SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 14 de julho de 2012

Relíquia





Que tenho, desta Vida, p'ra viver
Se falta o teu Amor p'ra meu sustento?
Fosse, eu, mais paciente em pensamento
E, sinto, bem teria o teu querer.

Mas sei que isso obriga a ter vontade
E força, e também perseverança;
E ter o teu sorriso na lembrança,
Sentindo o teu Amor que tudo invade.

Sei bem que existe um canto no teu peito;
Um canto que é secreto, apenas nosso.
Um canto onde guardas, com respeito,

Aquilo que nos é a mais sagrada
Relíquia de Amor, de que não posso
Dissociar Minh’alma apaixonada.





 

SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

64 Comentários:

Blogger Magia da Inês disse...

Muito bonito!


¸❤✿•.¸
♥ Bom fim de semana!
♡ Beijinhos.
Brasil

14 de julho de 2012 às 10:26  
Blogger Célia Rangel disse...

Eterna essa relíquia! Nada a deteriora! Ao contrário cada vez mais se valoriza... Lindo poema e trilha sornora!
[ ] Célia.

14 de julho de 2012 às 13:02  
Blogger Leninha disse...

Meu querido Sol,

Ao som de Una lacrima en su viso,imagino este relicário onde se guarda tão terno amor e creio que enquanto existir esta bela e delicada relíquia,o coração de meu amigo poeta pode e deve alimentar a esperança...
E como podes pensar que nada tens?Acorda Poeta,tens tudo para viver este grande Amor,tens tua pena e tuas palavras...o que desejar mais?

Bjssssss,
Leninha

14 de julho de 2012 às 13:03  
Blogger António Manuel Conceição Santos disse...

Relíquia
Um nome sonante e que tu te envolveste num romantismo secreto.
Soa bem e condiz com a época.
Bom fim de semana.
Um abraço cá do Algarve

14 de julho de 2012 às 13:23  
Blogger Luana Barcelos Dantas disse...

Meu amiga apaixonado...isso é que é ser feliz, estar com o coração sempre embriagado de encantamento pelo ser amado.beijos

14 de julho de 2012 às 13:57  
Blogger Julio Vilar pereira Pinto disse...

Nos tempos que hojem correm, mas nós não somos deste tempo,não há tanto amor como tu demonstras ter dentro de ti pois amor é entrega, partilha e respeito.
Muito lindo o teu poema.
Um abração Sol.

14 de julho de 2012 às 15:58  
Blogger edumanes disse...

Bela ser essa sua relíquia
O que com ela irá fazer
Feliz com ela viver a vida
Enquanto por cá permanecer!

De boa vontade o digo
Sou sincero digo a verdade
Não fugir mais para o abrigo
Enquanto houver liberdade!

Bom fim de semana,
um abraço
Eduardo.

14 de julho de 2012 às 17:27  
Blogger Evanir disse...

Ter vc comigo é maravilhoso! Obrigada pelo carinho e sua amizade.
Obrigada por reservar um cantinho em sua vida. para abrigar o meu amor e carinho.
obrigada por partilhar comigo.momentos tão sublimes nesta troca gratuita de amizade!
Que Deus te proteja hoje e sempre.
Obrigada também por estar sempre comigo
em todos os momentos da minha vida.
E através dessa magica telinha que encontrei
alegria de viver e lutar sempre .
Aqui tenho amigos reais por isso
sempre digo.
Amigos para Sempre.
Um feliz e abençoado final de semana.
Beijos no coração,Evanir.
Não se esqueça que ..
Estou seguindo -te e te amando.

14 de julho de 2012 às 18:05  
Blogger Tunin disse...

Relíquias são relíquias e só os corações apaixonados sabem preservá-la.Sempre uma página que nos deixa encantado pela forma de amor nela expressa.
Abração.

14 de julho de 2012 às 19:25  
Blogger Dorli disse...

Olá Sol:
Não veneres uma relíquia, pois a vida retrocede. O amor é o agora e não tem hora, mas tem segredo.
Cultuas teus sonhos presentes e futuros, onde há caminhos à prosseguir,dantes inimagináveis, um sorriso, um oi, um até qualquer dia, um amor a toda hora a embeber seus sonhos com carinho e um beijo de boa noite.
É tão lindo amar com o bem querer o que não é segredo e o que é platônico que só o poeta sabe esconder.
Um abraço
Lua Singular

14 de julho de 2012 às 19:30  
Blogger *Simone Poesias* disse...

Belíssimo poema, tocante!
Bjos amigo XD

14 de julho de 2012 às 21:09  
Blogger Tiago Braga disse...

todos temos os nossos tesouros e relíquias que nunca queremos perder!

14 de julho de 2012 às 21:09  
Blogger Simone MartinS2 disse...

"E no canto esquerdo do peito,
o Amor esconde entre o molho de
segredos, seus misterios.O poeta mantem
preso a sete chaves...Amor Platonico!"

Abraços

14 de julho de 2012 às 21:28  
Blogger Su disse...

Sol, poeta querido...

que soneto mais lindo e que carrega consigo mistérios de uma alma eternamente apaixonada...
Beijinhos daqui!
Su.
Lindo domingo pra ti.

14 de julho de 2012 às 23:29  
Blogger Evanir disse...

Sol meu amigo querido.
Estive aqui esqueci de dizer postei um poema seu
não resisti quando li e levei comigo para postar.
Esta tudo bem amado amigo?
Vou te enviar um email preciso falar contigo tem momentos
que precisamos de um ombro amigo e solidario .
Beijos feliz Domingo,Evanir.

15 de julho de 2012 às 03:58  
Anonymous Anónimo disse...

Amigo!

Quando se escreve a impossibilidade, o amor é sofrimento, só sofrimento, que nos consome, que nos queima, onde ardemos e onde o resultado são cinzas que afagamos, e que não queremos varrer.

Transparente fogueira, esperando por mais lenha. Saia ou...arda!

Um abraço e um dia eliz.


F.M.

15 de julho de 2012 às 09:23  
Blogger Rita disse...

Bom dia de domingo!!!
Passando para deixar um carinho
pela presença sempre constante no
meu cantinho, elogiar o que vc tem
de bom,pq vc é uma pessoa querida,eu
agradeço pela belas postagens
Abraços
Bjuss
Rita!!!!

Que lindo acordar sonhando.... divino!!!

15 de julho de 2012 às 12:12  
Blogger mfc disse...

O amor sempre a guiar-nos com aquele sorriso lindo e inconfundível!
Um abraço.

15 de julho de 2012 às 14:26  
Blogger fus disse...

Toda una entrega al amor. Enhorabuena

un abrazo

fus

15 de julho de 2012 às 15:29  
Blogger Mery disse...

O "sofrer¨* pode ser eterno se a paixão nos domina.
Guardar na lembrança um sorriso é bonito, mas faz sofrer**muito;
Saudade dói!
Beijinhos.

15 de julho de 2012 às 18:59  
Blogger Jossara Bes disse...

Sol, Querido!

Relíquia! Que linda palavra!
Significa preservar algo raro, valioso!
Tenha uma semana maravilhosa!
Beijos!

15 de julho de 2012 às 19:07  
Blogger Lilá(s) disse...

Maravilhosa relíquia, bonita a maneira como sempre expressas o teu amor!
Bjs

15 de julho de 2012 às 23:22  
Blogger CamilaSB disse...

O amor, esse sentimento tão belo e emocionante... cantado e ilustrado, de uma forma melodiosa e apaixonante! Gostei imenso!
Obrigada SOL, pelo carinho! Desejo-lhe uma semana muito feliz! Um beijinho com amizade e estima!

16 de julho de 2012 às 00:02  
Blogger Everson Russo disse...

Sentimento sagrado de amor guardado no peito,,,peito que sempre terá um espaço especial a esse amor infinito...abraços meu amigo e uma semana de muita paz pra ti...

16 de julho de 2012 às 12:12  
Blogger Mariangela disse...

Lindo...que posso eu te falar diante de tamanho sentimento?
Esta nossa relíquia que trazemos guardadas em um cantinho tão especial do nosso coração, que apesar de tudo... teima em permanecer?
Beijos...
Mariangela

16 de julho de 2012 às 15:32  
Blogger Dolce Vita disse...

Belíssimo!

16 de julho de 2012 às 15:32  
Anonymous Wanderly Frota disse...

A gente guarda o amor porque ele nos sustenta, de certa forma. A gente guarda porque é com ele que traçamos os nossos caminhos. E há coisa mais bonita nesta vida, meu Deus?!

Lindíssimo, amigo!

16 de julho de 2012 às 16:15  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Relíquia de amor? O amor às vezes vai embora silenciosamente
sem dizer nada e deixa o nosso coração a sangrar...
Bom poema.
Bj.
Irene

16 de julho de 2012 às 16:18  
Blogger Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde,
Como é lindo o segredo que envolve o Amor!
abraço Fraterno
Maria Alice

16 de julho de 2012 às 17:40  
Anonymous Lucinha disse...

Lindo.. Maravilhoso poema... quem dera eu ter o dom mágico das palavras para expressar meus sentimentos!
Sol vim conhecer seu blog e adorei a forma que escreve.
Gostaria de visita-lo mais vzs se assim me permitir.
Será que posso linkar vc?
Um grande abraço e um dia lindo..

16 de julho de 2012 às 17:57  
Blogger Smareis disse...

Olá Sol,
Muito belo seu poema.
Tudo que envolve o amor é uma relíquia.
Grande abraço!

Ótima semana!

17 de julho de 2012 às 02:53  
Blogger BRISA disse...

Amigo querido
Boa Noite
Muito bom este poema. O amor que nos envolve também nos trás saudade.Um feliz incio de semana abençoado.
Ana Brisa

17 de julho de 2012 às 03:11  
Blogger MARILENE disse...

É bela a certeza de que, em um canto especial, está guardada essa preciosa relíquia, simbolizando o inesquecível. Bjs.

17 de julho de 2012 às 04:14  
Blogger ELAINE disse...

Tudo que consegue penetrar nossas defesas emocionais e se instalar em nosso coração, com certeza é uma relíquia! Poema lindo! Gostei muito! Amigo Sol, posso contar com teu voto no Top Blog Brasil? Que o amor renovador e a Paz de Jesus Cristo habitem nossos corações sempre! Uma abençoada semana, repleta de muita paz e alegria! Grande e carinhoso abraço!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

17 de julho de 2012 às 08:08  
Blogger Everson Russo disse...

Um dia de paz pra ti meu amigo...abraços.

17 de julho de 2012 às 12:35  
Blogger manuela barroso disse...

Como sempre um soneto lindíssimo, do nosso sonetista da blogosfera.
Parabéns, querido Sol
Bjis

17 de julho de 2012 às 18:06  
Blogger Evanir disse...

QUerido Amigo Sol.
Um lindo poema que balança o coração
beijos paz e carinho pra ti meu amigo.
Evanir.

17 de julho de 2012 às 18:31  
Blogger Anne Lieri disse...

Simplesmente lindo soneto,amigo!Uma bela e preciosa essa reliquia de amor!bjs,

17 de julho de 2012 às 20:57  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Magnífico soneto de amor.
A métrica é irrepreensível, e o ritmo e amusicalidade fazem o resto, tornando-o um poema notável.
Um abraço, caro amigo.

17 de julho de 2012 às 22:57  
Blogger rosa-branca disse...

Olá amigo, maravilhoso soneto que é uma autêntica relíquia. Belo como sempre. Beijos com carinho

18 de julho de 2012 às 17:26  
Blogger Multiolhares disse...

Musicado dava uma bela cançao de amor
beijos

18 de julho de 2012 às 20:34  
Blogger »♥«Nati Caetano»♥» disse...

Sol, amigo querido.
O sorriso fica na lembrança,faltando o Amor para o sustento da vida, e um dia ele virá para alegrar, mesmo num canto secreto.Belo Poema amigo.

Uma abençoada semana.

Abraços e bjs

18 de julho de 2012 às 20:58  
Blogger Manuel disse...

Momento alto no descobrir desse cofre onde se guarda o segredo do amor.
Belo momento de poesia, com a emoção e a mestria a que nos vais habituando.

18 de julho de 2012 às 22:50  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Que bela palavra, é RELÍQUIA,
ainda mais, estando em soneto do SOL..

Beijos, amigo querido
da Lúcia

18 de julho de 2012 às 23:18  
Blogger Cristina disse...

Sencillamente maravilloso! Te dejo un fuerte, bonito jueves.

19 de julho de 2012 às 03:43  
Blogger Su disse...

querido poeta Sol... vim reler sua preciosidade e te convidar pra quando tiver um tempinho vir aqui no meu cantinho conhecer o Pedro...

beijinhos daqui!

Su.

19 de julho de 2012 às 12:41  
Blogger Rita disse...

Bom dia!!!
Tudo que é belo faz a gente feliz e visitar vc é uma delas a felicidade está junto dos amigos
Abraços carinhosos, com essa bela postagem que faz a alegria do meu dia!!!
Bjusss pelo prazer de ter vc no meu cantinho
Rita!!!!!

19 de julho de 2012 às 14:27  
Blogger Silenciosamente ouvindo... disse...

Amigo aqui de novo para estar um pouco consigo através
dos seus bons textos e excelente música.
Desejo que esteja bem.
Beijinho
Irene

19 de julho de 2012 às 18:37  
Anonymous Lucinha disse...

Vim agradecer sua visita em sonhos e carinhos. Fiquei muito feliz.
Volte sempre...
abraços carinhosos..

19 de julho de 2012 às 19:54  
Blogger Tunin disse...

Passando para deixar-lhe um grande abraço.

19 de julho de 2012 às 21:15  
Blogger Lilian Barbosa disse...

Olá Sol!
Vim conferir este lindo poema, parabéns pela inspiração que nos encanta!
Estou sentindo sua falta no meu espaço poético, quero te dizer que sua presença e participação é de grande importância para mim, é uma honra receber o SOL iluminando meu blog!
Muita luz!
Grande abraço!
Li Barbosa

19 de julho de 2012 às 21:21  
Blogger Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Guardamos sempre no peito as recordações que nos afagaram o coração.
Como sempre lindo.

Um beijinho
Sonhadora

19 de julho de 2012 às 23:50  
Blogger Su disse...

Sol querido, hoje por aqui é dia dos amigos... vim deixar um monte de beijinhos e um abraço pra ti!!!

Corações daqui!!!

Su.

20 de julho de 2012 às 13:09  
Blogger Evanir disse...

A amizade é o convívio do dia-a-dia.
Estar juntas nos momentos felizes e nas horas
difíceis
compartilhar o sofrimento
um do outro( outra) dividir momentos de felicidade.
È a cumplicidade é compriender e acima de tudo
confortar quando algum de nossos amigos(AMIGAS)
precisam de uma unica palavra de carinho para fazer seus dias melhores.
Não podemos chamar de amigo (A) aquele que sem motivos
se afasta de nós quando mais precisamos de
uma palavra de carinho .
Um feliz Dia do amigo .
Obrigada por um dia ter colocado mu nome
na sua lista de amigos(AS).
Que seu final de semana seja feliz
sua amiga para sempre,Evanir.
FELIZ DIA DO AMIGO.
Evanir..

20 de julho de 2012 às 14:53  
Blogger Magia da Inês disse...

✿彡✿⊱╮¸.•°
Muito bonito!
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil
✿彡

20 de julho de 2012 às 15:01  
Blogger Imagem e Poesia disse...

Muito bonito seu poema!

Amigo, o Coral Brasília estará em Lisboa e adoraria contar com seu prestígio. Faço parte deste Coro! Beijos

Concerto Centro Cultural de Cascais
Data: 28 de julho de 2012 - Sábado
Horário: 21h
Local: Auditório do Centro Cultural de Cascais

20 de julho de 2012 às 16:00  
Blogger Simone MartinS2 disse...

Bom dia!
Hoje deixo um Ctrl-C,
mas rico em sinceridade.
Pois, são muitos os amigos
que irei visitar nesse dia
da Amizade!
"Um abraço de Amigo, dado com
sinceridade, dura por uma Eternidade!"
Feliz dia da Amizade!"
Bjinhos meus...com carinho!

20 de julho de 2012 às 18:34  
Blogger Mário Margaride disse...

Amigo Sol, mais um belíssimo poema aqui nos apresentas.

Parabéns!

Abraço forte e um excelente fim de semana!

Mário

20 de julho de 2012 às 19:01  
Blogger Tiago Braga disse...

uma reliquia este post, muito belo e cheio de emoçao! lindo

20 de julho de 2012 às 20:44  
Blogger MARILENE disse...

Gostei das colocações que deixou em meu blog.
Sendo, hoje, um dia dedicado aos amigos, reafirmo minha alegria por tê-lo entre os meus. Bjs.

20 de julho de 2012 às 20:58  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Parabéns, Sol, pelo lindo soneto de amor. Abraço carinhoso!

21 de julho de 2012 às 01:56  
Blogger ELAINE disse...

Meu amigo! Muito obrigada!
No início de minha postagem há um selo pelo dia do amigo!
Por favor aceite-o! É de coração!
Feliz Dia do Amigo!
Posso contar com teu voto no Top Blog Brasil?...
Um abençoado e feliz final de semana!
Abraço carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

21 de julho de 2012 às 02:26  
Blogger AnaClarissa disse...

Mais um lindo soneto, SOL! Que bem canta o amor nos seus versos! O coração é o centro, sim! Exige sacrifício, mas é uma pedra preciosa!
Imagem muito adequada ao texto.

Beijo!

21 de julho de 2012 às 10:44  
Blogger Karine Tavares disse...

Teu blog é ótimo, parabéns!

Vem conhecer o meu:
leiakarine.blogspot.com

21 de julho de 2012 às 20:51  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial