SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

domingo, 7 de agosto de 2011

Em Louvor da Natureza




Em louvor da Natureza
Que eu adoro, com fervor,
Imponho que a realeza
Seja, só, tua beleza
Onde impere o nosso amor!

Tenho palavras e sonhos;
Recordo gestos, segredos...
Temo dias bem medonhos
E gozo outros, risonhos
Que amarrotam os medos.

Aceito a paz dos pinhais,
Medito no sussurrar
Que a brisa faz embalar.

Ouço o rugido do mar
Lá longe, donde a saudade
Vem junto a mim, a chorar...

Anseio realidade
De outros dias que vêm
Mitigar, aos que não têm,
Essa outra felicidade
De livremente se amar...

Espero-te em meu segredo,
Que agora não tenho medo!



SOL

Etiquetas: ,

39 Comentários:

Blogger Lilá(s) disse...

Um post bem a meu gosto, ADOREI!
Bjs

7 de agosto de 2011 às 17:57  
Blogger * Verinha * disse...

Lindo.. lindo poema SOL !
Como todos com os quais nos presenteia neste seu cantinho!

Um beijão imenso em seu coração..

Verinha

7 de agosto de 2011 às 18:25  
Blogger Célia disse...

..."Essa outra felicidade De livremente se amar"...

Tais versos resumem o sentido de vivermos! Livres para sermos e amarmos! Nada mais é preciso. Basta! Belo poema!
Abraço da Célia.

7 de agosto de 2011 às 18:32  
Anonymous laura disse...

Pena que nem todos possam cantar essa parte de livremente amar, amar está interdito para muitos, mas, a vida dá sempre o ar da sua graça e quem ama de verdade acabará por ficar junto.

beijinhos

7 de agosto de 2011 às 18:47  
Anonymous Anónimo disse...

Anónimo disse...Espero-te em meu segredo,
Que agora não tenho medo!

Eu poço dizer que te amo ?
Aquele amor amigo que o tempo não desgasta
e nem coroi.
O amor pode um dia acabar por uma rusga qualquer,
mais a amizade resiste ao tempo frio e tempestades.
Nossa que lindo seu poema e quero sim receber suas atualisações.
venho sem atualisar também.
Um linda semana Deus tem benção para você beijos e beijos meus,Evanir.

7 de Agosto de 2011 20:55
www.aviagem1.blogspot.com

7 de agosto de 2011 às 20:57  
Anonymous ANTONIO SANTOS (Tomanel) disse...

Habituaste-me aos sonetos e agora mudaste de estilo mas ambos traduzem amor, paz e alegria. As plumas sugerem mudança e abalam com os ventos que por aí estão chegando.
Desejo-te uma otima semana.
Abraço cá do Algarve.
Tomanel

7 de agosto de 2011 às 21:58  
Blogger Maria Luiza disse...

Gostei de estar aqui saboreando seu lindo poema! realças com louvor, isso sim, o amor, abeleza, enfim, dá gosto sua leitura!
Que você tenha uma abençoada semana, mergulhada no amor de Deus!Bjbjbj!!!

7 de agosto de 2011 às 22:07  
Anonymous edumenes disse...

Amor e natureza,
Lindo poema sonhar
Das saudades e beleza
Ouvindo as andas do Mar
Não revelados segredos
Paixões ao luar
Entrelaçados dedos
Lábios doces beijar.

Um abraço
Eduardo.

7 de agosto de 2011 às 22:15  
Blogger Rui Pires disse...

Um encanto de poema de amor!

Maravilhoso.

Abraço,

Rui

8 de agosto de 2011 às 10:22  
Blogger Dora Regina disse...

Sempre lindas, palavras que falam de amor.
Que bom, já consigo comentar no teu blog, graças a Deus tudo normal.
Um grande abraço e uma semana de luz!

8 de agosto de 2011 às 12:38  
Blogger Su disse...

Bom dia moço poeta SOL...

o amor afasta os medos quando vivido com intesidade e verdade e com a vontade pura de amar...

seu poema é lindo e um convite belíssimo ao amor na semana que se inicia...

Linda imagem em harmonia com as palavras tecidas em amor na sua poesia...

Beijinhos e lindo dia pra ti.

Su.

8 de agosto de 2011 às 13:51  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Sol.Um poema lindíssimo que exalta o amor em sua plenitude, e que ressalta que o sentimento de união e amor, são capazes de vencer qualquer medo que haja na caminhada do amor tão intenso e forte.
Parabéns!
Um poema muito tranquilo e gostoso de sentir!
Tenha uma excelente semana!
Fique com Deus!
Um beijo

8 de agosto de 2011 às 14:12  
Blogger Luar disse...

Em louvor da natureza, numa fusão perfeita com o amor.
Um hino lindo a ambos!
Eu...com medo de voltar da natureza, mas de volta!

Beijinhos

8 de agosto de 2011 às 14:23  
Blogger Simone MartinS2 disse...

Bom dia...e meus segredos
Custo a revelar
Mas quando junto da natureza
Me entrego ao vento
Converso com as flores
E revelo meus amores
Para toda a Natureza
Me entender e escutar...

Belo, amei...que o amoar
a Natureza possa ser desfrutado
por ti em todos os teus momentos
Abraços

8 de agosto de 2011 às 14:29  
Blogger N. Barcelli disse...

Amar por inteiro é não ter medo.
O teu poema é brilhante. Gostei imenso.
Caro amigo, boa semana.
Abraço.

8 de agosto de 2011 às 19:50  
Blogger Sergio Martins disse...

Nosso olhar para natureza é o reflexo das paisagens que construimos dentro de nós. A BELEZA DO MUNDO EXTERIOR SÓ É MÁGICA QUANDO NOSSO ÍNTIMO ESTÁ EM SINTONIA COM O DIVINO ENCANTO. abç.

8 de agosto de 2011 às 23:51  
Blogger Yasmine Lemos disse...

Um olhar silencioso sobre a beleza da natureza .Olhar de poeta.
Muito lindo Sol
bj

9 de agosto de 2011 às 19:55  
Blogger rosa-branca disse...

Em louvor da natureza me consome tanta beleza. Adorei o teu poema de amor. Um olhar de um poeta apaixonado. Beijos com carinho

9 de agosto de 2011 às 20:20  
Blogger Leninha disse...

Meu querido Sol,que os dias risonhos afugentem para bem longe,os dias medonhos...e que a natureza continue sua eterna magia,te trazendo sempre belas inspirações.
Obrigada pela beleza que trouxeste à minha noite escura e fria.
Bjsssssssssssss,
Leninha

9 de agosto de 2011 às 23:05  
Blogger Lu disse...

Ola SOL,depois de muito tentar adentrar em teu blog, consigo ver mais um poemA BELISSIMO...
que agradeco do fundo do meu coracao meu querido amigo...
Tui sabe com cativar quem ca vem ....
beijinhos desta amiga ca da Bahia....

10 de agosto de 2011 às 01:48  
Blogger OceanoAzul.Sonhos disse...

Em louvor da natureza e do amor que é naturalmente belo.
Lindo poema.
um abraço
oa.s

10 de agosto de 2011 às 13:29  
Blogger Nati Caetano disse...

Ki lindo Sol.Louvar a natureza, e recordações do amor são uma dádiva de esplendor.Bjs querido amigo.Uma ótima tarde.

10 de agosto de 2011 às 19:03  
Blogger Ray* disse...

Adorei o poema. Eu louvo a natureza todo dia, sou completamente apaixonada e agradecida a ela.
Beijos querido

10 de agosto de 2011 às 22:28  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Sol, amigo poeta, boa noite! Estou com saudades de você.Espero que esteja tudo bem com você e sua família, e que em breve possa retornar!
Um grande beijo, e fique com Deus!

11 de agosto de 2011 às 00:20  
Blogger manuel fernando disse...

Hola mi bueno amigo, pasé por aquí por tú hermoso espacio para saludarte y también agradecerte tus bonitos comentarios que siempre me dejas cuando me visitas. Bonito post, con un precioso y hermoso poema que refleja el amor en su plenitud, gracias por compartir. Que pases un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas. Un abrazo desde la distancia de un amigo.

11 de agosto de 2011 às 17:43  
Blogger Memória de Elefante disse...

A natureza é onde busco sempre as minhas respostas e equilíbrio.
Lindíssimo!

Um beijo e desculpe-me a ausência.

11 de agosto de 2011 às 19:55  
Blogger MARILENE disse...

A natureza faz parte de nossas vidas. E sua beleza, muitas vezes, nos faz traduzir o amor de forma diferente. Ambos são indispensáveis para que nos sintamos felizes.

Bjs.

11 de agosto de 2011 às 22:01  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Muito bom o seu poema, Sol, e bonita é sua admiração pela natureza. Um beijo!

11 de agosto de 2011 às 23:22  
Blogger Maria Luiza disse...

Vim aqui para lhe dizer que sua presença no meu blog Alfa & Ômega, muito me honrou, atendendo ao meu convite para celebrar comigo o aniversário de um ano desse blog. Obrigada! Tenha um glorioso final de semana! Bjbj!

12 de agosto de 2011 às 12:18  
Blogger Bemsei disse...

Lindo...a fusão entre a natureza e a pessoa amada...
Gostei daqui.
BJ

12 de agosto de 2011 às 12:28  
Blogger Anita de Castro disse...

A vida a natureza o segredo o amor ,poemas segredos por desvendar

12 de agosto de 2011 às 15:22  
Blogger Evanir disse...

Espero-te em meu segredo,
Que agora não tenho medo!
Um final lindo desse seu poema uma frase
que diz tanta coisa.
Sol meu abraço e carinho um feliz final de semana
bjs no seu doce coração,Evanir.

12 de agosto de 2011 às 15:41  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

SOL, o amor à natureza e,
com a natureza, espantam os medos...
Como um poeta sabe juntar... o Belo e o Bem!
Beijos

12 de agosto de 2011 às 17:02  
Blogger Laura disse...

Que é feito de ti ó Sol?

beijinhos

laura

12 de agosto de 2011 às 22:17  
Blogger Evanir disse...

Muitas Vezes Deus Tira Alguem Que
Amamos Tanto.
Mais Esse Mesmo Deus Traz Alguem
Que Aprendemos Amar..
Por Isso NÃo Devemos Chorar
Pelo Que Nos Foi Tirado
E Sim ..Aprender A Amar O
QUE Nos Foi Dado ..
Nada Que È Nosso Vai Embora Para Sempre.
A Você Com Muito carinho um
feliz Domingo (DIA DOS PAIS)
Beijos No Coração.
Evanir.Não deixaria de vir no seu blog hoje embora saiba que dia dos pais ñ é hoje em Portugal.

13 de agosto de 2011 às 18:31  
Anonymous Anónimo disse...

Como é belo, Sol, amigo, lê-lo.
Ana Sofia.

13 de agosto de 2011 às 20:13  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Sol, amigo poeta.Eu estou com saudades de você, espero que esteja tudo bem, de coração!
Excelente fim de semana para você e sua família!
Um beijo grande, e fique com Deus.

13 de agosto de 2011 às 20:52  
Blogger BRISA disse...

Feliz Dia dos Pais!
Lindo final de semana ricamente
abençoado!!


lembre-se sempre que
entre o passado, onde estão
nossas recordações... entre o
futuro, onde estão nossas
esperanças, fica o presente,
onde está o nosso dever...
Dever de ser FELIZ !!!

14 de agosto de 2011 às 03:58  
Blogger Paula disse...

linda descricao para chegar 'a conclusao de que agora ja nao temos medo :-) xxx

19 de outubro de 2011 às 17:00  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial