SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ABRAÇOS,------SOL da Esteva

sábado, 31 de dezembro de 2011

Artifícios de Ano Novo





Perfeita madrugada de ilusões,
De risos e de Esperanças conhecidas.
Ilude, a aquecer os corações
De outras, de há um ano, inconseguidas.

Ano Novo, vida nova. Qual Vida?
É festa dos que buscam no seu ego
Vaidades, inocência esquecida,
Ou brilho duma noite de aconchego...

Tão falso, como vão, divertimento,
Brincar o seu futuro sem futuro
No fútil, que é roubado ao seu sustento...

Se as gentes se mirassem, sem tabu,
Veriam, com seus olhos, o inseguro,
E, de si, diriam que "o rei vai nu".



SOL da Esteva

Etiquetas: ,

43 Comentários:

Blogger Luar disse...

Sol

Perfeito e muito verdadeiro!

Beijo

31 de dezembro de 2011 às 10:58  
Blogger Célia disse...

Na verdade nua e crua que você brilhantemente teceu com as palavras mostra-nos que o real é tão simples, tão transparente que de nada valem os artifícios! Que tenhamos os pés em solo firme para que não divaguemos em ilusões no 2012 que desperta...
Felicidade concreta e possível, SOL, é o que lhe desejo.
Abraço da Célia.

31 de dezembro de 2011 às 11:20  
Blogger Tunin disse...

Verdade, meu caro poeta! Tudo não passa de uma simples continuação. Renovados votos de bom 2012!
Abração.

31 de dezembro de 2011 às 11:30  
Blogger Nilson Barcelli disse...

Magnífico soneto.
E bem realista...
Caro amigo, desejo que tenhas um FELIZ ANO NOVO, com tudo de bom para ti e para os teus.
Abraço.

31 de dezembro de 2011 às 12:02  
Blogger Mila Pires disse...

Texto real e muito bem escrito!
Parabéns amigo Sol...
Feliz Ano Novo para ti!
Abraços ternos...Mila.

31 de dezembro de 2011 às 12:58  
Blogger Multiolhares disse...

Que o novo ano que esta a chegar
Possa trazer saúde, harmonia e amor
E as vidas possam levitar em esplendor
Beijos

31 de dezembro de 2011 às 21:35  
Blogger Lena disse...

Sol
Um Feliz e Iluminado 2012! Saúde, paz e amor sempre!!!Bjkas com carinho!

31 de dezembro de 2011 às 21:58  
Blogger Everson Russo disse...

Um feliz primeiro dia do ano meu amigo,,,paz e poesia sempre...abraços.

1 de janeiro de 2012 às 15:24  
Blogger MARILENE disse...

Amei seus versos! Essa é, infelizmente, a realidade. O brilho dos fogos oculta a escuridão de muitos corações, assim como o sofrimento de povos que anseiam por vida mais equilibrada.
Mas temos esperanças. E que, neste ano que hoje se inicia, possamos ter essa luz, não fútil, mas da sabedoria.
Bjs.

1 de janeiro de 2012 às 16:33  
Blogger Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Solamigo

Apenas tu me levavas a emigr, ... digo, a entrar neste 2012 pouco apetecível a... rimalhar. Estou completamente perdido. Heeeeelpppp!!!!

O Ano Novo já entrou
pé ante é, de mansinho
quem já dormia acordou
pra despedir o velhinho

De muletas e alquebrado
nem o velho quis saber
onde seria enterrado
estava farto de viver

Mas o novo, um folgazão,
nem sequer lhe deu abraço
que era muita a confusão

Deu-lhe só um empurrão
pra ganhar o próprio espaço
ou escolher a emigração

V~e se te pões fino (de preferência da Super Bock) e prontos (sem s). Depois deste enorme esforço das meninges e se é que elas ainda sobraram, espero resposta consentânea. Jáaaaa!!! Aqui ou na nossa Travessa.

Abç

1 de janeiro de 2012 às 17:57  
Blogger luadecristal disse...

por vezes é mais facil o caminho das ilusoes
bjs

1 de janeiro de 2012 às 20:17  
Blogger Vera Lúcia disse...

Oi SOL,
Lindíssimo este seu soneto!
Verdades ditas com muita beleza. Realmente, a "virada" constitui uma madrugada de ilusões. O que vejo de bom nisso é a energia positiva que paira no mundo naquele momento, quando a esperança grita dentro de cada coração.
Beijos.

1 de janeiro de 2012 às 21:17  
Blogger Everson Russo disse...

O ano novo nos chega renovando as esperanças que um dia foram perdidas...abraços de bom dia pra ti meu amigo.

2 de janeiro de 2012 às 10:19  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

como sempre e em soneto um trabalho muito bom.
tambem gostei da foto.
bom ano e sempre a boa inspiraçao para que nos brinde com sonetos como este.

um beij

2 de janeiro de 2012 às 13:40  
Blogger Ma Ferreira disse...

A vida é um mistura de tudo...sonhos ..ilusões...
Que tenhamos a força e a sabedoria de abrirmos as brechas necessárias para que sejamos felizes.

Te desejo um 2012 de esperança,paz, amor e inspiração!!

bj

2 de janeiro de 2012 às 14:41  
Blogger Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Sol. Saudades de ti, muita! Entra ano e ficamos a refletir sobre a vida, seu significado, e o que tem acontecido ou não com a nossa.
Festejamos coisas que não existem, e miramo-nos em entender um futuro cheio de perspectva que vez em quando não ocorrem.
Na minha opinião, deveríamos abrir a nossa alma, e deixar entrar coisas boas, e resolver os problemas pendentes.
Que a nossa vida seja luz em sua maior parte, e que tenhamos forças para enfrentar os obstáculos.
Que recebamos o que merecemos, de fato.
Tenha um 2012 abençoado, vocçe e sua família!
Um beijo, e obrigada pela sua presença e carinho!

2 de janeiro de 2012 às 14:56  
Blogger ANTÓNIO SANTOS (TOMANEL) disse...

Olá! SOL...
Desejo tudo de bom para ti durante este ano de 2012.
Será um ano pobre, mas não deixa de ser um ano que todos desejamos que passe rapidamente e que o outro já nos traga algumas alegrias... vamos ver!
O teu poema é bem bonito.
Cumprimentos cá do Algarve.

2 de janeiro de 2012 às 20:40  
Blogger Milla Pereira disse...

E que este ritomo gostoso de sua poesia continue nos brindando neste novo ano. Te linkei novamente lá no meu Páginas de Poesia (Um novo Recomeço), pois precisei arrancar td, desde a invasão do blog. Feliz 2012 com muita paz, luz e poesia! Bjs

2 de janeiro de 2012 às 21:43  
Blogger Lilá(s) disse...

Amigo, vim trazer-lhe o meu abraço no alvorecer de mais este ano com votos de paz, saúde e alegrias, em cada um dos seus dias.
Bom ano de 2012, cheio de bons momentos de poesia.
Bjs

2 de janeiro de 2012 às 21:55  
Blogger Valter Montani disse...

Caro amigo.

Um 2012 sensacional para você e seus entes queridos, muita saúde e paz porque o resto corre-se atrás, sucesso sempre!

3 de janeiro de 2012 às 10:18  
Blogger Ivana disse...

Sol
Uma noite de ilusões, mas tão mágica que entramos num única sintonia, feita de amor, alegria, esperança de tudo mudar, acho que a magia da última noite do ano nos enche de esperança de um mundo melhor, com pessoas melhores, acho que é assim que me sinto, com esperança e fé. Espero que seu ANO NOVO seja também de festa no seu coração. Vamos numa só corrente fazer o amor valer. Um forte abraço, FELIZ 2012!!!

3 de janeiro de 2012 às 16:13  
Blogger Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Meu caro, adorei estas palavras que no meu ver vão de encontro à realidade que também assino por baixo enquanto opinião. Mas estar assim escrito em forma de poema, então tem duplo significado!

Abraço

3 de janeiro de 2012 às 17:01  
Blogger Ray* disse...

feliz ano novo estevan.
Paz e sucesso nesse ano que se inicia!

www.citaçõesecia.blogspot.com

3 de janeiro de 2012 às 18:16  
Blogger Manuel disse...

Primeiro o desejo de um Bom 2012.
O seu soneto, belo como sempre, encerra uma grande verdade.
É perfeita a abordagem a uma certa ilusão para os que nestes momentos de euforia, esquecem o mais importante,

3 de janeiro de 2012 às 21:11  
Blogger Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Solamigo

Ganhaste um prémio lá na nossa Travessa. Vai ver...

Abç

4 de janeiro de 2012 às 02:03  
Blogger Cidinha disse...

Olá, Bom dia. Belissimo seu soneto! Grandes verdades, nos mostra a ilusão de momentos e nos faz esquecer da verdadeira realidade que nos cerca. Desejo um ano novo cheio de realizações, com saúde e paz. Grande abraço! Gostaria de segui-lo, más não achei seus seguidores. Se possivel venha me visitar!

4 de janeiro de 2012 às 12:48  
Blogger São disse...

Sim, vai nu e nem sequer um véu de transparenre tule o cobre.

vamos ter que o vestir de esperança e coragem.

Um bom ano, meu amigo.

4 de janeiro de 2012 às 14:43  
Blogger Vera Lúcia disse...

Oi SOL,
Vim agradecer sua amável visita e desejar-lhe um ótimo final de tarde.

Bjs.

4 de janeiro de 2012 às 17:46  
Blogger Su disse...

amigo poeta, saudades daqui...
depois de um tempo ausente, estou de volta.

vim desejar-te um feliz ano novo, que 2012 seja um ano cheio de magia, de amor, alegrias, saúde e paz sempre!

obrigada pela sua presença carinhosa no meu cantinho que me deixa sempre muito feliz.

um grande abraço pra ti e para sua família.

Su.

4 de janeiro de 2012 às 19:02  
Blogger Laura disse...

Oláá moço, mal apareço mas não te esqueço...é pra rimar.

beijinhos e felizes dias neste ano a começar.

laura

4 de janeiro de 2012 às 21:08  
Blogger Everson Russo disse...

Um belo dia pra ti meu amigo,,,paz e poesia sempre......abraços.

5 de janeiro de 2012 às 10:16  
Blogger Simone MartinS2 disse...

Ano novo, vida nova...Que vida?
Penso que aquela que ainda nao me
foi roubada...minha inocencia, meus
desejos, minhas vontades...Penso que aquela
onde ainda consigo sonhar ou quem sabe ainda,
aquela que nao se tornou um pesadelo.
Futuro? Deus é quem comanda, só o que podemos fazer
é tentar melhora-lo...Passado? Se foi, ja era!
Presente...este sim quero tentar fazerdar certo...Hoje
sou feliz, danço, dou risadas, brinco e me apaixono
de vez em quando...Sonho!!
Adorei teu poema sincero e verdadeiro, muito me tocou!
Abraços

5 de janeiro de 2012 às 16:16  
Blogger Mário Margaride disse...

É sempre um lugar comum, dizer-se feliz ano novo. No entanto, temos que ter a esperança que algo vai melhorar nas nossas vidas..

Felicidades para este 2012, meu amigo!

Abraço forte!

Mário

5 de janeiro de 2012 às 17:08  
Blogger Evanir disse...

Querido Amigo.
Ano novo e começa minha correria tudo de novo
já estou indo a luta que fui obrigada a parar em final de 2011.
Agora é ter fé e foças para continuar a ser guerreira
eu creio vai dar tudo certo.
Que nosso ano Novo seja de obistaculos vencidos dores saradas
coração renovado pela esperança.
Beijos no coração sua amiga sempre.
Evanir

5 de janeiro de 2012 às 22:59  
Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Bonito soneto, Sol. Parabéns! Abraços!

5 de janeiro de 2012 às 23:07  
Blogger Sergio Martins disse...

Belíssimo soneto, parabéns! Que a novidade esteja sempre dentro de nós. Obrigado pelo carinho! Feliz 2012!!!

6 de janeiro de 2012 às 02:52  
Blogger Milla Carol disse...

Pura verdade, eu ja não teno mais saco para essa falsidade toda de ano novo.
Beijos!

6 de janeiro de 2012 às 09:09  
Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Re-ler e desejar bom final de semana!

beijo

6 de janeiro de 2012 às 15:07  
Blogger Magia da Inês disse...

♥✿⊱╮
ºº°°º♫ Olá!!!
°º✿
º° ✿ Um lindo fim de semana!
º°°º♫ ❤ Beijinhos.
✿⊱╮Brasil.

6 de janeiro de 2012 às 16:20  
Blogger *Simone Poesias* disse...

Olá amigo, obrigada pela sua visita e comentário. Fico feliz que goste das minhas poesias. Vc também escreve muito bem e suas poesias são lindas. Sempre que posso venho ler.
Me segue também, será um prazar.
Bjinhoss e feliz 2012 XD

6 de janeiro de 2012 às 17:29  
Anonymous Anónimo disse...

Pois é, meu amigo Sol

Apenas muda a folha no calendário!
Os dias, sucedem-se aos dias...iguaizinhos!
Mas, precisamos da esperança todos os dias, todos os dias precisamos da coragem para enfrentar, às vezes, até a inércia!
Mas, que seria dos nossos dias sem a ilusão, sem a perspectiva de dias melhores?

Quer saber uma coisa?
A música que ouvi aqui, enquanto li o seu poema e escrevi este comentário, foi de certa forma um bálsamo e um voltar à adolescência.

Obrigada, meu amigo!

Desejo-lhe tudo de bom, este ano e todos os seguintes.

Um beijo com amizade da

F.M.

6 de janeiro de 2012 às 21:37  
Blogger Manuel Luis disse...

Aproveito para vos desejar que energias da amorosidade estejam presentes em cada situação que vocês vivenciarem neste ano que se inicia.
Abraço do Algarve

7 de janeiro de 2012 às 00:30  
Blogger Leninha disse...

Amigo Sol muito querido,

Retorno e o que encontro?Belos poemas,sábias palavras de um amigo que nos pôe a meditar e a ver que tens razão:quantas vaidades,quantos gastos desnecessários em nome de um ano que se anuncia e que prenuncia mais crises,mais miséria entre os desafortunados...O rei está mesmo completamente nu.
Bjsssss e muito carinho,
Leninha

19 de janeiro de 2012 às 19:35  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial