SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Leão (Lello)




Eu tinha o sonho, o ensejo,
De alongar a minha Vida.
Faz anos, oito, que vejo
Essa vontade cumprida.

Prolongamento de mim
Tem-me feliz e é bom.
Porque caminha p'ra o fim
Toda a minha Geração.

Sou um suspeito Avozinho
E só eu posso dizê-lo;
Que os olhos do meu Menino
Nunca me deixam esquecê-lo.

Mais, quero ser o Leão
A quem vota tanto Amor!
Seja, ele, o Coração
Do seu Avô protector.



SOL

Etiquetas: , ,

11 Comentários:

Anonymous laura disse...

Ai o amor, ai o amor
que os avós sentem no peito
e a dor, a dor que acontece
se com eles nada corre direito.

Ai o amor aquele amor tão leal
que dói no coração de tanto amar
tudo isso por querer
que os netinhos possam em paz viver.

Bendito amor que na alma sentem
aqueles que já viveram a vida
e nela só anseiam encontrar
um amor assim que lhes dê guarida...

Haja no nosso amor tanta verdade
que possamos ver os seus olhos
a brilhar de tanta felicidade!

Um beijinho da laura que ainda não é avó mas que anseia sê-lo...

4 de abril de 2011 às 16:43  
Blogger ANTÓNIO MANUEL SANTOS disse...

Um bonito bom dia para ti, SOL.
Feliz aniversário do teu netinho e tu que o acompanhes por esta vida fora e que lhe repasses a sabedoria que a vida te deu.
Não sou avô mas gostaria de o ser. Fico assim à espera para saborear momentos destes...
Um abraço para ambos.

4 de abril de 2011 às 17:33  
Blogger Julio Vilar pereira Pinto disse...

Ah! Avô babado. Lindo, Lindo.
um abraço

4 de abril de 2011 às 18:00  
Blogger Lu disse...

Que lindo poema meu amigo,nao o conheco mais tenho admiracao pelo teu blog,e um espaco tao afetivo que emociona quando leio teus poemas.
Nao sou avo mais sou uma avo e sei dizer a satisfacao que este momento unico nos da.
Parabens ,por ti ,pelo neto e por toda familia.
Boa semana,,
Obrigada por partilhar teus poemas com pessoas que estao tao longe.
Abracos de amizade.

4 de abril de 2011 às 19:56  
Blogger Paula disse...

Wow, quando for avo, quero viver estes sentimentos lindos todos, tal e qual como aqui sao descritos.. E ainda dizem que nao ha nada que valha a pena la para os lados da reforma :-) xxx

4 de abril de 2011 às 20:35  
Anonymous Anónimo disse...

O John diz que o Vuvu nao precisa de querer ser o Leao para o John o amar tanto quanto ama o Leao porque o John ja ama o Vuvu muito, muito, muito, tanto quanto ama o Leao :-) xxx

4 de abril de 2011 às 20:36  
Anonymous DAD disse...

E eu agora que rambém fui vóvó - dádiva de Deus - corroboro o que já disseram! Ser avó ou avô é do melhor que há pois acabamos por sentir o o mesmo que sentimos quando tivemos os nossos filhos, mas sem as responsabilidades que tínhamos então! Agora é só usufruir aquele amor lindo e puro que damos e recebemos. É o nosso prémio na lotaria do amor!
Beijinho aos vóvós e aos respectivos netinhos, incluindo o meu, claro!

5 de abril de 2011 às 19:13  
Anonymous DAD disse...

e quis escrever também e saiu rambém que pelos vistos será uma nova palavra de rapidez de escrita no computador...
Beijinhossssssssssssssss a todos e todas!

5 de abril de 2011 às 19:14  
Blogger Laura disse...

Olá Dad, aceito os beijinhos!

Quanto aos avós e netos, aprendi com o meu pai que é um amor maravilhosos, mas, não só de alegrias, pois querem que o mundo melhore para que eles sejam felizes quando os avós partirem... É uma imensidão de amor. felizes dos que sabem ser avós!
Um beijinho da laura

6 de abril de 2011 às 08:23  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

O amor dá sempre para fazer poesia em várias
vertentes.Gostei de estar aqui.Voltarei.
Saudações
Irene

6 de abril de 2011 às 19:51  
Blogger Multiolhares disse...

deve ser uma delicia ser avô, o meu primeiro netinho vem a caminho e já estou toda babada, já nem sei de darei todos os babetes para o bébé rsrsr
bjs

6 de abril de 2011 às 21:14  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial