dizer é que - a ser o que eu pressenti - deves pôr mesmo o coração ao alto e ter Fé.
Deus é grande, meu amigo.
Perdoa-me se entenderes ter invadido esse reduto interior que todos temos e é só nosso.
Beijinhos
Janita

18 de outubro de 2011 às 20:27  
Blogger lis disse...

As doçuras do amor maior! incontáveis serão as palavras pra traduzi-las.
deixo meus cumprimentos pelo doce poema
com abraços

19 de outubro de 2011 às 02:32  
Blogger Paula disse...

wow, este 'e mesmo quente! fogo, fogo, fogo :-) xxx

19 de outubro de 2011 às 12:02  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Amigo, Sol, boa tarde.Eu já havia comentado, porém, reler me fez muito bem.Continuo afirmando que o soneto é lindíssimo, e cheio de paixão.
Um beijo grande no coração, tenha um dia abençoado, e fique com Deus!

19 de outubro de 2011 às 17:15  
Blogger Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Há um grito de amor em cada rima deste poema...uma doce paixão.

Adorei e deixo um beijinho
Sonhadora

19 de outubro de 2011 às 21:46  
Blogger Manuel disse...

Caro amigo poeta este seu soneto, na minha modesta opinião, foi o que mais senti.
Magnifico.

19 de outubro de 2011 às 23:18  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Parece, Sol, que no amor, a doçura
é muito mais doce...Haja visto, esse esse mimo,
ao ser amado.
Beijo
da lúcia

19 de outubro de 2011 às 23:43  
Blogger Dora Regina disse...

Quem ama sente um sabor doce e agradável...Esta é a alegria do coração que ama.
Abraços.

20 de outubro de 2011 às 04:08  
Blogger Suzane Weck disse...

Belissimo poema.Adorei todo este sabor de doçura e paixão.Abrs.

20 de outubro de 2011 às 20:18  
Blogger Evanir disse...

Hoje minha visita é para anunciar
uma novo circulo de minha vida.
Continuarei com as homenagens
que é a razão do blog (A VIAGEM)
A imagem escolhida por mim no novo visual
tem tudo a ver com o futuro, não só do blog,
mas da surpresa que a qualquer
momento será anuciada no blog.
Hoje sou parte da vida de cada
pessoa amiga e tão amada por mim,
também sou membro do Clube dos Novos Autores.
Com muita alegria convido você a paricitipar com
todos nós do clube também.
Minha Viagem prossegue amando e acarinhando todas
minhas lindas amizades.

Deixando um pedido muito importante para mim.
Eu não estou deixando vocês ,
E sim, entrarei na casa de cada um de vocês.
Conto com o carinho de sempre em meu blog,

Esteja comigo como sempre estiveram
Deus estara com você e comigo.
Segure nas mãos de Deus e na minha e vamos nessa
Deus já abençoou.
Com carinho.
Um feliz final de semana beijos.
Evanir

21 de outubro de 2011 às 15:41  
Blogger manuel fernando disse...

Precioso y hermoso todo lo que escribes, con un dulce poema lleno de ternura y pasión, gracias por compartir. Que pases un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas. Un abrazo desde la distancia de un amigo.

21 de outubro de 2011 às 17:25  
Anonymous Preciosa Maria disse...

Estimado amigo Sol.
Quanta douçura em seu poema
Quanto amor transborda
Quanta felicidade esconde em suas palavras
Quanta sensibilidade guardas
Quanta paixão descreves
APLAUSOS AMIGO POETA....

Qeu seu final de semana seja regado de muito amor
Abraços
Preciosa Maria

22 de outubro de 2011 às 00:16  
Blogger Lu disse...

Que esta Docura permaneca viva em teu e em nossos coracoes,por todo o sempre.
Descuulpe a ausencia amigo.
Beijinhos da Bahia.

22 de outubro de 2011 às 11:53  
Anonymous Anónimo disse...

Não é com frequência que envio comentários, embora me delicie com os seus poemas, também reconheço que não é muito justo para o poeta que por certo gosta de saber que o aprecia-mos, é um jeito meio tonto de eu ser. As minhas desculpas. Hoje não consegui ficar calada, por isso aqui vai o meu muito obrigada por este e todos os poemas que gentilmente faz chegar até nós. Parabéns e um óptimo fim de semana.

22 de outubro de 2011 às 18:53  
Anonymous Anónimo disse...

Existem sentimentos e desejos insubstituives. Muito lindo seu querer. Um abraço, amigo querido.
Ivana

26 de outubro de 2011 às 11:56  
Blogger Evanir disse...

Amado Sol.
Venho com muito carinho te desejar
um abençoado final de semana.
Sua doçura é algo que me impressiona e muitas vezes já me levou as lagrimas.
Tenho por você um carinho enorme e acima de tudo respeito.
Que seu final de semana seja abençoado e feliz
beijos no coração,
Para sempre sua amiga..
Evanir
PS..acabei de enviar um email para você.

25 de novembro de 2011 às 19:23  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial