SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 25 de maio de 2013

Idos dias






Senti, dentro de mim, a chicotada
Saída dessa dor que te apoquenta.
Bem sei como á minha Alma se apresenta
O quadro, dessa Vida amarfanhada.

Apelo às poucas forças, que seguras
No fundo do teu peito, agonizante,
Que voltem, nem que seja um instante,
Correndo com as tuas amarguras.

E mesmo que me cause imensa dor,
Eu fico mais feliz por esse dia,
Podendo alimentar um tal Amor...

E tu, terás, de novo, plena vida.
Retornam idos dias de alegria
E paz, que se pensava já perdida.


 


SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

26 Comentários:

Blogger Maria Luiza disse...

Que os idos dias de alegria retornem com vigor; precisamos muito! Forte abraço!

25 de maio de 2013 às 12:30  
Blogger Fred Caju disse...

Apoquenta, linda essa palavra para entrar em poema.

25 de maio de 2013 às 14:17  
Blogger Tunin disse...

Que as alegrias sempre retornem com mais alegrias. Lindo,lindo poema, meu grande poeta!
Abração.

25 de maio de 2013 às 14:21  
Blogger Jossara Bes disse...

Oi Sol,

Belas palavras!
Suplica a vida! Ao retorno de algo,
ao retorno de alguém!
Beijos, poeta!

25 de maio de 2013 às 16:56  
Blogger Célia Rangel disse...

Ainda que agonizante, a estrutura do amor restabelece as esperanças de paz e de uma feliz vida!
Abraço, Célia.

25 de maio de 2013 às 20:41  
Blogger Evanir disse...

Que Deus abençoe seu final de semana
cobrindo de paz e luz sua caminhada nesse Mundo.
Tenho orado por todos sem sessar ,
pois sei e entendo quando precisamos nos afastar .
O tempo fora da nossa telinha envolve pessoas do cotidiano assim como na vida virtual.
Hoje estou tentando voltar com meu anjo de infinita luz divina.
Ofereço qualquer imagem desse lindo anjo da minha postagem.
Um abraço com infinito carinho e ternura.
Feliz e abençoado Domingo.
Beijos..Evanir.

25 de maio de 2013 às 23:05  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

O retorno, é sempre possível, quando o amor é pleno...

Sempre tão bom, vir aqui e absorver tão lindas palavras, em poesia.

Beijos, SOL,
da Lúcia

26 de maio de 2013 às 00:30  
Blogger Carolina disse...

Uma foto conmovedora, e de seu perfil pero completa... ela e poesia! ojala retornen os felices dias idos...

26 de maio de 2013 às 04:12  
Blogger Luís Paz disse...

Talvez por influência direto das minhas últimas leituras, ao ler teu texto e essas referências à alma baterem rápido em mim e o reflexo rápido que veio foi do Saramago.
Talentoso amigo ^^


diademegalomania.blogspot.com

te aguardo pra uma visita.

26 de maio de 2013 às 04:36  
Blogger La Gata Coqueta disse...



Que cada día de tu vida sea más bello que el anterior
y que nunca te falte la ilusión de un nuevo amanecer.

Feliz despertar a este domingo vestido de cielo, calzado
de simpatía, mientras es peinado con hilos de madreselvas...

Un breve abrazo,
adueñado del sentimiento.

Atte.
María Del Carmen



26 de maio de 2013 às 09:16  
Blogger António Manuel - Tómanel disse...

Perfeito soneto, meu caro amigo.
O sentido do soneto encontra-se em plena harmonia com cada rima.
Todos ficamos mais felizes quando lemos estes teus pensamentos.
A procura do tal amor, é uma "busca" incansável para os teus sonetos.
Gostei.
Um abraço cá do Algarve.

26 de maio de 2013 às 11:21  
Blogger Rui - Olhar d'Ouro disse...

Muito bom passar aqui e "levitar" na beleza das palavras!
Abraço

26 de maio de 2013 às 15:08  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol,

Oh! belos idos dias, vocês formavam um lindo casal, sempre juntos nas agruras da vida.
Lindo soneto com o retorno dos dias idos com alegria. Fiquei emocionada...
Um beijo para os dois
Lua Singular

27 de maio de 2013 às 18:01  
Blogger Mariangela disse...

Que esse teu desejo se cumpra querido Sol, com muitas alegrias!
Porque quando o amor é verdadeiro, mesmo ele sendo cheio de imperfeições e ranhuras...o queremos muito!
Beijos, fique com Deus sempre!
Mariangela

27 de maio de 2013 às 18:29  
Blogger Ineifran varão disse...

Lido e relido... Um belo soneto. Abraços, poeta.

27 de maio de 2013 às 22:30  
Blogger Manuel disse...

Há sempre algo de diferente nos teus sonetos.
A paixão, a esperança, a angustia e a esperança, mas, também, muita nostalgia.

28 de maio de 2013 às 16:28  
Blogger Fa menor disse...

Pois que a dor se faça plena vida de paz e alegria!

Bj

28 de maio de 2013 às 19:51  
Blogger Lilá(s) disse...

Tanta nostalgia se adivinha! mas tão belas as palavras que a demonstram.
Bjs

28 de maio de 2013 às 23:40  
Blogger La Gata Coqueta disse...



Esta mañana después de levantarme y cuando ya me disponía a salir a la calle, me asaltó la indecisión, de no saber que ponerme...

Y de pronto el niño que aún llevamos dentro me sugirió que me vistiera de felicidad, ya que así cuando me encontrara con los amigos la podría compartir...

No sé si ha sido una idea afortunada o no, pero el hecho es que aquí estoy esperando que la aceptes a través del silencio de las palabras, que son el portavoz de mis sentimientos...


Quisiera que mañana al despertar, el alba te pintará un paisaje lleno de caléndulas de mi parte para ti!!


Un abrazo de despida bajo la alameda de los ruiseñores...


Atte.
María Del Carmen




30 de maio de 2013 às 01:00  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

o soneto denota dor e desalento.
mas quem sabe, podemos encontrar alegria, mesmo que seja uma alegria breve.
boa semana.
:)

30 de maio de 2013 às 08:23  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol
Passando para agradecer os comentários no meu blog.
Que tenha um bom dia!
Beijos
Lua Singular

30 de maio de 2013 às 13:20  
Blogger Elio disse...

Sol, dove trovi tutta questa ispirazione per le tue poesie che sono molto belle. Io, in prosa, riesco ancora a scrivere, ma non sono capace di esprimermi come fai tuin poesia. Un grande complimento ed un amichevole abbraccio.

30 de maio de 2013 às 21:55  
Blogger http://odeclinardosonhos.blogspot.com disse...

Que os idos dias de alegria retornem para todos nós que disso bem precisamos e a paz permaneça connosco...
Muito bonito amigo!!!!
beijo e um bom fim de semana
anacosta

31 de maio de 2013 às 14:55  
Blogger Dorli disse...

Oi Sol

Passando para desejar-lhe um bom final de semana
Beijos
Lua Singular

31 de maio de 2013 às 16:12  
Blogger Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Solamigo

Lá tenho eu que responder...

Este conto policial
com a Tânia e o Miguel
é muito e muito especial
e fica bem no papel

Os dois protagonistas
sempre na brincadeira
dão muito nas vistas
cada um à sua maneira

É pela frente e por trás
que os dois com muita alegria
encantam cá o rapaz

Com um tamanho rol
cada um dá o que fode, ops, pode
e também aprecia o Sol

Enfim, tretas...

Abç

Henrique

_______

Já não vais à nossa Travessa há uma porrada de anos. Porquê? Ofendi-te? Tratei-te mal? Insultei-te? Na dívida, digo, dúvida, peço-te desculpa.

1 de junho de 2013 às 00:00  
Blogger Mary disse...

Vim te desejar um lindo e abençoado fim de semana.

Bjo e obrigada pelo carinho das visitas.

1 de junho de 2013 às 00:35  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial