SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 10 de março de 2012

Natureza do Amor





Busco, ali, além, na Natureza,
Um pouco do Amor, o meu Amor.
E encontro tamanha beleza
Que me delicia, num torpor,

E me invade a Alma e pensamento.
Não sei se é Paixão (não a concebo),
Mas sinto ser vivo, o sentimento
Que enche, o peito, neste apego.

A sede, nos olhos, acudida;
A fome, nos lábios, generosos
De frutos, sementes duma Vida;

Os sons, reportados, em canção,
Vão subindo tão harmoniosos,
Que, o Amor, alaga o Coração.




SOL da Esteva

Etiquetas: , , ,

57 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Muito bom-dia para o poeta apaixonado!

Como o Sol que desperta e distende os seus raios em plena Primavera, assim se sente o seu coração luminoso, enchendo o caminho, de uma terna e doce nostalgia.

Que receba em troca, a Paz e o Amor de que faz alarde.

Obrigada meu amigo.

Parabéns!

Um bom fim de semana.

F.M.

10 de março de 2012 às 09:36  
Blogger Tiago Braga disse...

uma optima representção da natureza, linda mesmo

10 de março de 2012 às 14:25  
Blogger mfc disse...

Um poema onde o amor, aquele amor simples e encantador, é o foco de toda a atenção.
É este amor que me comove.

Um abraço

10 de março de 2012 às 16:08  
Blogger António Manuel Conceição Santos disse...

Dentro de cada de nós há sempre um pedacinho de amor. Este amor só se entenderá se for repartido com algo, pois para se amar tem de haver o eu e o foco de atenção...
Assim, tamanha beleza, sem dúvida que receberá tamanho amor.

Um abraço cá do Algarve.

10 de março de 2012 às 16:58  
Blogger Maria Luiza disse...

O amor é lindo! A natureza é linda e perfeita! Deus fez tudo lindamente. Parabéns, amigo Sol pela partilha! Bjbjbj!

10 de março de 2012 às 18:04  
Blogger Célia Rangel disse...

Belíssimo o seu confronto amoroso "homem e natureza"... Paz essencial do viver plenamente!
Abraço, Célia.

10 de março de 2012 às 19:26  
Blogger Paula Kelsch disse...

Muito lindo soneto! Quanta harmonia. Parabens.

10 de março de 2012 às 20:05  
Blogger Multiolhares disse...

o verdadeiro amor esta na natureza que tudo nos dá sem nada pedir em troca
bjs

10 de março de 2012 às 21:24  
Anonymous carla disse...

Um lindo poema entre a natureza e o amor .Lindo!

bjo e boa noite

Carla Granja

10 de março de 2012 às 22:13  
Blogger manuela barroso disse...

Natureza e Amor, dois temas incontornáveis na sensibilidade poética.
Um lindo soneto, cantando belezas da vida.
Gostei muito, querido amigo Sol.
Beijinho

10 de março de 2012 às 23:48  
Blogger Otavio disse...

Nossa muito lindo esse poema, o verde das árvores, a natureza, as flores, faltam cada vez mais nas nossas vidas, ir para o campo é revigorante para alma!adorei

abraços

Otavio Borges
vemtomarumcafe.blogspot.com

11 de março de 2012 às 00:29  
Blogger Everson Russo disse...

A natureza do amor é a liberdade, o tamanho que ele atinge em nossas almas,,,abraços de boa semana pra ti meu amigo.

11 de março de 2012 às 13:18  
Blogger Milla Pereira disse...

Um belo soneto que fala à alma de peito aberto. Parabéns, abrçs.

11 de março de 2012 às 13:38  
Blogger Simone MartinS2 disse...

Bom dia!
Amei tanto
que nem sei
como comentar!
Deixo-te o meu silencio
para o poema poder
contemplar!
Abraços

11 de março de 2012 às 14:46  
Blogger Elio disse...

Ottima poesia, Sol, accompagnata da una foto che ispire pace e tranquillità. A presto.

11 de março de 2012 às 16:31  
Blogger Evanir disse...

Sol.
Seu poema tem tanto amor fica até dificil para essa sua amiga comentar .
Hoje vim aqui para saber de você anjo amigo.
Estou preocupada a bastante tempo não vem no meu blog
preciso saber de você .
A grandeza da minha amizade contigo me fez vir até aqui
hoje ñ estou bem espero em deus que não tenha te magoado em nada.
È meu amigo de verdade sinto de coração seu afastamento.
Linda tarde de Domingo.
Beijos.
Evanir.

11 de março de 2012 às 18:49  
Blogger Lúcia Bezerra de Paiva disse...

O amor, assim, tão intenso, não só "alaga o coração"...transborda!!!

Tenha uma semana de paz e amor transbordante...

Beijos, SOL,
da LU(ci)A...

11 de março de 2012 às 23:21  
Blogger ELAINE disse...

Olá amigo Sol! Só um coração pleno de amor poderia escrever palavras tão ternas e lindas! Muito obrigada pelo carinho! Fico muito feliz com tua visita! Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

12 de março de 2012 às 06:30  
Blogger edumanes disse...

Buscando alguém na natureza,
Onde a beleza encontrar
Utilizando educada gentileza
Com inteligência saber amar!

O que falta a muita gente,
Justificação não encontrar
Quase tudo está sendo diferente
Como, assim, encontrar a felicidade!

Obrigado pela sua visita, sempre muito agradável, recebê-la.
Com desejos de uma feliz tarde para você.
Um abraço,
Eduardo.

12 de março de 2012 às 15:32  
Blogger Sandra disse...

Simbiose perfeita entre o amor e a natureza! Muito belo este soneto.
Beijo

12 de março de 2012 às 16:04  
Blogger Maria Luiza disse...

Obrigada, Sol, pela presença na minha coletiva. Muito me honrou! Grande abraço!

12 de março de 2012 às 16:21  
Blogger Otavio disse...

SOL!!

Obrigado pela lindo comentário!!!!Obrigado mesmo!
ainda mais eu que estou começando, ter o prazer dos seus comentários é muito bom!

quando descobri essa música, descobri a música brasileira de verdade!

Abraços

Otavio Borges
http://vemtomarumcafe.blogspot.com/

12 de março de 2012 às 17:00  
Blogger manuel fernando disse...

Gracias mi buen amigo por acariciarnos el corazón con la sublime belleza en cada verso de tú hermosa poesía y por concedernos el privilegio de ser testigos de ello. Que tengas un buen comienzo de semana lleno de sensaciones positivas. Un abrazo desde la distancia de tú amigo.

12 de março de 2012 às 17:10  
Blogger Jossara Bes disse...

Sol, Querido!

A força que a natureza exerce sobre nós é indescritível!
Felicidade, é a sensibilidade de se deixar inundar até que "o amar alague o coração"!

Beijos!

12 de março de 2012 às 17:38  
Blogger Anita de Castro disse...

O sol existe… Mesmo que pareça tão longe Mesmo que pareça o dia tão escuro Mesmo que as nuvens o encubram O sol existe… o amor e a natureza juntos na mais pura sensibilidade

12 de março de 2012 às 20:07  
Blogger Carla Fernanda disse...

O amor é como o sol.... e ilumina a todos que o reconhecem....
Lindo!
Beijos!

12 de março de 2012 às 23:03  
Blogger Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Como sempre um poema terno e doce como o amor.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

12 de março de 2012 às 23:03  
Blogger Manuel Luis disse...

O amor as coisas, a natureza.
Esta tudo dito aqui nestes justos comentários.
Abraço

12 de março de 2012 às 23:19  
Blogger MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Sua poesia faz bem a alma, as palavras se misturam a realidade e a suavidade da vida
Martha
Um beijo

12 de março de 2012 às 23:37  
Blogger rosa-branca disse...

Olá amigo sol, mais um belo soneto de amor com doçura q.b. como convém ao amor. Adorei. Beijos com carinho

12 de março de 2012 às 23:41  
Blogger Fernanda disse...

A natureza aporta tanta coisa que bem pode ser amor.

Mais um belíssimo soneto, amigo Sol.

Beijo

12 de março de 2012 às 23:42  
Blogger Nilson Barcelli disse...

"A sede, nos olhos, acudida;
A fome, nos lábios, generosos
De frutos, sementes duma Vida;"
A natureza do amor, no seu máximo explendor.
Excelente soneto, como sempre.
Caro amigo, boa semana.
Abraço.

12 de março de 2012 às 23:56  
Blogger Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo...abraços.

13 de março de 2012 às 11:29  
Blogger ... "re" ... disse...

Caro Poeta...

Hummmmm...que lindo! A natureza e o amor... Gosto desta combinação

Sensível e poética embeleza qualquer paisagem.

Baci blu mio amico...

13 de março de 2012 às 14:36  
Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Na natureza buscamos energias, ela nos inspira e nos permite refletir!

Belo poema!

Abraço

13 de março de 2012 às 15:31  
Blogger Lidi Horácio disse...

Lindo texto.!


Beijinhos :*

Uma ótima 3ª feira.!

13 de março de 2012 às 17:50  
Blogger MARILENE disse...

A natureza inspira, ao nos passar tamanha beleza. Mas só quem possui sensibilidade pode pintar o amor em um soneto tão lindo, onde encontramos pureza e dignidade. Bjs.

13 de março de 2012 às 18:09  
Blogger Yasmine Lemos disse...

Somente a natureza para nos proporcionar essa visão da alma.
abraços

13 de março de 2012 às 20:29  
Blogger Luar disse...

Sol

O amor alaga o coração e nos alaga a alma!
Beijinho

13 de março de 2012 às 20:39  
Blogger Leninha disse...

Este amor de que falas,alimenta a alma e o coração,traz alegria à vida e encanta os nossos dias.Que esteja sempre presente em tua vida e alimente os teus sonhos.

Bjssssss,amigo Sol,
Leninha

13 de março de 2012 às 23:14  
Blogger Lilá(s) disse...

A Natureza é deveras inspiradora. Tu sempre nos encantas com as tuas poesias!
Bjs

13 de março de 2012 às 23:29  
Blogger Luana Barcelos Dantas disse...

Meu querido, amei o poema, seu comentário no meu blog tocou bem no ponto, se a partilha não é verdadeira é melhor a solidão...Obrigada pelo carinho de sempre,bjos, Luana Barcelos Dantas

14 de março de 2012 às 15:04  
Blogger Leninha disse...

Meu querido Sol,

Teu comentário sobre a minha querida Tê me tocou fundo,emocionou-me muito...vou olhar sempre para as núvens,amigo.
Bjssssssss,
Leninha

14 de março de 2012 às 15:56  
Blogger Yasmine Lemos disse...

Sol obrigada pelo carinho.Feliz Dia da Poesia ,poeta.

14 de março de 2012 às 16:32  
Blogger Olinda Melo disse...

Musa perfeita, a Natureza! Adorei este seu poema, e outros que li...
Gostei das fotos, gostei muito da música.

Gostei tanto de tudo que fico já por aqui...

:)

Olinda

14 de março de 2012 às 16:57  
Blogger Amapola disse...

Boa tarde.

Nossa...
Que lindo!!

Beijos.
Maria Auxiliadora (Amapola)

14 de março de 2012 às 17:10  
Blogger *Simone Poesias* disse...

Olá amigo, obrigada por mais uma visita e comentário. Sua poesia é maravilhosa.
Um beijo grande XD

14 de março de 2012 às 17:58  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Sol. Amigo poeta, que soneto mágico, lindo e em perfeita harmonia com a força da Natureza aliada ao amor.
Quando o sentimento é forte e o temos bem vivo nos nossos coração, a nossa alma torna-se leve e feliz.
Um beijo na alma, e fique na paz!
Amei!

14 de março de 2012 às 18:22  
Blogger Centelha Luminosa disse...

Boa tarde amigo Sol!!

Você fala de amor em seus poemas , com muita propriedade. Gosto de te ler. Assim, encho meus olhos de poesia!

Grande abraço, meu amigo!

14 de março de 2012 às 20:46  
Blogger MARILENE disse...

Neste dia em que a poesia tem significado especial, meus parabéns pelos seus , sempre lindos, versos. Aqui, ela mora com prazer. Bjs.

14 de março de 2012 às 22:07  
Blogger Magia da Inês disse...

Assim é a poesia nos transporta do coração para a natureza
e vice versa...
Boa noite!
Beijinhos.
Brasil.

✿✿
♪º° ✿

14 de março de 2012 às 22:19  
Blogger Smareis disse...

A natureza sempre inspira os poetas. Muito bonita a poesia Sol. Abraços meu amigo.

15 de março de 2012 às 01:55  
Blogger Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo...abraços.

15 de março de 2012 às 11:58  
Blogger Manuel disse...

É bom e reconfortante percorrer o seu Blogue, ficarmos presos no encanto dos sonetos.
Há três semanas que ando distante, hoje voltei e fiquei preso em tudo aquilo que tinha perdido.
Cada vez mais poeta e sempre muito inspirado.
Magnifico.

15 de março de 2012 às 22:45  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Sol. Passei para te desejar um restante de semana abençoado e feliz!
Saudades de ti!
Um beijo, amigo!

15 de março de 2012 às 23:31  
Anonymous carla disse...

Passando para ver se havia novidades e para desejar um

Excelente fim de semana,beijo

Carla Granja

http://paixoes-encantos.blogs.sapo.pt

16 de março de 2012 às 23:46  
OpenID lucmanuel disse...

visitei o teu blogue. Gostei do que li. Parabens! Um abraço

19 de março de 2012 às 00:40  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial