SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 22 de setembro de 2012

Voz do meu coração






 


Vi-te, bela, encantadora...
(Maravilhoso torpor.)
Tu és a minha Senhora,
Senhora do meu Amor.

Ficou-me, o teu rosto lindo,
Gravado, como a aurora;
Contigo, o Amor que é infindo
Brota, alegre, nessa hora.

E o fresco, em meu pensamento,
Perfuma a doce paixão,
Que cresce a cada momento

E sempre na solidão.
Terei de estar mais atento,
Á voz do meu coração!







SOL da Esteva



Etiquetas: , , ,

36 Comentários:

Blogger Dorli disse...

Olá Sol!
Como é bom sonhar o amor!
Um amor que veio num pensamento sem fim: sonhar a alegria de um rosto gravado no coração, tendo o cuidado que, com essa paixão, poderá ficar numa eterna solidão...
Não sei se entendi, senti muita angústia nos seus escritos.
Beijos
Lua Singular

22 de setembro de 2012 às 10:23  
Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Temos sempre de saber ouvir o coração...
Maravilha poética!
Abraço e bom fim de semana!

22 de setembro de 2012 às 11:35  
Blogger Célia Rangel disse...

E, nesse sonho de saber ouvir a voz do nosso coração está a realização da felicidade... "com todo torpor"...
[ ] Célia.

22 de setembro de 2012 às 13:10  
Blogger Jossara Bes disse...

Sol, Querido!

"Senhora do meu amor"
Encantador! Quando o coração é cheio de amor,surgem palavras
assim, enamoradas, apaixonadas e amorosas!
Beijos, Poeta!

22 de setembro de 2012 às 13:57  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

tens facilidade no soneto que eu acho muito difícil, mas, aqui tens mais um belo soneto de amor.
bom fim de semana.
beij

22 de setembro de 2012 às 13:58  
Blogger Leninha disse...

Meu querido Sol,

Não combinas com solidão, amigo! És Sol, nasceste para iluminar, para brilhar e colorir. Tuas palavras sempe me tocam o coração e, mesmo melancólicas, são sempre um cântico de Amor à vida.

Um lindo fim de semana para ti.
Bjssssss,
Leninha

22 de setembro de 2012 às 14:24  
Blogger Olinda Melo disse...


Lindo, Sol!

É sempre bom escutar e seguir o coração.

Este canto de amor é fresco e perfumado.

Abraço.

Olinda

23 de setembro de 2012 às 00:51  
Blogger Mariangela disse...

Oi Sol que este sonho lindo seja eterno, e que você saiba ouvir a voz de seu coração e seja feliz!
Boa noite querido amigo...
Beijos,
Mariangela

23 de setembro de 2012 às 02:30  
Blogger António Manuel Conceição Santos disse...

Sonhar! É sempre bom sonhar...
Faz-nos bem sonhar.
Como disse o nosso amigo Zeca Afonso: o sonho comanda a vida... é de ouvir esta linda canção:
http://www.youtube.com/watch?v=J3ireFJ_SII
Um abraço cá do Algarve.
Tomanel

23 de setembro de 2012 às 11:51  
Blogger Marcia Melo Morais disse...

É lindo...é de tirar o folego um beijo!

23 de setembro de 2012 às 13:29  
Blogger Rita disse...

Poema lindo lindo, e vc tem razão
temos que ficar mesmo atento ao
nosso coração ameiiiiii
Abraços com carinho
Rita!!!!

23 de setembro de 2012 às 17:24  
Blogger CamilaSB disse...

Amigo Sol, o amor brota lindo e maravilhoso do seu coração - para encantar as nossas almas!
Muito lindos: o soneto e a imagem, gostei imenso!
Beijinhos com amizade e carinho :) Tenha uma semana muito feliz!

23 de setembro de 2012 às 22:58  
Blogger Só pra você disse...

Olá como vai?

O SO PRA VOCê quer lhe agredecer de um modo especial, preparei 3 selos para lhe presentear, venha pegá-los, vc faz parte do meu coração. Obrigada por todo o apoio, graças a vc que meu blog existe.

Abraços e um ótimo domingo.

Auxiliadora RS

23 de setembro de 2012 às 23:48  
Blogger Dulce Morais disse...

Muito sensíveis estes versos. Traduzem um sentimento puro e belo.

24 de setembro de 2012 às 07:12  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, amigo Sol. Que soneto lindo cheio de amor, que exaltação à amada. Como sempre, repleto de sensibilidade boa de sentir ao ler cada verso que traduz um sentimento puro.
Beijos na alma e excelente semana para você!

24 de setembro de 2012 às 16:19  
Blogger manuela barroso disse...

E com este soneto , dançou a minha imaginação e sorri no rodopio
dos versos!
Belo, Sol
Beijinho

24 de setembro de 2012 às 19:48  
Blogger Dolce Vita disse...

Lindo demais!

24 de setembro de 2012 às 20:30  
Blogger ELAINE disse...

Amigo Sol! Que poesia linda! Que versos tão cheios de amor e calor! Obrigada amigo, pelo carinho e pelo comentário! Um início de semana iluminado!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

25 de setembro de 2012 às 05:03  
Blogger ALBERTINO Veloso disse...

Isto é POESIA, tal como a concebo.
Parabéns.

25 de setembro de 2012 às 16:03  
Blogger Yasmine Lemos disse...

O coração reclama,ama e guarda nossos tesouros.
bjs Sol!

25 de setembro de 2012 às 16:24  
Blogger Luar disse...

Quando se ama e se ouve a voz do coração, a inspiração brota assim...linda e pura!
Beijinho

25 de setembro de 2012 às 17:10  
Blogger Sandra Subtil disse...

Temos sempre que ouvir o nosso coração, mesmo quando ele sussurra.
Encantador.
Beijinho

25 de setembro de 2012 às 21:15  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

O eterno amor, sempre presente, com toques
constantes de suaves de serena tristeza que,
me parece, são elementos próprios dos grandes poetas...

Beijos, SOL!

25 de setembro de 2012 às 22:23  
Blogger Manuel disse...

Atrevo-me a dizer que este é, talvez, um dos melhores sonetos que ai nos deixou.
Suave, intenso, apaixonado e com chamamento ao amor.
Muito bom!

25 de setembro de 2012 às 22:29  
Blogger Nilson Barcelli disse...

É preciso ouvir a voz do coração...
Belíssimo soneto de amor, gostei imenso.
Um abraço, caro amigo.

25 de setembro de 2012 às 22:52  
Blogger Lilá(s) disse...

Lindo soneto, a inspiração brota quando o coração sente assim.
Bjs

26 de setembro de 2012 às 00:18  
Blogger Zilani Célia disse...

OI SOL!
OUVIR A VOZ DO CORAÇÃO É UM EXERCÍCIO A SER FEITO DIARIAMENTE.
LINDO TEU TEXTO.
ABRÇS


zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

26 de setembro de 2012 às 01:34  
Blogger edumanes disse...

Num barco a vapor
Perdido em alto mar
Viajava um trovador
Sem amor se calhar?

Seu poema encantador
De paixão perfumado
Com o perfume da flor
De lágrimas regado?

Boa quarta-feira para você,
amigo Sol da Esteva,
um abraço
Eduardo.

26 de setembro de 2012 às 11:36  
Blogger »♥«Nati Caetano»♥» disse...

Sol, amigo querido desculpe minha ausência, meu filho teve pneumonia, e para completar meu blog deu problema, fiquei muito triste, e fiz outro, aparece os que eu sigo,mas não os que me seguem.Enfim a vida é assim mesmo.

Linda poesia, um sonho eterno de amor que deixa transparecer a tristeza e a saudade.

Beijos no seu coração.

26 de setembro de 2012 às 20:30  
Blogger fus disse...

Un hermoso poema de amor, donde nos hace transitar.

un abrazo

fus

27 de setembro de 2012 às 00:10  
Blogger Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu querido amigo

É com a voz do coração que escreves estes poemas que são hinos de amor...LINDO.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

27 de setembro de 2012 às 01:46  
Blogger vieira calado disse...

Pois... Há que estar sempre atento ao coração!

Forte abraço.

28 de setembro de 2012 às 00:18  
Anonymous Anónimo disse...

Meu caro amigo, sempre quando volto aqui, viajo...adoro vir te visitar, embora as vezes dê uma sumida, é sempre um prazer ler seus poemas e ouvir suas músicas...como se eu retornasse a uma época em que os amores eram mais verdadeiros, românticos...beijos Luana Barcelos Dantas

28 de setembro de 2012 às 03:21  
Blogger Carolina disse...

Querido amigo,
coracao de ouro, que poesia romantica, fresca e bonita! Divina.
Abracos. Tenha um lindo fim de semana.

28 de setembro de 2012 às 17:23  
Blogger Dulce Morais disse...

Sol, essa solidão feita de versos belos é muito emocionante! Parabéns.
Bom fim de semana para você.

29 de setembro de 2012 às 09:01  
Blogger *Simone Poesias* disse...

Uma poesia sensível e muito romântica. Gostei demais!
Beijãoo XD

30 de setembro de 2012 às 02:04  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial