SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Amanhecer




Amor! Renasce comigo
E cresce em meu coração;
Alia á minha paixão
O teu olhar doce e amigo.

Esquece a dor, minha querida,
Que te deu meu desespero;
Tem esperança, que eu quero
Viver contigo p’rá Vida.

Como estou apaixonado!...
Jamais serei separado
Do teu doce e terno amor.

Por esta grande alegria,
Sinto-me leve, este dia,
Ou noutro dia maior.



SOL

Etiquetas: ,

46 Comentários:

Blogger Lilá(s) disse...

Senti-me leve ao ler este poema, lindo!

20 de maio de 2011 às 11:50  
Blogger Julio Vilar pereira Pinto disse...

Muito lindo. Linda declaração de amor, ao fim destes anos passados continua vivo o amor. PArabens.

20 de maio de 2011 às 12:43  
Anonymous Anónimo disse...

Amigo

Celebrar o amor...é preciso!
Será que existe sentimento mais digno de ser exaltado?
O amor eleva-nos, torna-nos tolerantes, compreensivos, mais humanos, felizes.

Viva o amor e quem o canta.

Um abraço para o meu amigo "Sol".

Felismina Costa

20 de maio de 2011 às 13:56  
Blogger Sonia Pallone disse...

Que lindo!...Sua poesia embriaga os sentidos de quem te lê... Beijos.

20 de maio de 2011 às 14:45  
Blogger Sonhadora disse...

Desculpe adentrar assim, mas gostei do que li e tomei a liberdade de seguir, para voltar mais vezes.

Deixo um beijo
Sonhadora

20 de maio de 2011 às 15:26  
Blogger Laura disse...

Rapaz, pareces um garoto dos seus quinze anos, apaixonado pela colega da escola...
Que esse amor dure toda a vida e que a felicidade, a paz, a saúde esteja sempre presente no vosso lar.

Um beijinho aos dois.

laura

20 de maio de 2011 às 18:07  
Blogger Leninha disse...

Lindo este amor,Sol...combina com o dia frio,com a melodia suave do Elvis(me ensina,SOL,a colocar estas músicas no meu blog,please).Um poema de Drummond para ti e tua amada:

E vieram dizer-nos que não havia jantar.
Como se não houvesse outras fomes
e outros alimentos.

Como se a cidade não nos servisse o seu pão
de nuvens.

Não, hoteleiro, nosso repasto é interior
e só pretendemos a mesa.
Comeríamos a mesa, se no-lo ordenassem as Escrituras.
Tudo se come, tudo se comunica,
tudo, no coração, é ceia.

Bjsssssss

20 de maio de 2011 às 19:22  
Blogger ANTÓNIO MANUEL SANTOS disse...

SOL !!!
Parece-me que o "terno" amor conjuga muito bem com o "eterno" amor e, embora com sentidos diferentes, eles encontram-se.
Um abraço.

20 de maio de 2011 às 22:57  
Blogger manuel fernando disse...

Precioso y hermoso poema con mucha ternura y amor, me ha encantado mucho tú poesía, gracias por compartir. Que pases un feliz fin de semana lleno de sensaciones positivas. Un abrazo desde la distancia de un amigo.

21 de maio de 2011 às 12:45  
Blogger Desnuda disse...

Olá Sol,

Que poema bonito! Que felicidade encontrei aqui ( de chegada com música dos Beatles que ouvi e dancei rsrs). Realmente o Sol brilha intensamente aqui. Irradiou e fiquei " espalhada" neste clima de poesia, esperança, alegria e beleza. Obrigada.


PS: Obrigada pela visita e gentileza do comentário. Vou continuar a ouvir a sua seleção de músicas rsrs


Felicidades sempre! Beijos com carinho.

21 de maio de 2011 às 17:13  
Blogger Desnuda disse...

Obrigada amigo! Sonhei acordada com a seleção anos 60. Bons tempos!

21 de maio de 2011 às 17:53  
Blogger Leninha disse...

Obrigada querido amigo,pelos comentários em meu cantinho...este sol veio aquecer a noite fria desta região serrana onde habito.Fiquei um dia inteiro sem meu inseparável "companheiro notebook"e,quando o tive de volta,encontrei seus sempre gentis comentários...me trouxeram muita alegria e fiquei como criança a ler e reler.Agora,já de volta à sua página estou me deliciando com um je-t
aime,que há muito não ouvia.
bjsssssss,Leninha.

22 de maio de 2011 às 01:39  
Blogger Dora Regina disse...

É sempre bom renascer, que seja sempre assim, principalmente no amor!
Bom domingo pra ti!

22 de maio de 2011 às 03:19  
Blogger Multiolhares disse...

só mesmo o amor perdura acima de tudo
bjs

22 de maio de 2011 às 09:59  
Blogger Jorge Bichuetti - Utopia Ativa disse...

Sol da Esteva, belíssimos poemas; cantas o amor com ternura e suavidade, num encantamento que os versos traduzem: excelente... Também, sou um apaixonado por poesia... Abraços com carinho, Jorge bichuetti
www.jorgebichuetti.blogspot.com

22 de maio de 2011 às 11:16  
Blogger Tunin disse...

Exaltar esse sentimento sublime é algo que fala à nossa alma. Lindo e terno soneto! Obrigado pela visita. Abração.

22 de maio de 2011 às 11:44  
Blogger Lu disse...

Ola amigo Sol.e isso que da quando ama ,as palavras parecem fluir da tua mente e coracao como plumas ao vento...
e sempre muito gratificante vir ao teu cantinho ,logo pela amnha e acordar sonhando ,e bom demais,desejo que continue com tao belos poemas a nos prestigiar,mesmo nao te conhecendo sinto que es um ser humano dotado de grandes sentimentos , pois demonstra a cada dia ,este teu lado bem romantico e sincero ,continue amando mais e mais ,que este amor seja eterno .
Agradeco com muito carinho as tuas visitas ao meu blog,que nao tenho postado quase nada ,anda meio vazio,porem ,tenho o calor dos amigos.
Tenha umn bom domingo ,onde estiveres,junto a familia.
beijinhos da amiga!!!

22 de maio de 2011 às 12:03  
Blogger São disse...

Que esse amor brilhe sempre!

Boa semana

22 de maio de 2011 às 13:22  
Blogger Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! Fiquei muito feliz com a tua visita e com o teu comentário, pois, parece que temos a mesma opinião relacionada ao descaso das autoridades (in)competentes, diante de tanta miséria no mundo.

Quanto ao poema, lindo, com ênfase para à estrofe abaixo:

Esquece a dor, minha querida,
Que te deu meu desespero;
Tem esperança, que eu quero
Viver contigo p’rá Vida.

Abraços e ótima semana pra ti e para os teus.

Furtado.

22 de maio de 2011 às 21:32  
Blogger José Sousa disse...

Oi amigo!
Como é lindo o seu poema. Renascer é sempre bom!

Um abração e boa semana.

23 de maio de 2011 às 07:48  
Blogger Sandra disse...

É bom saber que existem amores assim: grandes, imensos, eternos.
beijinho

23 de maio de 2011 às 13:24  
Blogger rosa-branca disse...

Lindo poema de amor meu amigo. Que exista sempre. Adorei. Beijos com carinho

23 de maio de 2011 às 16:51  
Blogger Evanir disse...

Querido Amigo..
Que poema lindo!!!
certamente da Deus que conquistou seu coração.
Como não acho nada mais belo nesse Mundo,,
que o amor só me resta dizer parte para esse doce abraço..
Linda semana beijos meus,,Evanir
www.aviagem1.blogspot.com

23 de maio de 2011 às 18:11  
Blogger Leninha disse...

Sol,meu muito querido amigo,vim reler o teu poema e agradecer-te pelos comentários em meu "sonhos e encantos",amo tuas visitas e gosto sempre de passar por aqui,pr'a escutar esta bela trilha sonora...Bjsssssss,Leninha.

23 de maio de 2011 às 19:23  
Blogger manuela barroso disse...

Olá "Sol de Esteva"!
Benvindo ao meu cantinho. Tenho para mim que quando se encontra um amigo O Sol espreita! E já agora, nem de propósito o seu "nome" é muito poético!
E a sua poesia linda! Um sonetilho,não é?
Transmite uma paz interior muito grande!
"Sinto-me leve este dia...Ou noutro dia maior."!
Tão bonita a leveza e tranquilidade que emana do seu poema!
Parabéns! Vou voltar! Foi um gosto, sim!
Ah! e obrigada pela gentileza!
Bji

23 de maio de 2011 às 20:09  
Blogger manuela barroso disse...

Oi "Sol"!
Voltei para tras...Rss!
è que tenho sim2 blogs de poesia ou estados de alma como lhes chamo!
não sei se é pretencioso deixar aqui os blogs mas uma vez que foi ter à cozinha e não ao escritorio...
digo-le quais são
http://wwwanjoazul.blogspot.com
E
http://reflexoesfloridas.blogspot.com
E a nossa Leninha é uma amiga e tanto!Linda!!!
Âbraço.

23 de maio de 2011 às 20:20  
Blogger Bruno JP Teixeira disse...

OBRIGADO POR SUA VISITA E COMENT LÁ NO MEU BLOG JÁ ESTÁ RESPONDIDO.

BELO BLOG! JÁ SOU SEGUIDOR.
ABRÇS.
BRUNO JP TEIXEIRA - O PORTUGA
http://brunojpteixeira.blogspot.com/

23 de maio de 2011 às 22:45  
Blogger Rui Pires disse...

Belo poema!
Vou seguir vendo o blog.
Obrigado pela visita ao OLHAR D'OURO.

Abraço e volte sempre!

Rui Pires

24 de maio de 2011 às 11:04  
Blogger Lilian disse...

Bellas letras , un poema de esperanza y sentimientos ,
un canto al amor !!!
Feliz de conocer tu hermoso mundo de poesias ,
un afectuoso saludo , nos vemos ... chau chau .

24 de maio de 2011 às 16:40  
Blogger blog da Paraguassu disse...

Olá Sol,
Linda sua poesia, amigo. Ah! O amor! O tema mais belo da vida a ser cantado pelos poetas às suas amadas. Lindo, lindo, Maravilhoso!
Adorei,como também adorei seu blog.
Gostaria de convidá-lo a visitar-me em meu espaço e, se gostar, seguir-me e deixar um comentário para mim, ok? Ficarei muito feliz com sua presença.
Um grande abraço. Voltarei sempre aqui.
Maria Paraguassu.

25 de maio de 2011 às 18:11  
Blogger Paulo Francisco disse...

Gostei e muito deste texto.
Um abraço

25 de maio de 2011 às 19:16  
Blogger Laura disse...

Ena tanta genteeee, daqui nada és o seresteiro do amor como no Brásiu, viu? tu escreve e canta lindo...podes crer.

um beijinho da laura

25 de maio de 2011 às 23:34  
Blogger Simone Martins2 disse...

Boa noite...obrigada pela visita e comentario,gostei muito, e agora estou te seguindo e teras que me aturar ou me excluir, mas saiba que se me aceitar, aqui estarei sempre a comentar...um abraço e me sinto junto desse blog. do amor, sempre acordada...xau

26 de maio de 2011 às 01:48  
Blogger manuela barroso disse...

Ola Sol de Esteva!

Muito obrigada pela suas palavras...são só o que sobra do que guardo...
E poesia, meu amigo, encontro aqui a chover... a recordar a esta hora com "Une meche de cheveux..." Lindo!
E a sua poesia é muito terna sim!
Quando nasce...brota!
Um abraço!
Amanhã, por curiosidade...tenho flores e simplicidades de maio...
Um abraço! Parabens

26 de maio de 2011 às 02:28  
Blogger Leninha disse...

Sol querido,de novo estou a te agradecer as belas e amäveis palavras ao som de Nat King Cole,na música que embalou a minha adolescência "love is a many splendored thing"...fiquei o dia inteiro fora de casa e,quando retornei,encontrei os comentários do amigo,e,como sempre,senti a sinceridade de suas palavras,trazendo luz e alegria ao meu dia...
Muita paz e luminosidade para vc e sua amada,é o que lhe desejo,de coração.Bjssssssssss,Leninha

26 de maio de 2011 às 02:33  
Blogger M. disse...

Amor é o que resulta da soma de 2 pessoas. Uma espécie de sinergia. Que dura até...acabar:)

26 de maio de 2011 às 15:04  
Blogger Leninha disse...

Bom dia amigo SOL,Solar,ensolarado...de novo estou em sua casa,agradecendo as suas palavras e ouvindo as belas melodias que me conduzem ao passado...a minha tortinha ficou mesmo "de dar fome"...graças à amiga Luarte,com quem tenho aprendido agora,no outono da minha vida,as comidinhas portuguesas que minha vó fazia e alegraram a minha infância,repleta de prazeres gustativos...
Bjssssssssss,Leninha.

26 de maio de 2011 às 18:34  
Anonymous Anónimo disse...

Venho desejar uma boa tarde, e ler seu poema.
Agadecer também sua visita.

Amor, coração doce olhar,
Minha querida, viver contigo
Alegria,entre este e outro dia desejar
Estou apaixonado, confia em mim sou teu amigo.

Um abraço
Eduardo.

26 de maio de 2011 às 18:36  
Blogger Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Solamigo

É obra. Descobrir um excelente blogue de Gaia através do Brasil, repito, é obra. A nossa Leninha pelos vistos é mágica e faz coisas do arco da velha.

Olha, Amigo, vim aqui, estou aqui e gosto; sinceramente, gosto.
Eu sou mais para a prosa, quando tento alinhavar umas rimas, só me saem as calinas quadras e pouco mais. Porém, gosto da boa poesia, como é a tua.

Os livros que ofereço nos PASSATEMPOS/CONCURSOS que organizo lá na Travessa são uma ninharia se comparados com o prazer que tenho em dar coisas às pessoas. Que bem entendido as mereçam. De acordo com os meus parâmetros... Enfim, é o que se poda arranjar...

Abç

... e aparece por lá, sff

26 de maio de 2011 às 23:18  
Blogger OceanoAzul.Sonhos disse...

O amor nos faz renascer, sentir leves e gritar poesia.
Belo poema.
Abraço
oa.s

27 de maio de 2011 às 00:09  
Blogger Evanir disse...

Querido Amigo..
Carinhosamente venho deixar-te meu agradecimento pelas visitas que encantam meu blog e meu coração.
O maior tesouro que temos é amigos como você sou -lhe grata por tudo .
Um abraço carinhoso,Evanir..

www.aviagem1.blogspot.com

27 de maio de 2011 às 03:12  
Blogger jackie disse...

ES UNA MARAVILLA DE POEMA. ME ENCANTA!! MUCHAS GRACIAS POR REGALARLO. BENDICIONES!!

29 de maio de 2011 às 12:11  
Anonymous Anónimo disse...

Caro amigo

Säo belos poemas ou versos, que alegram coraçöis ou almas.
Muito lindos, para os nossos jovens de agora confrontados, com a violência dos filmes e comentàrios.
Gostei imenso, um òptimo trabalho.
Albano Gomes.

29 de maio de 2011 às 15:19  
Blogger Sergio Martins disse...

Bravo! Um brinde à essa alegria que nos dá leveza para viver voando! Abç!

31 de maio de 2011 às 02:50  
Anonymous Anónimo disse...

Wonderful work on your blog.

Greetings and thanks for your comment.

Joop

http://jfotograaf.blogspot.com

31 de maio de 2011 às 16:46  
Blogger Poesias Partidas disse...

Irmão Sol, estou indo deitar-me sob os delicados cuidados da Irmã Lua, mas não sem antes deixar dito o quanto encantou-me o seu canto. Fui chegando, aconchegando-me e sentindo-me em casa. É muito bom tudo o que li. Há sentimento em cada palavra, em cada imagem criada nos seus versos e na sua prosa. Parabéns pelo blog e pela seleção musical também. Pode me esperar mais vezes por aqui. Um poético e fraterno abraço. Até breve.

8 de junho de 2011 às 03:02  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial